Efeito Einstellung: quando nossa mente nos engana

· novembro 28, 2018

Às vezes, nossa mente nos engana. É muito difícil sermos objetivos e vermos a realidade exatamente como ela acontece. Pelo contrário, muitas vezes nos deixamos levar pelos vieses e ideias preconcebidas. São muitas as formas como podemos nos autossabotar, mas uma das mais chamativas é o efeito einstellung.

Esta inclinação cognitiva, com nome de origem alemã, traduz-se ao português como “efeito de instalação”. Trata-se de um fenômeno pelo qual o que pensamos previamente sobre um tema afeta a forma como interpretamos o que acontece.

Devido a isso, nosso cérebro não nos permite ver as coisas como elas realmente são; pelo contrário, nós nos enganamos ao observar a realidade. Por isso, somos incapazes de buscar uma solução adequada para um problema.

Neste artigo, vamos ver exatamente no que consiste o efeito einstellung. Também vamos estudar alguns dos âmbitos nos quais ele mais costuma acontecer. Assim, com este conhecimento, será mais fácil poder evitá-lo quando ele se apresentar.

Por que o efeito einstellung acontece?

Uma das descobertas mais surpreendentes da psicologia é de que não trabalhamos com a realidade, mas sim com aquilo que percebemos ou interpretamos. A verdade é que nosso cérebro interpreta a informação que recebe através dos sentidos. Por esta mediação, a forma como observamos o mundo é influenciada pelas nossas crenças e experiências prévias.

Homem enfrentando o efeito einstellung

Assim, quando estamos diante de uma situação, destinamos parte da nossa atenção para procurar precedentes ou associações que nos permitam interpretar esta nova situação. Estas ações podem vir da nossa memória, mas também podem ter relação com a nossa forma de pensar.

Os efeitos desta interpretação são tão poderosos que nunca vamos encontrar dois relatos exatamente iguais sobre um mesmo acontecimento. Na verdade, podemos até encontrar dois textos radicalmente diferentes, escritos por pessoas que viveram a mesma coisa.

No efeito einstellung, esta particularidade da nossa mente nos impede de agir de forma efetiva diante de uma situação. Diante de um problema, este viés cognitivo vai fazer com que respondamos da forma como sempre fizemos em circunstâncias similares. O problema é que, com frequência, esta resposta não vai ser a mais útil.

Agir por inércia não costuma trazer bons resultados. Pelo contrário, diante de uma situação complexa, muitas vezes é mais útil parar e refletir sobre qual é o melhor caminho a seguir. Para isso, devemos ter consciência de em quais âmbitos o efeito einstellung acontece. Somente dessa forma vamos poder ficar atentos e evitar que ele nos domine.

Situações nas quais este viés aparece

Veremos a seguir uma pequena lista dos âmbitos nos quais o efeito einstellung é mais poderoso. É claro que ele pode surgir em muitos outros momentos, mas nas seguintes situações, suas consequências podem ser especialmente desastrosas.

1. Relações pessoais

A forma como nos relacionamos com os demais vem, muitas vezes, determinada por nossas experiências de infância. De acordo com estudos sobre o tema, durante a infância adquirimos uma forma de nos comportar em situações sociais que, no geral, costuma se modificar muito pouco.

Neste âmbito, o efeito einstellung faz com que respondamos aos demais de uma forma que pode não ser a melhor. A não ser que sejamos especialistas em habilidades sociais, costuma ser muito mais efetivo escolher de forma consciente a forma como queremos agir com outras pessoas.

Assim, por exemplo, a reflexão consciente na hora de nos relacionarmos com os demais pode nos permitir mudar um estilo de comunicação passivo ou agressivo pela assertividade. Isso vai melhorar nosso bem-estar e a forma como as pessoas nos percebem.

2. Âmbito profissional

No geral, quando começamos em um novo emprego, precisamos passar por um período de aprendizagem. Neste tempo, não conhecemos muito bem as nossas tarefas e, por isso, tentamos identificar qual é a melhor forma de realizá-las. No entanto, uma vez que nos acostumamos ao trabalho, deixamos um pouco de lado essa preocupação em inovar.

O que aconteceria se houvesse uma forma melhor de fazer seu trabalho? E se você pudesse economizar tempo e esforço só refletindo sobre a forma como termina suas tarefas? O efeito einstellung impede que você veja essa realidade, mas a verdade é que sempre há espaço para a melhora, até nas ocupações menos criativas.

Mulher preocupada

3. Tempo livre

Muitas vezes, quando temos um tempo para nós mesmos, agimos por inércia. Em vez de escolher uma atividade que nos estimule, nos deixamos levar pela rotina e pelo cansaço. Assim, apesar de passarmos anos querendo tentar um novo hobby ou praticar um passatempo, acabamos ficando horas na frente da TV ou da tela do computador.

Por que agimos assim? Em parte, o efeito einstellung é o responsável. Esta inclinação cognitiva nos impede de ver que existem alternativas melhores. Por isso, é preciso refletir de forma consciente sobre o que queremos fazer quando temos um tempo livre.

Como vimos, o efeito einstellung é um dos principais motivos para não aproveitarmos nosso tempo ao máximo. Ao impedir a busca por alternativas, ele nos faz cometer sempre os mesmos erros.

No entanto, combatê-lo é relativamente simples: você só tem que propor a si mesmo ter mais consciência do que escolhe fazer em cada momento.

É claro, é mais fácil falar do que fazer. Mesmo assim, conseguir fazer isso só requer um pouco de prática. Se você acha que prestar mais atenção ao que você escolhe fazer diariamente pode te ajudar, tente fazer isso durante algumas semanas. Você vai ficar surpreso com as mudanças que podem acontecer em sua vida em tão pouco tempo.