Enfrente suas emoções obscuras para ser feliz - A Mente é Maravilhosa

Enfrente suas emoções obscuras para ser feliz

março 22, 2018 em Emoções 237 Compartilhados
Enfrente suas emoções obscuras para ser feliz

Você se sente triste, irritado, crítico ou ansioso? A boa notícia é que isso não é nada demais: as emoções obscuras são fundamentais para a saúde mental, sempre e quando não fiquemos presos permanentemente nelas.

De acordo com os pesquisadores, é essencial que o ser humano enfrente suas emoções obscuras, porque só então terá alguma margem para curá-las e ser feliz. Consideremos que uma emoção não é simplesmente um substantivo, e sim um grau para explicar o que a mente humana pode atravessar.

Mesmo que pareça lógico tentar evitar nossas emoções e lembranças mais negativas em favor das mais leves, o certo é que a vida não é composta apenas por bons momentos. Essas emoções obscuras, essas lembranças desagradáveis, também fazem parte de nós, da nossa história.

Na verdade, o corpo pode armazenar nossas emoções obscuras como pontos de dor. Ao enfrentá-las, essa dor, tanto física quanto emocional, acabará. Ou seja, conhecer e administrar as emoções negativas ocultas e bloqueadas como o ódio, a ira e o rancor pode aliviar a dor física procedente delas.

De acordo com as últimas pesquisas, para que uma pessoa seja verdadeiramente feliz, deve aceitar suas emoções obscuras e compreender que a vida não pode ser sempre um caminho de rosas.
Compartilhar

Homem com nuvem no lugar da cabeça

3 habilidades de regulação emocional

Uma pesquisa publicada no Australian Journal of Psychology analisou como lidar com nossas emoções obscuras e como tentamos manejá-las. Os pesquisadores encontraram três habilidades de regulação emocional para nos ajudar a administrá-las: a aceitação, o distanciamento cognitivo e a mudança cognitiva.

  • Os exercícios de treinamento em aceitação ajudam a conhecer as emoções, suas sensações físicas e suas sensações cognitivas. A aceitação é o primeiro passo para aprender a administrá-las.
  • O distanciamento cognitivo é obtido através da tomada de perspectiva. Por exemplo, observando os eventos como faria um narrador de uma história, ou seja, como um agente externo.
  • A habilidade de mudança cognitiva incentiva uma perspectiva de autocompaixão ao imaginar que se está falando com uma pessoa muito afetuosa sobre os pensamentos e sentimentos mais obscuros. Também é possível usar o ouvinte imaginário para falar e lembrar as próprias forças e capacidades de enfrentamento.

Como aceitar as emoções obscuras

Quando rejeitamos ou consideramos inaceitável nosso estado emocional, o que estamos fazendo é negar uma parte de nós. Ou seja, preferimos não aprofundar aquilo que tanto nos causa sofrimento, de modo que o bloqueamos. O que esquecemos é que, com isso, se vai uma parte de nossa identidade.

Assim, mesmo que não possamos controlar a forma como nos sentimos, podemos aceitá-la. No entanto, nas situações em que nos sentimos mal, o que fazemos é nos dissociar dessa emoção para não voltar a experimentá-la. Mas, como já dissemos, a negação de nossas emoções negativas nos impede de ser felizes. 

“Uma emoção não causa dor. A resistência ou supressão de uma emoção causa dor”.
– Frederick Dodson –

Mulher se divertindo na chuva

Nesse sentido, pesquisadores da Universidade da Califórnia em Berkeley estudaram a hipótese de que a aceitação de nossas emoções obscuras está associada a uma melhor saúde psicológica. O motivo que o justifica é que a aceitação ajuda a evitar reagir a experiências mentais negativas.

Assim, a aceitação de estados emocionais negativos evita que os rotulemos como tal, já que os aceitamos pelo que são, sem julgá-los como bons ou maus. Desta forma, reduziremos as associações negativas que temos com essas emoções e nossa saúde psicológica melhorará.

As pessoas que são verdadeiramente felizes podem aceitar suas emoções e pensamentos sem julgá-los. Ou seja, são capazes de reconhecer quais são suas emoções e quais sensações experimentam através delas, mas não se deixam levar impulsivamente por estas. Reconhecem sua ira, seus medos e ciúmes, assim como seu ressentimento e sua frustração, mas ao invés de se deixarem invadir por eles, os aceitam.

Como podemos ver, a aceitação de nossas emoções obscuras não nos converte em más pessoas, mas nos dá pistas para nos conhecermos melhor. Na verdade, é impossível fazê-lo se somente olhamos para nossas emoções positivas, já que nossas sombras também fazem parte de nós. Para sermos capazes de viver nossa própria verdade, temos que aceitar tudo para finalmente deixar ir quando estivermos preparados.

“É impossível evitar por completo as emoções negativas, porque viver é experimentar reveses e conflitos”.
– Sauer Zavala-

Recomendados para você