Quando estiver feliz só peço que a mente esteja do meu lado – A mente é maravilhosa

Quando estiver feliz só peço que a mente esteja do meu lado

janeiro 3, 2016 em Psicologia 0 Compartilhados
Mulher feliz e realizada

A mente aparece, para muito de nós, como um autêntico campo de batalha.

Não nos damos conta de que essa batalha nunca terá fim: não é o lugar no qual se possa resolver nada, e a mente também não deseja que a sua atividade pare.

“Para a mente, um problema é como um osso para um cão.”

– Anônimo –

Você não é sua mente

Este é o primeiro grande conceito importante e que talvez você nunca tenha se dado conta: você não é sua mente.

Para entendê-lo, podemos ilustrá-lo com um exemplo: imagine um tabuleiro de xadrez no qual a parte branca simboliza a parte amável de sua mente e a parte negra simboliza o contrário. Logo, encontramos as diferentes peças como peões (pensamentos), reis e rainhas (sentimentos e intuições), cavalos (lembranças)…etc.

Em ocasiões, como em uma partida de xadrez, podem ser vividas partidas muito intensas e complexas com todos esses elementos. O importante é não esquecer que o tabuleiro, que sustenta tudo isso, é você. Algo que sempre permanece constante.

Treinar a mente

Além disso, o fato da mente estar desenhada biologicamente para detectar perigos não quer dizer que ela nos avise continuamente sobre eles.

As situações de perigo que você atravessou na sua vida o colocaram em estado de alerta diante de um sinal; mas não há motivo para deixar que o medo se apodere de você.

Não dê a sua mente espaço para que as ervas daninhas (maus pensamentos) aflorem. Mas também não tente ignorá-los ou estar em uma contínua substituição de maus pensamentos por outros bons.

Será uma tarefa exaustiva e você conseguirá apenas o efeito contrário: prestará atenção na sua vida interior, mas descuidará das ações de sua vida real. Simplesmente tente mudar atividades e hábitos em fez de pensamentos.

Estratégias para  ajudá-lo na relação com sua mente

Talvez você não esteja dando à sua mente nenhuma possibilidade para deixar de pensar da forma que lhe faz mal, como por exemplo:

Sua mente diz que você está muito mal, que se sair vai ser um desastre e é melhor que fique em casa. Você não está, portanto, procurando nada real que consiga que sua mensagem seja mais do que uma ideia na sua cabeça e não uma intromissão em sua vida. Você simplesmente acredita sem procurar alternativas.

– Outro exemplo é quando você está cansado de pensar ou se sentir assim, entretanto, continua lendo os mesmos livros, continua se relacionando com gente que não contribui em nada e realizando trabalhos que não lhe satisfazem, quer dizer, continua fazendo mais do mesmo.

Evidentemente, no final, você  terminará por acreditar em tudo o que sua cabeça disser, sem procurar mais alternativas e se acomodando. Mas fazer mais do mesmo não vai dar resultados diferentes…

Há momentos em que a preguiça para atuar em nossa vida e tomar decisões é o primeiro passo para que os temidos transtornos mentais encontrem um lugar para se desenvolverem.

A mente não para

Por isso, fale com sua mente sobre o ser único em sentimentos, paixões, linguagem e ações que você é.

Diga que a leva em consideração. E que quer ser feliz junto com ela.

O que você não pode pedir é para parar sua atividade, porque isso suporia afogar sua própria natureza, e a mente é sua aliada, não sua inimiga.

Agradeça pelo equilíbrio gerado em muitas situações de sua vida para não tomar decisões equivocadas, pela sua complexidade que fez com que sua vida tivesse momentos de absoluto esplendor.

Mas explique que você também precisa de calma para contemplar as coisas sem o menor interesse de obter nenhuma análise. Simplesmente quer aceitar a sua presença e quer que ela aceite a sua, pois juntas poderão obter a maturidade.

No final das contas, vocês se têm uma a outra para sempre; assim podem esquecer o passado e construir uma relação de verdade, dessas que as inspiram para alcançar grandes sonhos.

Já não é hora de construir um futuro verdadeiro juntas?

Recomendados para você