A felicidade tem duas partes – A mente é maravilhosa

A felicidade tem duas partes

outubro 18, 2015 em Psicologia 0 Compartilhados

Repetir é algo que lhe faz feliz? Muitos livros parecem dispostos a nos ajudar a ser felizes propondo repetir lemas de manhã, quando estivermos triste ou frustrados. Repetir o tempo todo. Mas, será que repetir realmente lhe fará feliz? Repetir reafirma as suas crenças. Estimula o seu subconsciente e faz que ele se torne consciente para você. Isto faz você feliz? Sim, mas só se você já é feliz.

Ao repetir algo que você já sente e do qual você já está convencido, mesmo que seja inconscientemente, você apenas o reafirma. Algumas vezes você não estava tão consciente disto, mas por repeti-lo tantas vezes, você começa a se sentir bem. Porque você mesmo se manda mensagens positivas.

Se você não se sente feliz, deve repetir as mensagens? Não, porque o que você vai conseguir é apenas se frustrar. É muito difícil se enganar. Você é inteligente. Se você repete algo que o seu subconsciente sabe que não é real, você apenas conseguirá sentir angústia e frustração por não conseguir o que esperava.

Existem tantas “felicidades” quanto pessoas

A sua forma de se sentir feliz é única. Cada pessoa vê e percebe a felicidade de forma diferente. Procure a sua própria felicidade. Não é uma frase pré-fabricada, é uma realidade. O que faz a sua família feliz, o seu vizinho feliz, não tem porque ser o que lhe faz feliz também.

Para alguns a felicidade consistirá em ter muito sucesso, para outros ter muita fama, e outros, talvez, queiram ser muito ricos. Para você pode ser encontrar o seu par perfeito, descobrir um novo escritor ou ouvir a sua música favorita.

Cada momento da sua vida é diferente. Você evoluiu e continua por este caminho. É provável que o que antes lhe fazia se sentir muito bem e feliz, agora já não importe tanto. Isto acontece porque você se colocou novas metas e somente alcançá-las lhe fará feliz.

A felicidade tem duas partes

A primeira é entender o que lhe faz feliz. Saber quais são as suas necessidades, suas aspirações, seus desejos. Procurando neste caminho você irá encontrar a felicidade. Se você é dessas pessoas que quando consegue um objetivo novo já está pensando em outro, você precisa mudar esse hábito. Não dá para estar sempre no caminho; há lugares nos quais é preciso parar, deter-se e celebrar.

Aprenda a desfrutar das suas conquistas. Valorize tudo o que você fez e o trabalho que lhe custou chegar até esse fim. Desta forma, você sentirá a felicidade. Você verá como é bom sentir satisfação por um momento.

Logo você poderá ir em busca de mais. É natural que seja assim. Cada vez que você conseguir satisfazer uma necessidade, surgirão outras várias. É importante que você tenha bem claro quais são os seus objetivos. O que você realmente deseja fazer. As vezes parece que se fizermos um trabalho diferente ou nos ocuparmos de coisas que no início não se pareçam com a nossa rotina ou hábitos, não nos sairemos bem. Mas você sabe que isso não é verdade.

O segundo passo é fazer o que você realmente deseja. Muitas vezes é difícil se projetar de uma forma pouco convencional, mas se é o que você deseja, deve fazê-lo. Se você gosta de pintura, dança, poesia, tente!

Você não deve deixar tudo de lado como nos filmes e se dedicar exclusivamente a isso.  Pode ir testando pouco a pouco. Ver como se sente ao fazê-lo e experimentar, e se o que você sentir for felicidade… você acertou a sua loteria. Dedique-se todo o tempo a isto porque realmente você vai se dar bem.

Afaste as sensações adversas

Procure evitar tudo aquilo que lhe tira a energia. Evite o estresse e as discussões infundadas. Tudo isto, além de lhe fazer mal, não lhe permite ver o que está acontecendo ao seu redor. Certamente coisas boas estão acontecendo, coisas que têm a ver com seus objetivos, mas você não as valoriza porque está ligado em outras situações ou questões.

É muito importante definir bem as suas prioridades. Você deve priorizar ser feliz. Sim, ganhar muito dinheiro lhe faz bem, mas não deve ser o único dos seus objetivos. É mais importante ser feliz. Foque todo o seu esforço nisso.

“A felicidade é uma trajetória, não um destino. Trabalhe como se não precisasse de dinheiro, ame como se nunca tivessem lhe ferido, dance como se ninguém estivesse olhando para você”. 
Compartilhar

Imagem cortesia de Balazs Kovacs Images

Recomendados para você