5 habilidades comportamentais que caracterizam bons líderes

As habilidades pessoais são essenciais para os líderes. Muitas tarefas podem ser melhor realizadas por máquinas, mas a inteligência emocional é algo que apenas os seres humanos têm, pelo menos por enquanto.
5 habilidades comportamentais que caracterizam bons líderes

Última atualização: 15 Maio, 2021

As habilidades comportamentais estão se tornando cada vez mais relevantes em todos os campos. Acredita-se que continuarão ganhando importância no futuro, já que a sistematização e automação de processos são um campo em que a palavra central é a tecnologia. Para todo o resto, são necessários outros tipos de habilidades.

Lembre-se de que as habilidades técnicas são aquelas associadas aos requisitos formais e técnicos necessários para a realização de uma atividade. Já as habilidades comportamentais têm a ver com atributos transversais, que permitem a uma pessoa interagir com outras de forma eficaz.

Em um mundo em que a inteligência artificial está ganhando terreno, o que se conhece como inteligência emocional é cada vez mais importante. Em particular, as habilidades comportamentais são mais valorizadas no mundo administrativo de hoje. Algumas delas são indispensáveis ​​em bons líderes, como as listadas a seguir.

A habilidade e a paciência podem ter sucesso onde a força falhou.”
-Esopo-

1. Empatia, uma das habilidades comportamentais de um bom líder

A empatia é uma habilidade essencial na boa liderança. Se um bom líder é entendido como aquele que é capaz de extrair o melhor de quem está sob a sua orientação, fica claro que, sem empatia, é impossível exercer esse papel.

Empatia é a capacidade de entender o ponto de vista de outra pessoa em seus próprios termos. Serve como uma espécie de termômetro para saber tratar e inspirar os outros. Por meio dela, as fraquezas e os pontos fortes dos outros podem ser vistos, mas também compreendidos. Isso é essencial para obter o melhor de cada pessoa.

2. Habilidades de comunicação

As habilidades de comunicação estão entre as habilidades comportamentais mais importantes em um líder. Não basta ter boas ideias ou iniciativas fabulosas, também é preciso saber comunicá-las. O objetivo é se fazer entender e motivar.

Encontrar as palavras certas para comunicar uma mensagem  é decisivo. Uma boa ideia perde muito da sua essência se não puder ser explicada ou promovida. Da mesma forma, uma crítica ou algum aspecto negativo é muito mais fácil de evitar e resolver se a linguagem apropriada for usada.

3. Motivação e inspiração

Motivar e inspirar uma equipe de trabalho é uma tarefa complexa. Para isso, é necessário colocar em jogo várias habilidades comportamentais ao mesmo tempo. Em particular, capacidade de comunicar emoções e fazer com que os outros as entendam e compartilhem. Na verdade, isso vai além da comunicação e entra no reino da expressão.

Despertar a inspiração em outras pessoas é ainda mais difícil. A maneira ideal de conseguir isso é através do exemplo. Você inspira os outros com gestos e ações, mais do que com palavras. Para conseguir isso, é essencial que haja coerência entre pensamento, palavra e ação. Essa coerência faz parte do mundo da ética e não nasce, mas se desenvolve.

4. A escuta ativa é uma das principais habilidades comportamentais

Poderíamos dizer que esta é a base de todas as habilidades comportamentais. É muito difícil se tornar um bom líder se você não tem a capacidade de ouvir os outros. Os pontos de vista de outras pessoas não só enriquecem o trabalho, mas também são uma fonte de inspiração para encontrar novas ideias e soluções.

A escuta ativa, como a frase indica, é participativa. Isso significa que ela não se limita a ficar em silêncio enquanto outra pessoa está falando. Implica prestar atenção ao que ela diz e até ir mais longe e saber ler o que sugere a atmosfera comum. Além disso, é claro, significa oferecer respostas ao que os outros levantam.

5. Trabalho em equipe

O trabalho em equipe é uma das áreas que requer um bom desenvolvimento das habilidades comportamentais. Ao se envolver em atividades com outras pessoas, a vontade e a adaptabilidade quase sempre contam mais do que o conhecimento ou a experiência.

Uma equipe de trabalho não avança nem evolui de verdade se o que prevalece é a competição, o receio ou a desconfiança. Um grupo bem organizado aprimora as habilidades individuais e permite o crescimento conjunto. Nisso, o líder é decisivo. Uma das suas funções é justamente facilitar as sinergias.

O mundo caminha para formas de produção, e até mesmo de consumo, cada vez mais orientadas para a colaboração. Por isso, as habilidades comportamentais são consideradas um bem muito importante, tanto para o colaborador quanto para quem exerce a liderança. Todas essas habilidades podem ser desenvolvidas e, com certeza, constituem ferramentas de grande valor para avançar no trabalho.

Pode interessar a você...
Como as altas habilidades intelectuais são detectadas?
A mente é maravilhosaLeia em A mente é maravilhosa
Como as altas habilidades intelectuais são detectadas?

A maneira mais comum de detectar as altas habilidades intelectuais é através das famílias. São os pais que, via de regra, notam os primeiros sinais...



  • Gómez-Gamero, M. E. (2019). Las habilidades blandas competencias para el nuevo milenio. Divulgare Boletín Científico de la Escuela Superior de Actopan, 6(11).