A importância da criatividade no desenvolvimento pessoal

· maio 25, 2019
A criatividade é mais do que arte, mais do que autoexpressão. A criatividade está intimamente ligada ao desenvolvimento pessoal dos indivíduos.

É comum a tendência de identificar a criatividade com alguma forma de arte, de entendê-la como uma forma de expressão artística, inovadora, surpreendente ou discordante. Mas a criatividade é muito mais do que isso. Neste artigo veremos a importância da criatividade no desenvolvimento pessoal, a importância que ela tem para o indivíduo diante da sociedade.

A criatividade não é mais vista como algo próprio de artistas e músicos. É uma habilidade crucial para profissionais em todas as áreas que vai além da produção ou da ação inovadora. A criatividade está ligada ao desenvolvimento pessoal do indivíduo.

A criatividade no desenvolvimento pessoal combina a própria experiência com a informação adquirida do exterior. Isso, como resultado, dá origem a um indivíduo único, com um jeito de ser independente. Um indivíduo que deve encontrar a si mesmo, em sua forma mais pura, para criar, inovar e fornecer soluções não apenas para questões complexas, mas também para questões pessoais.

“A criatividade é uma grande motivadora porque faz com que as pessoas se interessem por aquilo que estão fazendo. A criatividade dá esperança de que pode haver uma ideia válida. A criatividade oferece, a todos, a possibilidade de algum tipo de realização. A criatividade torna a vida mais divertida e interessante”.
-Edward de Bono-

Usar a criatividade

Todos são criativos

Com a criatividade no desenvolvimento pessoal ocorre algo semelhante ao que ocorre com a inteligência. É uma qualidade que se manifesta de maneira diferente em cada pessoa, uma qualidade que, além disso, pode ser aprimorada.

No entanto, desde muito novos somos rotulados como mais ou menos criativos (ou nada criativos) em função de nossas manifestações “artísticas” em disciplinas como pintura ou desenho, escrita, música e dança, ou outras capacidades.

À medida que envelhecemos, outras qualidades (como o estilo ao se vestir ou decorar um ambiente, a capacidade de projetar ou ter ideias inovadoras) também vão sendo consideradas quando se trata de rotular e diferenciar os criativos dos que não o são.

Não há dúvida de que a criatividade é uma característica importante do ser humano, uma das mais importantes, na verdade. Além disso, a criatividade é um traço que todas as pessoas possuem, sendo um dos principais aspectos que nos tornam bem-sucedidos como indivíduos e como espécie. 

É incrível como é fácil levar as pessoas que pensam que não têm criatividade a fazer um trabalho inovador e criativo usando as técnicas adequadas.

Na verdade, o fato de uma ideia ou produção ser criativa depende do entorno. Nesse sentido, a neurologista americana Alice Flaherty diz em seu livro The Midnight Disease que “uma ideia criativa será definida simplesmente como algo novo e útil (ou influente) em um ambiente social particular”.

De acordo com Flaherty, isso se aplica tanto aos negócios, à computação, às ciências e à matemática, quanto ao que geralmente consideramos como campos “criativos” (a escrita de ficção, a arte ou o teatro).

Mulher com ideias criativas

A criatividade no desenvolvimento pessoal

A criatividade poderia ser entendida no desenvolvimento pessoal como a capacidade de criar, de fazer ou produzir. Mas isso fica muito vago.

Dissemos no início que a criatividade combina a própria experiência com a informação adquirida do exterior. Mas fazer ou produzir não implica necessariamente o resultado da combinação de experiência pessoal com informação externa. Na maioria dos casos, criamos ou fazemos combinando informação externa com experiência externa. Isso não é criatividade. A criatividade precisa de uma abordagem mais independente e individual.

Além disso, a criatividade não é usada apenas para criar coisas novas. A criatividade é a base para a solução de problemas. Muitos problemas não podem ser resolvidos através da utilização das estruturas e das regras existentes, usando fórmulas que ofereçam soluções de forma mecânica. Assim, a criatividade precisa de espaço para se desenvolver por si própria.

Para resolver problemas e aproveitar as oportunidades é preciso pensar criativamente e, assim, encontrar ideias úteis e originais. Portanto, a criatividade, do ponto de vista do desenvolvimento pessoal, dá origem a pessoas capazes de pensar por si mesmas, que podem criar, em vez de produzir ou reproduzir. Pessoas que aproveitam o que têm de especial, que sabem aproveitar suas experiências, seus valores e suas ideias.