Uma inteligência emocional positiva é o segredo para o sucesso

Uma inteligência emocional positiva é o segredo para o sucesso

abril 7, 2017 em Psicologia 1431 Compartilhados
Inteligência emocional positiva

“A inteligência emocional representa 80% do sucesso na vida”. Pelo menos assim considera Daniel Goleman. Por isso, uma inteligência emocional positiva pode ser o segredo para encontrar aquilo que realmente sonhamos.

O filósofo César Ojeda, com base em estudos no campo da inteligência emocional e da psicologia positiva de grandes nomes como Goleman, Fromm ou Rojas, tentou explicar em que consiste esta união que tanto poderia trazer para a sua vida.

As emoções e o mundo moderno

De acordo com Ojeda, as emoções seguem parecendo irracionais, tendo em vista as estruturas de pensamento ocidentais. É como se tivéssemos que nos comportar como seres absolutamente racionais. No entanto, essa visão quase tecnológica dos seres humanos, que poderia muito bem se transformar em uma máquina, parece estar desaparecendo com o passar do tempo. Mesmo assim, a separação da razão e das emoções, quando não o confronto, ainda persiste.

equilibrar-emocao-e-razao

Na verdade, persiste tanto que ainda nos movemos em um ambiente vital industrializado onde tudo se move muito rápido. Nesta situação, termos como eficácia e eficiência são sinônimos de sucesso pessoal, social e profissional.

A isso deve ser adicionado o advento das redes sociais. Agora, a visão do mundo de um indivíduo pode variar dependendo do status no Facebook ou dos seus comentários no Twitter. No entanto, tudo isso deixa um pouco de lado outras questões, como o amor, os sentimentos, a igualdade e até mesmo a unidade.

Inteligência emocional positiva para se conhecer melhor

Muitos estudaram as conseqüências que as novas tendências têm na sociedade contemporânea. Como já dissemos, aos nomes já mencionados como Fromm ou Goleman se somam outros da importância de Frankl. Aparentemente, todos eles chegaram a uma conclusão básica: conheça bem a si mesmo. Algo que, embora se possa pensar que é o senso comum e simples demais, tem uma explicação perfeitamente lógica.

Lembre-se de que o homem, como ser humano, em todos momentos é o mesmo. Na verdade, o que a mudam são as circunstâncias históricas e sociais. No entanto, nós, como seres físicos, continuamos os mesmos de sempre.

Portanto, a inteligência emocional positiva segue sendo tão válida hoje como poderia ser 2000 ou 100 anos atrás. Oferece a capacidade de aprender a perceber, entender e gerenciar com sabedoria e sucesso as próprias emoções.

As emoções são intrínsecas ao ser humano

Dessa forma, todos esses pensadores e psicólogos consideram as emoções como algo intrínseco e próprio do ser humano. Elas se integram no âmbito da razão, para que possam ser canalizadas a fim de alcançar grandes benefícios a nível individual e social. Assim, as emoções não são inimigas da razão, mas ferramentas ideais para alcançar todo o potencial que cada pessoa carrega dentro de si. Dessa forma, conseguimos alcançar uma vida mais saudável, harmoniosa e plena.

mulher-de-olhos-fechados

A combinação de uma sábia razão e um amplo espectro emocional é perfeita para enfrentar qualquer adversidade que surja. Afinal, saber como enfrentar os problemas não é uma chave fundamental para o sucesso?

A inteligência emocional positiva é a chave

Se conseguirmos combinar a inteligência emocional, com seu enfoque de sabedoria para enfrentar o mundo, com o positivismo do indivíduo que sempre deseja melhorar em tudo que seja possível, teremos como resultado um ser humano mais feliz.

Portanto, tanto Ojeda quanto os psicólogos cujas pesquisas ele toma como referência em seus estudos propõem esquecer um pouco a aspiração contemporânea do profissional sofisticado e modernizado. Nós não temos motivo para nos encaixarmos nos moldes adequados, mas sim para adaptarmos os moldes ao homem.

Por isso a inteligência emocional positiva é uma ferramenta ideal para encontrar a plenitude da vida. Esqueça a objetivação excessiva do homem e a busca de um profissionalismo elevado. Segundo os autores, a chave do sucesso pode estar realmente na sábia combinação entre a razão e as emoções.

Recomendados para você