Libertar-se do Ego – A mente é maravilhosa

Libertar-se do Ego

12, março 2015 em Emoções 81 Compartilhados

Desapegar-se do ego é o caminho rumo à verdadeira liberdade, por meio da qual consegue-se ver a verdadeira natureza da pessoa. Este ato não é programado; ele apresenta-se para cada indivíduo em um momento preciso e de uma forma diferente.

 O caminho para a verdadeira liberdade implica disciplina da mente para alcançá-la; surge de maneira natural e sem esforço para aquelas pessoas que se desapegaram de seu ego em busca de desenvolvimento espiritual.

O ego ou o “falso eu”

A palavra ego é sinônimo de um “falso eu” e, para desenvencilhar-se deste ego, deve-se perguntar a si mesmo se seria benéfico fazê-lo para obter um desenvolvimento espiritual, e a resposta é unânime: o ego é uma fonte de mal e deve ser totalmente destruído ou pelo menos diminuído em parte. Isso é essencial para os jovens, para que possam criar imagens positivas e para lutar contra a negatividade que encontram no caminho.

Deve-se destacar que ego não é o mesmo que autoimagem, porque você pode ter uma imagem de si mesmo, mas não ter um ego; a imagem de si mesmo pode estar prejudicada em muitos aspectos, especialmente se você pensa que tem mais direito à dignidade e ao respeito que os demais, o que transforma a imagem de você mesmo em um ego nocivo. Cabe destacar que não há nada errado em amar a si mesmo, já que é essencial que você se trate com o mesmo respeito que trata os demais, mas quando você se ama em excesso e exclui os demais, você se torna vítima de seu próprio ego.

O ego se vincula a uma cobiça excessiva, o que significa que você se ama tanto que realizará todas as suas ambições, não importa o prejuízo que causará aos outros.

Como reduzir o ego

Saber o que não se deve fazer em cada momento pode ajudá-lo a reduzir seu ego. Embora sutil, este já pode ser um bom começo, e mostra a direção que você deve tomar. Por isso, é importante colocar em prática o que não se deve fazer:

– Não elogie a si mesmo, seja direta ou indiretamente.

– Não trate de ser o centro das atenções.

– Não fale demais ou além da conta.

– Não mostre suas boas ações.

– Não demonstre seu conhecimento superior.

– Não aceite elogios.

– Não demonstre sentimentos ou pensamentos de superioridade.

– Não busque lugares ou companhias que possam inflar seu ego.

– Não busque a companhia de gente que lhe bajule, nem mostre suas posses.

– Não use seu conhecimento, nem minta para impressionar os outros.

– Não faça fofocas.

Imagem cortesia de h.koppdelaney

Recomendados para você