As 11 melhores frases de Aldous Huxley para refletirmos sobre a vida

· janeiro 3, 2019

As frases de Aldous Huxley são um convite à reflexão mais profunda para questionarmos não apenas o estilo de vida que levamos, mas também a direção e os valores da sociedade da qual fazemos parte.

São reflexões com um estilo engenhoso, crítico e, às vezes, cínico que, de alguma forma, se conectam com quem as lê, independentemente da época em que se encontram, fornecendo pistas que questionam a sua visão de mundo.

Aldous Huxley (1894 – 1963) foi um escritor e filósofo britânico pertencente a uma família de intelectuais. Na sua juventude, ele sofreu uma doença que o deixou praticamente cego, razão pela qual atrasou a sua educação universitária em Oxford.

No entanto, uma vez superada, ele terminou os seus estudos de literatura inglesa e dedicou-se a viajar pela Europa como crítico de arte e literatura.

Com vinte e dois anos de idade, ele publicou o seu primeiro trabalho, “The Burning Wheel” (1916), uma coleção de poemas. Foi em 1932 que ele publicou uma das suas obras mais famosas: ‘Admirável Mundo Novo”.

É uma ficção futurista e visionária de natureza pessimista sobre uma sociedade organizada em um sistema de castas em que uma droga chamada ‘Soma’ tem um papel relevante.

Ao longo dos anos, Huxley se interessou pelo misticismo e pela espiritualidade e, em 1945, publicou a “A Filosofia Perene”. É uma obra resultante de um processo de documentação dos textos de mestres espirituais de diferentes tradições, como o cristianismo, o hinduísmo e o budismo.

O seu objetivo era apresentar um trabalho para mostrar o substrato comum que todas as tradições religiosas e espirituais que surgiram ao longo da história apresentam.

Huxley não só foi considerado por muitos como o iniciador da psicodelia, mas também como porta-voz dos intelectuais da primeira metade do século XX.

Neste artigo, deixaremos uma pequena seleção das melhores frases de Aldous Huxley para refletirmos sobre a vida, a sociedade e o poder de conhecermos a nós mesmos.

As frases de Aldous Huxley são um convite para a reflexão sobre como vivemos e para onde estamos indo.

Frases de Aldous Huxley

Frases de Aldous Huxley

A armadilha do medo

“O amor afugenta o medo e, reciprocamente, o medo afugenta o amor. O medo não afasta somente o amor, mas também a inteligência, a bondade, e todo pensamento de beleza e verdade. Permanece apenas o silencioso desespero e, no final, o medo expulsa também a humanidade do homem”.

Esta é uma das frases mais interessantes de Aldous Huxley pelo conteúdo da sua mensagem sobre o medo. Enquanto o amor é o sentimento mais poderoso que podemos experimentar e, por sua vez, aquele que mais pode nos preencher, nos protege e nos faz evoluir, o medo é o outro lado da moeda.

O medo nos limita e nos engana enquanto bloqueia o nosso caminho de crescimento pessoal. Sob diferentes formas, ele é capaz de nos afastar de tudo o que nos faz bem para nos colocar na prisão da dúvida e do desespero. Por esse motivo, é essencial nos protegermos das suas artimanhas.

Uma vida cheia de medos é uma vida boicotada pela insegurança e, de alguma forma, pela autodepreciação. Porque o medo é aquele monstro que parece nos lembrar de que não somos ‘bons o suficiente’, mas pequenos e insignificantes.

Portanto, a melhor arma para afastá-lo é o amor, aquele sentimento que nos ensina a valorizar a nós mesmos.

A importância de saber o que queremos

“Todas as pessoas sempre conseguem o que pedem. O problema é que, antes de tê-lo, elas nunca estão cientes do que pediram”.

Muitas vezes pensamos pouco sobre o que queremos alcançar e nos esquecemos de ter cuidado com o que desejamos. Sonhar superficialmente não nos assegura que no futuro teremos os pés no chão, mas também não alçaremos o voo.

Por isso é tão importante saber onde estamos e para onde estamos indo, senão caminharemos perdidos sem uma direção fixa.

O perigo das tecnologias

“Quanto mais complexas as tecnologias, maior a necessidade de criar organizações capazes de mantê-las controladas”.

Essa reflexão de Huxley tem muito mais valor hoje do que quando foi enunciada em 1930. A tecnologia, apesar de incentivar o progresso em diferentes áreas, também acarreta uma série de riscos, tanto pessoais quanto sociais.

Em relação a estes últimos, Huxley defendia que para evitar o descontrole, a rebelião e a reflexão individual, isto é, para continuar exercendo autoridade e dominação, as grandes organizações tinham que estabelecer mecanismos para exercer controle.

De fato, uma das suas maiores preocupações era a chegada de uma ditadura tecnológica para anestesiar os indivíduos.

A relação entre inteligência e solidão

“Quanto mais poderosa e original for a mente, mais ela se inclinará para a religião da solidão”.

Uma mente perspicaz, movida pela curiosidade e apaixonada pela reflexão, precisa ser nutrida por uma dose de solidão. O silêncio de estar sozinho para se conectar consigo mesmo, descobrir-se, decifrar-se e observar o mundo a partir do seu interior é uma condição fundamental das mentes mais despertas.

Por isso, a prática da meditação é um dos interesses mais apreciados por esse tipo de pessoa.

Refletir sobre a vida

A dor de conhecer a si mesmo

“Se muitos de nós continuam sem conhecer a nós mesmos, é porque o autoconhecimento é doloroso e preferimos o prazer da ilusão”.

Esta é uma das frases de Aldous Huxley que se destaca pela sua lucidez sobre o tema do autoconhecimento. Conhecer-se envolve não apenas observar e estar consciente daquilo que nos conforta e nos faz bem, mas também entrar em contato com as nossas sombras.

Isso requer muita coragem; nem todo mundo tem a coragem de ficar cara a cara consigo mesmo. Por isso, muitos optam pela estratégia da distração através das ilusões.

“Há pelo menos um canto do universo que você certamente poderá aperfeiçoar, que é você mesmo”.

Evitar o contato com nós mesmos implica estagnação, imobilidade e impossibilidade de continuar crescendo. Como melhorar se não nos conhecemos? Como poderemos contribuir com a evolução da sociedade se evitarmos por todos os meios olhar para dentro de nós mesmos?

O problema é que, enquanto mantivermos essa atitude, não ficaremos apenas presos no autoengano, mas também na queixa constante e na tendência de responsabilizar os outros por todos os problemas e dificuldades que ocorrem na nossa vida.

A ameaça da mudança

“Nós não queremos mudar. Cada mudança é uma ameaça para a estabilidade”.

A mudança é uma ameaça porque envolve enfrentar o abismo do desconhecido, o precipício da incerteza. Quando mudamos, abandonamos velhos hábitos para abraçar a oportunidade de incorporar outros novos.

O problema é que ficamos receosos em aceitar a novidade porque a consideramos um inimigo que nos desestabiliza. É por isso que ‘deixamos de lado’ tantos propósitos, objetivos e metas se não usarmos força de vontade, esforço e persistência.

Agora, também existem mudanças e mudanças. Algumas são quase imperceptíveis porque seguem a dinâmica em que nos encontramos imersos, e outras representam uma revolução em nossas vidas.

Essas últimas são as mais valiosas e estão diretamente relacionadas a uma mudança transformadora que vem do nosso interior.

“A mudança verdadeiramente revolucionária deverá ser alcançada, não no mundo externo, mas no interior dos seres humanos”.

A transcendência da atitude

“A experiência não é o que acontece com você, mas o que você faz com o que lhe aconteceu”.

Esta é uma das frases de Aldous Huxley para nos lembrarmos sempre que perdermos as forças e tivermos dificuldades para seguir em frente. O importante não é o que acontece, não é o porquê, mas de que maneira o enfrentamos, qual atitude escolhemos para enfrentá-lo, ou seja, como reagimos.

A dificuldade da prática

“O conhecimento é relativamente fácil. Querer e agir de acordo com o que se gostaria é sempre mais difícil “.

Outra das frases de Aldous Huxley que não devemos esquecer no nosso dia a dia. Conhecer determinados assuntos, conhecer as diferentes teorias e até mesmo alguns estudos realizados não implica que saibamos agir de acordo com eles.

Muitas vezes, existe um grande abismo entre a teoria e a prática que não percebemos, mas isso não deixa de ter o seu valor.

Quantas vezes acreditamos que sabíamos como reagir diante de uma determinada situação e, quando ela acontece, ficamos perdidos e imobilizados? O poder das circunstâncias é incrível.

Por essa razão, se quisermos colocar em prática tudo o que aprendemos, não basta ler ou refletir, a chave é executar, reagir, levar todo o conhecimento para um plano superior.

Momentos de quietude para refletir

Os limites das palavras

“Devemos aprender a administrar efetivamente as palavras, mas ao mesmo tempo, devemos preservar e, se necessário, intensificar a nossa capacidade de olhar diretamente para o mundo, não através dos meios semi-opacos dos conceitos, que deformam qualquer fato, dando-lhe uma aparência muito conhecida de algum rótulo genérico ou alguma abstração explicativa”.

Sem dúvida, esta é uma das frases de Aldous Huxley que mais nos convida a refletir. A linguagem é uma ferramenta poderosa que serve para nos comunicarmos, mas tem as suas limitações. Às vezes, as palavras não podem conter o incontornável, aquilo que é fruto da mais pura e direta experiência dos nossos sentidos e sentimentos.

Na verdade, elas também nos levam a mal-entendidos e conflitos, porque os conceitos têm as suas nuances subjetivas. Quem nos assegura que o nosso parceiro concebe a experiência do amor como nós? O perdão, a traição ou o comprometimento têm o mesmo significado para cada um de nós?

Como podemos ver, as frases de Aldous Huxley são um valioso legado para refletirmos sobre como vivemos e para onde vamos. São palavras cheias de sabedoria que desafiam o nosso intelecto com o objetivo de nos tornar mais despertos.

Uma coleção de frases para recorrermos cada vez que quisermos expandir o nosso espectro visual e mental.