A menor ação sempre é melhor do que a maior intenção

A menor ação é melhor do que a maior intenção

31, outubro 2016 em Psicologia 4211 Compartilhados
A menor ação sempre é melhor do que a maior intenção

Esquecemos a grandeza dos menores atos e valorizamos demais, em algumas ocasiões, as palavras que nos transmitem as grandes intenções. Pensar e agir não é a mesma coisa, muito menos falar e fazer. Por mais insignificante que seja uma ação, ela sempre terá mais valor do que aquilo que fica no ar.

Não estamos cientes do valor dos feitos cotidianos, nem dos outros, nem dos nossos. É com esses pequenos detalhes e grãos de areia que podemos construir verdadeiros sorrisos, gerar emoções intensas e começar a construir nossos sonhos.

As palavras que não são seguidas de feitos não valem nada

As palavras são um recurso poderoso para aqueles que sabem usá-las. Graças a elas negociações são fechadas, relações começam e promessas são criadas. Mas uma coisa é emitir uma mensagem ou uma intenção e outra bem diferente é transformar tudo isso em realidade através de ações.

muitas-bolhas-de-sabao

Criar expectativas em relação aos outros ou a nós mesmos pode gerar frustração, decepção ou raiva. Claro que somos livres para falar o que queremos, mas não podemos esquecer que o peixe morre pela boca. Se não vamos cumprir com aquilo que dizemos, é melhor ficarmos calados. Para que serve criar ilusões nos outros e em si mesmo?

Não podemos esquecer também que as palavras são uma arma de destruição em massa na boca de pessoas manipuladoras. Deixar-se levar pelo que os outros dizem é uma faca de dois gumes que em algumas ocasiões pode nos prender numa teia de aranha.

Suas ações o definem mais do que suas palavras

A maioria de nós geralmente fala mais do que o necessário, criando promessas que terminaremos por não cumprir. Isso não quer dizer que não existam boas intenções por trás das nossas palavras, mas também é importante remodelar o valor que outros dão ao que dizemos para eles.

Para você, pode ser que seja um comentário socialmente aceitável para uma época que não chega nunca ou que você realmente pense que vai cumpri-lo, mas talvez para a outra pessoa a sua mensagem tenha um valor incalculável. A questão é que iremos ser lembrados pelo que fizemos, e não pelo que dissemos.

mulher-beijando-homem

Seus comportamentos até certo ponto o definem e são os pequenos detalhes que fazem a diferença. Por esta razão, o menor gesto tem mais poder que as palavras mais bonitas e as intenções mais ilimitadas. Porque, quem você valoriza mais, alguém que lhe diz o que você quer ou a alguém que realmente demonstra algo?

No final, uma pessoa deixa sua marca composta pelos seus atos realizados. A ação é a marca duradoura de cada um de nós.

Os fatos não deixam de existir só porque eles são ignorados

As palavras voam, se desfazem e desaparecem e até podem se deformar. Mas um fato sempre marcará o momento em que ocorreu, por mais que alguém tente ignorá-lo. Um feito não pode se deformar nunca, apenas pode transformar-se o que se conta sobre ele, e isso são palavras…

maos-com-flores

A questão é que: nós valorizamos as ações que os outros têm em relação a nós e as que nós temos em relação a nós mesmos? Tenho certeza de que não, e de que às vezes nos deixamos levar pelas palavras. Mas lembre-se de que uma ação demonstra, uma palavra apenas emite uma mensagem que pode ou não chegar a cumprir-se.

Recomendados para você