Quando menos se espera, chegam as coisas boas – A mente é maravilhosa

Quando menos se espera, chegam as coisas boas

19, janeiro 2016 em Psicologia 10 Compartilhados
Quando menos se espera, chegam as coisas boas

De repente, e sem que se saiba muito bem como, o universo inteiro parece usar seus dedos artesãos para trazer aquilo que você esperava, aquilo que, sem dúvida, você merece e que sua própria esperança tinha dado por perdida.

Por que não? Alguns o chamam de sorte, outros destino, outros falam em lei da atração, mas na verdade… quem pode negar que seu esforço, dedicação e vontade tenham tecido sua própria corda para que, no final da mesma, você encontrasse aquilo que esperava?

As coisas boas chegam para quem sabe esperar e para quem desfruta dessa sorte que se ocupou em forjar cada jornada. São o destino, a oportunidade e a força interior  conjugados para nos trazer as coisas maravilhosas que dão vida ao nosso coração.
Compartilhar

Se você é uma daquelas pessoas que não acredita que “as coisas boas chegam de improviso, se soubermos esperá-las”, vale a pena refletir conosco sobre estes simples aspectos. A magia, a sorte, e as coisas belas da vida estão no virar de muitas das nossas esquinas. Você só tem que virá-las, saber percorrer o caminho com a mente aberta e o coração disponível.

A sorte e a chegada das coisas boas são decorrentes de um aspecto: acreditar em você

Simples assim: as coisas boas e a âncora da sorte só chegam no porto de quem é capaz de acreditar em si mesmo para propiciar que aconteçam determinadas situações.

Para que, finalmente, chegue nas nossas vidas isso que tanto ansiamos, é preciso não apenas um desejo. Devemos pensar; o pensamento nutre a emoção e a força de vontade, e aí a confiança em si mesmo age como uma autêntica chave de mudança.

mulher-em-um-cais

Como você pode perceber, há muito pouco de magia nesses conceitos. Também não é uma ideia tirada à força dos manuais de autoajuda quem podem vender um slogan vazio.

A crença em nós mesmos move montanhas e é nossa autêntica força vital. Você a tem? Convidamos a todos a colocar em prática estes simples conselhos para permitir que as coisas boas cheguem na sua vida.

Saia da rotina, facilite pequenas mudanças cotidianas

Nós sabemos que você passa muitas horas fora de casa cumprindo um horário de trabalho, e que os dias exigem de você mais obrigações do que prazeres.

  • Podemos continuar cumprindo nossos horários, mas focando essa obrigação de outro jeito.
  • Permita-se alguma coisa todos os dias, por menor que seja: tomar um café em um lugar novo, comprar um pequeno presente para quem você ama ao sair do trabalho, voltar para casa por outro caminho.
  • Qualquer mudança na rotina é um estímulo para o nosso cérebro. Um estímulo é um reforço positivo, e um reforço positivo provoca emoção. Isso já é uma mudança, é um outro modo de encarar o dia a dia.

Acenda sua ilusão no dia a dia para que ninguém consiga apagá-la

Quem deixa de sonhar morre pouco a pouco, então feche seus olhos e abra sua mente. Permita-se sonhar com aquilo que deseja, liberte-se um pouco a cada dia e sinta-se cada vez mais livre.

Cada ilusão acende um motor no nosso interior até que, pouco a pouco, vão “crescendo as asas”. Toda ilusão vai se transformar em um propósito e o propósito em vontade.

Nunca se esqueça de que, ao seu redor, haverá algum especialista em consumir sonhos e vontades.

São pessoas que nos enchem de nuvens carregadas com suas palavras “isso não é pra você”, “suas obrigações são outras”,isso são tolices e formas de perder tempo”… Não permita isso, não os escute.

crianca-curiosa

Quem pode mudar seus pensamentos pode mudar seu destino

As coisas boas podem chegar por um ato puramente casual; tudo é possível. Entretanto, sempre haverá maiores probabilidades de que aconteçam se fizermos a nossa parte, se permitirmos que isso aconteça, sendo autênticos artífices desses aspectos sonhados.

Se você for capaz de mudar o foco dos seus pensamentos, em especial os limitantes e os negativos, você dará lugar que esse destino pelo qual tanto anseia. E se o destino o levar a um cruzamento de caminhos… Respire, você é quem deve decidir em que direção deve seguir a sua vida.
Compartilhar

Somos conscientes de que não é nada fácil variar o enfoque dos nossos pensamentos:

  • Os pensamentos se modelam pelas nossas experiências prévias, por lembranças passadas, por aprendizados obtidos a partir de fracassos que não queremos repetir.
  • Muitos dos nossos pensamentos estão limitados pela indecisão, por crenças com as quais crescemos ou que foram transmitidas a nós por outras pessoas.
  • Pensamos que as mudanças não são boas, que só trazem coisas perigosas e que é melhor “continuar onde estamos”, em nossa zona de conforto.

Todos esses são exemplos de pensamentos limitantes que precisam de uma reestruturação cognitiva. E como fazemos isso? Como variamos esses enfoques que habitam a nossa mente?

Pense que você merece. Pense que chegou o momento de dar prioridade a si mesmo, de ser o protagonista da sua vida, e não um simples ator coadjuvante à sombra dos outros. Sonhe todos os dias e faça pequenas mudanças. Ou grandes mudanças. As coisas boas chegam para quem sabe esperar. Não duvide.

Imagens cortesia de Mariana Kalacheva e Pascal Campion.

Recomendados para você