Quando você menos espera, a vida sempre surpreende

Quando você menos espera, a vida sempre surpreende

abril 2, 2016 em Psicologia 1267 Compartilhados
A vida sempre surpreende

E sem saber como, nem por que razão, a vida sempre acaba surpreendendo quando você menos espera. Será que as pessoas não têm controle algum sobre os seus destinos e este fluir vital com o qual nos envolvemos todos os dia?

Sem dúvida temos controle. O que acontece é que muitas vezes somos nós mesmos quem fechamos as portas a estas oportunidades, a estas mudanças, a estes atos fortuitos cheios de positivismo e esperança, aos quais todos nós temos direito.

A vida é um estranho carrossel onde o bom e o ruim nos visitam do mesmo jeito, mas somos nós, com nossas atitudes e nossos pensamentos, que devemos empurrar esta roda para que continue girando, com otimismo e esperanças renovadas para que no fim, chegue o que merecemos.
Compartilhar

Se há algo que também está claro, é que simplesmente desejar que a sorte nos alcance não fará que ela venha por si só. E tem mais, também sabemos que não apenas por agirmos com integridade e nobreza seremos sempre afortunados. O destino não parece agir assim.

Agora, tudo depende da forma como você se coloca perante a sua própria vida. Às vezes, quem se levanta com realeza e firmeza, com orgulho, com a sua couraça posta, acaba quebrado. Às vezes, é melhor ser como essas espigas do campo que se adaptam ao vento e às suas investidas, porque são flexíveis, porque são leves e pacientes…

A vida, como todo aspecto deste mundo, tem o seu ritmo. É preciso saber ouvir, cuidar e olhar o dia a dia com a mente aberta e o coração acordado. As coisas boas sempre chegarão se você confiar, se você se sentir merecedor disso e souber agir.

Permita que a vida lhe ensine e lhe surpreenda: abra a sua mente

mulher-com-constelacao-de-estrelas

Costuma-se dizer que as coisas boas na vida aparecem para nos trazer felicidade e as ruins para nos dar novas lições. Agora, há quem entenda esta última parte não como um “aprendizado vital”, e sim como um castigo do destino.

Na vida, para ser grande e poder tocar as estrelas, é preciso em primeiro lugar começar a partir do chão. Não tenha medo de passar por fracassos, decepções. Somente quem integra, aceita e deixa ir embora as coisas ruins tem a capacidade de poder voar mais livre e alcançar o céu com a ponta dos seus dedos.
Compartilhar

Para compreender melhor estas ideias, basta dar um simples exemplo. Imagine que você tem um amigo que acaba de sofrer uma desilusão sentimental. Você procura ajudar essa pessoa, mas ela mesma enxerga o acontecido não apenas como decepção, mas sim com raiva e ressentimento.

Deixa de acreditar no amor, perde a confiança nas pessoas e vê a si mesma como alguém “que não nasceu para ter vida de casal”. Alguém que não merece ser amado. Este tipo de atitude é a que fecha portas, a que não deixa que a vida surpreenda.

  • Os pensamentos limitantes são ideias negativas que consideramos verdadeiras sem que o sejam, e que, além disso, condicionam as nossas vidas.
  • Muitas vezes estão determinados seja por uma má experiência, ou porque foram transmitidas desde criança a nível educacional.
  • As crenças limitantes nos bloqueiam ou nos anulam, impedindo que tenhamos novas oportunidades de aprendizagem, e ainda mais, tiramos de nós mesmos a capacidade de avançar, de crescer.

Convidamos você a colocar em prática estes simples conselhos para poder quebrar muitas destas muralhas internas que existem nas nossas mentes e em nossos corações, que quase sem perceber, não permitem que a vida, quando assim desejar, nos surpreenda.

Tenha consciência de si mesmo

casal-apaixonado

Para ganhar consciência de si mesmo, é preciso que você faça um pequeno exercício de autoconhecimento, onde você seja capaz de intuir os seus próprios pensamentos limitantes, os seus medos e esses alambrados de espinhos que todos, de alguma forma, colocamos ao redor do nosso crescimento pessoal.

A vida real não são os seus erros ou os seus fracassos. Você é o que você supera e o que você é capaz de se permitir uma vez que afasta as nuvens de tempestade do seu horizonte: o que você precisa encontrar é a sua felicidade.
Compartilhar

Ao ganhar consciência de si mesmo e estabelecer esse diálogo interior necessário, você verá que é preciso banir velhas ideias que os nossos pais e a própria sociedade nos transmitiram. Uma vez que você seja capaz de andar livre, descalço de ressentimentos e culpas, conseguirá ver o dia a dia com maior esperança. É aí que surgem as coisas boas.

Envolva-se de crenças criadoras

Acreditar em si mesmo e criar a pessoa que você quer ser de verdade: trata-se disso. Será que é algo tão difícil? Na verdade é um pouco, e pode ser preciso deixar para trás muitas coisas, e inclusive pessoas.

  • Tenha em mente que no seu círculo social e pessoal pode haver alguém que limite o seu crescimento pessoal, e que lhe impeça ser quem você é de verdade e quem você deseja ser.
  • A vida nos surpreenderá somente se formos mais além da nossa zona de conforto e para isso precisamos ser valentes, quebrar esquemas e mudar um ou outro pensamento.

A força criadora está em você mesmo. A esta altura da vida, você já sabe o que é a adversidade, o que é superar uma batalha, portanto não se renda nunca no seu empenho de manter a esperança e o otimismo. É uma janela aberta que nunca deve se fechar.

menino-com-vaga-lumes

Imagens cortesia de Pascal Campion, Mijail Kohn, Art Mkl

Recomendados para você