A metáfora da tela do computador

· agosto 6, 2018

A metáfora da tela do computador transmite claramente como nossos pensamentos podem nos influenciar a ponto de perdermos nossos objetivos de vista. Falamos de um recurso/complemento terapêutico usado para descrever de maneira simples como os pensamentos podem nos afetar em situações cotidianas.

Por meio dessa metáfora, uma situação se expressa a partir de duas perspectivas diferentes. Certamente, serve como um exemplo para ver como os pensamentos negativos podem influenciar a busca de objetivos.

Na metáfora da tela do computador, as mensagens representam os pensamentos negativos automáticos, aquelas ideias que contaminam muitos dos nossos processos de pensamento, condicionando-os, detendo-os e gerando desconforto. Estudos confirmam que os pensamentos nos levam ao fracasso. Além disso, quando isso acontece, o pior de tudo é que nem sempre somos capazes de detectá-los como causadores do resultado obtido.

Mulher com nuvem nas mãos

A metáfora da tela do computador

Dois colegas de trabalho estão no escritório e compartilham a mesma mesa. De repente, ambos começam a receber mensagens na tela do seu computador com os seguintes comentários: “você não conseguirá resolver o problema” e “você é inútil”.

O primeiro dos trabalhadores tenta eliminar as mensagens, embora elas reapareçam de novo e de novo. Em seguida, ele decide se concentrar em suas tarefas e tenta não ser afetado pelos comentários anteriores. Apesar de estar afetado, decide continuar fazendo o que mais gosta: seu trabalho.

Depois de receber o mesmo tipo de mensagem, o segundo companheiro tenta eliminá-las a todo custo. Os comentários o distraem e até mesmo afetam sua autoestima. Ele não pode avançar se não conseguir fazer as letras desaparecerem da tela.

Finalmente, não consegue eliminar as mensagens nem terminar suas tarefas, já que as mensagens fizeram com que sofresse um bloqueio que impediu que pudesse desenvolver seu trabalho com tranquilidade e normalidade. Além disso, o sofrimento vai aumentando e as mensagens negativas se multiplicam.

Ele olha para o companheiro com raiva porque o vê trabalhando e parece estar até gostando das tarefas. Finalmente, acha que o outro está conseguindo trabalhar porque não recebe as mesmas mensagens que ele.

Lições da metáfora da tela do computador

A partir dessa metáfora, podemos tirar as seguintes conclusões:

1. Há mais de uma solução para a mesma situação

Após conhecer a metáfora da tela do computador, observamos que, diante de uma mesma situação, existem duas pessoas que decidem agir de forma diferente. É um bom exemplo para perceber quão importante é a confiança em si mesmo.

Quando você tem dúvidas ou trabalha com mensagens negativas, é preciso recuperar o controle de sua atenção e desviá-la para outro lugar. Raramente o bosque é todo negativo ou positivo. Além disso, o normal é que esteja em equilíbrio e que nós, com nossa perspectiva parcial, sejamos quem o avalie.

2. Pensamentos negativos

Os pensamentos negativos aparecem em nossa mente de maneira inesperada. Eles são o resultado de nossas experiências pessoais e, às vezes, nos distraem de alcançar os objetivos.

Os pensamentos negativos geram dúvidas e desconforto dentro de nós. No entanto, são naturais e ocorrem automaticamente. Recomendamos que aprenda a alimentá-los enquanto tenta acabar com eles.

“Uma atitude fortemente positiva criará mais milagres do que qualquer droga.”
-Patricia Neal-

Como lidar com os pensamentos obsessivos

Com qual trabalhador você se identifica?

Nosso primeiro protagonista foi capaz de superar os obstáculos para terminar seu dia com o trabalho feito. Portanto, conseguiu vencer a batalha contra os pensamentos negativos que poderiam ter surgido a partir do início. Assim, apesar de às vezes eles aparecerem sem querermos, é muito importante ter controle para impedir que certas idéias se reproduzam em nossos pensamentos.

Pelo contrário, o outro personagem da história cede diante da pressão causada pela chuva de mensagens negativas que aparecem em sua tela e que perturbam seu ritmo natural de trabalho. Observamos como ele tenta superar uma situação inicial que acaba vencendo-o. Ele não é melhor ou pior que o primeiro, só não usa a estratégia mais apropriada.

Em suma, a metáfora da tela do computador é um bom exemplo para entender a importância das estratégias de enfrentamento. Estratégias que não operam apenas a nível comportamental, mas também a nível mental.