Mindfulness no trabalho: saúde e bem-estar - A Mente é Maravilhosa

Mindfulness no trabalho: saúde e bem-estar

abril 14, 2018 em Psicologia 153 Compartilhados
Mindfulness no trabalho

Você sofre de estresse no trabalho? Você acha difícil alcançar todos os objetivos que tem no seu dia a dia? Uma maneira de ter mais saúde, bem-estar e produtividade é praticar o mindfulness no trabalho. Graças à atenção plena nos concentramos no que é importante. Assim, ganhamos confiança e podemos até reduzir o esgotamento mental e emocional que tantas barreiras coloca em nosso desempenho.

Todos nós já ouvimos falar sobre a meditação mindfulness. Na verdade, é comum lermos sobre esse termo em quase qualquer espaço ou revista. Podemos até pensar que se trata de mais um modismo. Da mesma forma que outras modas como spinning, crossfit ou os famigerados sucos detox. Entretanto, não devemos nos enganar. O mindfulness (atenção plena) já é usado no campo clínico como uma técnica terapêutica para vários propósitos.

“Os sentimentos vêm e vão como nuvens em um céu nebuloso. A respiração consciente é minha âncora ”
-Que Nhat Hanh-

Desde que Jon Kabat-Zinn, um doutor em biologia molecular do MIT (Instituto de Tecnologia de Massachusetts), popularizou essa estratégia de meditação budista no Ocidente, seu impacto só cresceu. Para justificar os seus benefícios, o Dr. Kabat-Zinn trouxe evidências científicas rigorosas. Demonstrou como a meditação mindfulness tinha gerado grandes mudanças nas populações submetidas a altos níveis de estresse. Entre os beneficiados estavam grupos diversos como presidiários, trabalhadores submetidos a elevados níveis de estresse e pessoas com dores crônicas.

A meditação mindfulness não é uma moda passageira. É uma técnica de saúde e bem-estar que está ganhando cada vez mais espaço e reconhecimento. De fato, é especialmente útil para prevenir uma recaída em pacientes que superaram uma depressão. Portanto, nunca é demais dar uma chance a algo novo que pode trazer benefícios. Afinal, testar sua utilidade em um ambiente de trabalho pode, sem dúvida, ser um divisor de águas no seu desempenho. Vamos conhecer o mindfulness com mais detalhes.

Mulher estressada no trabalho

Meditação mindfulness no trabalho: como ela pode nos ajudar?

David Lynch, o famoso diretor de cinema, roteirista e artista, costuma escapar de suas próprias filmagens várias vezes ao dia para procurar um quarto silencioso ou um espaço ao ar livre que traga calma. Essa “fuga” para meditar por alguns minutos o ajuda a tirar mais da mente para refinar a criação, resistir à pressão e reencontrar-se.

É claro que nenhum de nós é David Lynch. Afinal, nosso trabalho certamente é mais usual. Um escritório, uma fábrica, uma loja, uma escola, um táxi, quartos de hotel ou hospital, produtos para comercializar ou promover. Entretanto, seja qual for a nossa ocupação, seja qual for a nossa rotina, estamos todos sujeitos à pressão e à ansiedade. Além disso, temos a responsabilidade de lidar com diversos estímulos de uma só vez.

Se tomarmos a atitude de praticar o mindfulness no trabalho, isso pode nos ajudar a alcançar o seguinte:

Mindfulness no trabalho

Benefícios do mindfulness

  • Ficarmos mais focados no que fazemos, deixando de lado a hiperestimulação do ambiente.
  • Isso nos ajudará a ter maior clareza mental para sermos mais ágeis na hora de reagir, ter ideias e tirar mais proveito das situações.
  • Vamos lidar melhor com o estresse e a pressão.
  • Ganharemos confiança em nós mesmos e nos concentraremos em nós mesmos para estabelecer limites e antecipar oportunidades.
  • Sentiremos mais autonomia para agir e controlar as situações.
  • Podemos amplificar os sentimentos e emoções positivas. Sendo assim, é possível melhorar o relacionamento com os colegas ou até mesmo relativizar o que nos incomoda ou o que não podemos mudar.

Como podemos aplicar o mindfulness no trabalho?

Antes de colocar em prática as estratégias que vamos mostrar sobre a meditação mindfulness no trabalho, é bom esclarecer um aspecto simples. Ninguém aprende a meditar ou a praticar o mindfulness em uma semana ou duas. Essa prática requer tempo, vontade e disciplina. Vamos lembrar, antes de mais nada, que os pensamentos têm controle sobre a mente e o corpo. Sendo assim, uma maneira de reorientar nosso foco mental em direção a um cenário de paz e equilíbrio é treiná-lo na meditação mindfulness.

Estas estratégias podem nos ajudar.

Seu objetivo

Antes de ir trabalhar, tome uma decisão sobre o que você quer alcançar naquele dia. Defina e esclareça seu objetivo. Pode ser algo tão simples como fazer tudo certo e ir para casa sem estresse e sem nada para se preocupar.

O aqui e agora

Em seu ambiente de trabalho, esteja sempre atento ao momento presente, ao que acontece no aqui e agora. Concentre-se no que você está fazendo e não no que os companheiros estão dizendo, no som da rua, na mensagem que você está esperando no seu celular, no que você vai fazer amanhã ou quando chegar em casa…

Mulher meditando no intervalo do trabalho

Reinicie sua mente de vez em quando

Faça pausas mentais de 1 minuto. Se há algo que todos nós sabemos é que não é comum podermos deixar nosso local de trabalho para irmos meditar por 20 minutos quando precisarmos. No entanto, podemos treinar nossa mente para o seguinte: a cada 40 minutos ou meia hora, descanse a mente por 1 minuto. Para fazer isso, concentre seu olhar em um ponto de relaxamento e respire profundamente, respire e inspire… Durante esses 60 segundos, não pense em nada. Pressões vazias, preocupações vazias.

“Se você quer dominar a ansiedade da vida, viva o momento, viva a respiração.”
-Amitir Ray-

Diga não para a multitarefa

Se há algo comum em qualquer ambiente de trabalho é a multitarefa: uma chamada, um e-mail, clique aqui, faça isso, pense sobre isso, resolver, decidir, comunicar… Se a maioria das pessoas costuma se deixar levar por esse tipo de comportamento é porque geralmente pensamos que fazendo muitas coisas ao mesmo tempo somos mais produtivos, mas isso não é verdade.

Portanto, uma chave essencial para o mindfulness no trabalho é que façamos apenas uma coisa de cada vez e nos concentremos nela. Dessa forma, evitaremos erros e descuidos e o resultado final será otimizado.

Coloque o estresse a seu favor

Muitos de nós pensam que não há pior inimigo no trabalho do que o estresse. Entretanto, essa ativação interna, quando bem controlada e bem administrada, pode ser nossa aliada em muitos aspectos. Ela oferece motivação e ativação, permite estar alerta e preparado.

No entanto, o nível de estresse deve estar em um ponto intermediário que atue como estímulo, e não como inimigo. Por isso devemos sempre estar conscientes de onde está nosso limite.

Aceite o que não pode ser mudado

Um ponto muito interessante que é lembrado na meditação mindfulness no trabalho é que devemos aceitar tudo o que não podemos mudar. Por exemplo, não adianta ficar com raiva todos os dias com aquele gestor que está sempre atrasado; com aquele chefe que está sempre de mau humor; com aquele colega que só traz fofocas e não boas ideias…

Colegas de trabalho conversando

Evite ficar batendo na parede contra certas dinâmicas e atitudes, é melhor aceitá-las. Entretanto, aceitar não é se render, é tomar consciência de uma realidade para agir de acordo com ela, com segurança e tranquilidade. Afinal, outra ideia do mindfulness no trabalho é que sempre devemos tentar ser otimistas. Uma visão positiva das coisas tira muitos pesos e nos torna mais livres.

Vamos aplicar essas dicas o máximo que pudermos: os resultados podem nos surpreender.

Recomendados para você