Em um mundo de guerras, intolerâncias, preconceitos

Em um mundo de guerras, intolerâncias, preconceitos

Wandy Luz 22, dezembro 2016 em Emoções 560 Compartilhados

Em um mundo de guerras, intolerâncias, preconceitos, pessoas que morrem e matam em nome de ‘Deus’, entre tantas outras desavenças, eu espero e quero que o amor prevaleça sempre.

Eu não sei você, mas diante de tantos acontecimentos terríveis, catástrofes naturais cada vez mais intensas e devastadoras, fica claro que fizemos algo errado, tão errado que até a natureza está em fúria.

Existe algo no ar, uma sombra misteriosa, uma nuvem negra, uma energia pesada. O vento sussurra um canto triste, e eu só consigo pensar que vivemos um tempo de transformação.

O mundo já não é como antes, e o que vem por aí pode não agradar a todos

Você deve estar se perguntando por que falar de coisas ruins e tristes ? Porque precisamos acordar, porque precisamos despertar e fazer a nossa parte.

Eu sei que é quase impossível mudar o mundo, alcançar a igualdade em todos os aspectos, acabar com a fome, preconceito, com as guerras, enfim, ninguém sozinho faz milagres.

Mas pequenas mudanças, pequenos gestos, podem, e eu sei que terão, um impacto gigante na vida de muitas pessoas.

caos das guerras

Como?

Seja menos mal-humorado, menos egoísta, menos ganancioso e materialista. Olhe o ser humano com ternura, independentemente da sua opção sexual, sua cor, seu time de futebol, seu partido político, e suas crenças.

Vamos respeitar quando for impossível amar, vamos entender ao invés de julgar quando algo nos desagradar e for contra os nossos princípios.

Nem eu, nem você, nem ninguém tem o direito, o poder de decidir o que é certo ou errado, então mais amor, mais compreensão, mais esforço para se colocar no lugar do próximo, empatia, muita empatia, e antes que você pense que isso é demagogia, experiente por um dia que seja, ser gentil, fazer o bem a quem precisa, distribuir sorrisos e gestos de bondade, e depois me diga se não faz bem? Me diga se você não se sente uma pessoa melhor?

mundo contra guerras

É disso que o mundo anda precisando. De pessoas melhores, de menos ódio e mais irmandade. Ninguém aqui está lhe pedindo para ser a Madre Teresa, mas se mudarmos alguns hábitos, faremos com certeza a diferença na vida de alguém.

Pense na ideia com carinho, ofereça sempre o seu melhor e não se preocupe com o que vai receber de volta, afinal, cada um oferece aquilo que tem.

Wandy Luz

Jornalista, colunista, sonhadora e amante da liberdade. Um ser humano que se encanta a cada dia mais com os mistérios da vida e suas dimensões. Espirito livre e alma plena, esse è meu desejo, essa è a minha missão.

Ver perfil »