Não preciso de você, mas quero estar ao seu lado

· abril 21, 2018

‘Não preciso de você, mas quero estar ao seu lado’ é a incrível frase que reflete que estamos certos do que sentimos por outra pessoa, mas não dependemos dela porque temos claro o que somos e para onde vamos.

Quando somos conscientes de que amamos nosso parceiro, mas ao mesmo tempo não precisamos dele para sermos felizes, estamos praticando um amor saudável e maduro, aquele no qual reina a independência e o outro não está ali para cobrir nossos vazios nem necessidades.

“Não te necessito, te prefiro.”
– Walter Riso –

Casal sob céu estrelado

Respeito sua liberdade, mas quero estar ao seu lado

O amor maduro respeita a liberdade do outro e, além disso, a valoriza acima de tudo, porque o que premia não é amarrar nem acorrentar, e sim deixar voar para que o outro nos escolha. Assim, a partir dessa visão do amor, cada um de nós tem uma série de liberdades:

  • Liberdade de escolher: Cada pessoa goza da capacidade e do direito de escolher seu caminho, mesmo que tenha uma relação muito forte com alguém.
  • Liberdade de sentir: Apesar dessa conexão profunda com o outro, cada um tem suas próprias emoções e há um respeito mútuo, já que todos nós vivemos experiências de diferentes formas e construímos a realidade à nossa maneira.
  • Liberdade de expressar: Cada pessoa expressa o que sente e pensa de uma forma determinada. já que a cultura e as experiências influenciam a maneira como fomos criados.

Sendo assim, quando temos uma relação com outra pessoa, seja amorosa, de amizade ou familiar, teremos que saber que a liberdade do outro é importante e, portanto, devemos respeitar suas decisões.

O amor e a liberdade não estão competindo. Na verdade, esta última se rompe quando exigimos que o outro mude.

É maravilhoso saber que não temos que ser iguais para que nossas relações floresçam.

Pintura com mão segurando coração

Sei para onde navegar, mas quero estar ao seu lado

Saber que em uma relação contamos com opiniões e metas diferentes permite que não dependamos da outra pessoa porque:

  • Valorizamos o que somos: Conhecemos a nós mesmos e entendemos que somos tão valiosos quanto o outro. Não precisamos de sua aprovação.
  • Sabemos que podemos seguir nossos planos: Uma relação saudável não impede que cada membro da mesma tenha seus objetivos individuais e seu próprio percurso.
  • Compreendemos que não podemos estar juntos a todo custo: Quando a pessoa que está ao nosso lado não pode estar perto porque tem que perseguir suas metas, nós a compreendemos e apoiamos.

Assim, se temos claro o que queremos e para onde vamos, teremos a capacidade de entender que o carinho não implica que nossas escolhas dependam das escolhas daqueles que amamos. Porque apesar de compartilharmos um caminho conjunto, também temos nossos próprios caminhos, e neles somos nós que tomamos as decisões.

Apaixonados jogando coração um para o outro

Posso viver sem você, mas quero estar ao seu lado

‘Posso viver sem você, mas quero estar ao seu lado’ é outra das frases que reflete os sentimentos que temos para com a outra pessoa que respeitamos. Acima de tudo, desejamos que seja livre para cumprir seus sonhos. Porque por mais que gostemos de estar ao seu lado, compreendemos que ela deseja ou precisa estar longe.

Agora, com um amor maduro também sabemos que não precisamos da outra pessoa para viver, mesmo que queiramos estar com ela. Isso não significa que não sintamos dor ou fiquemos mal em algum momento, e sim que, apesar disso, não seguiremos com nenhum tipo de estratégia manipulativa para com a outra pessoa porque entendemos que ela tem sua própria vida e, portanto, seus desejos e escolhas.

O mundo não vai acabar se quem amamos deixar de estar ao nosso lado. Sempre teremos mais âmbitos nos quais trabalhar, mais campos para explorar, mais lugares para conhecer outras pessoas, o mundo, e definitivamente, para conhecer a nós mesmos.

A felicidade não depende do exterior, e sim do nosso interior, porque é uma atitude diante da vida, uma escolha. E para isso, a melhor estratégia é estarmos bem com nós mesmos. Além disso, também estaremos bem com os demais, porque não construiremos vínculos com eles por necessidade, e sim porque decidimos fazê-lo; eles não preencherão nossos vazios nem cobrirão nossas necessidades, simplesmente nos acompanharão em nosso caminho.

“Se alguma vez você faltar eu poderei seguir, mas é minha decisão ficar junto com você.”
– Santiago Cruz –