No amor, a distância é tão relativa quanto o tempo

No amor, a distância é tão relativa quanto o tempo

março 5, 2016 em Emoções 734 Compartilhados
Amigas unidas apesar da distância

Não há nenhuma distância que não possa ser superada se continuarmos acreditando que a Terra é do tamanho de nossas mãos, e cada vez que olhamos para elas nos sentirmos próximos. Quem dera que pra entender o que significa a distância entre eu e você só precisássemos nos observar.

Não há distância que não possa ser maquiada, desde que não reduzamos a palavra amor à apenas quatro letras. É verdade que o conceito de tempo é amplo se eu tentar olhar o meu presente e vir um passado que pede um futuro, mas eu sou capaz de manipulá-lo para pará-lo em um carinho e voltar a ele quando for necessário.

Você é a medida do meu tempo

Nosso tempo sempre será tão relativo quanto a nossa distância: ambas as coisas medem o desejo de voltar a se ver, e você é a medida do meu tempo. Já dizia o grande Mario Benedetti que eram suficientes cinco minutos para se sonhar toda uma vida, e ele não estava errado: o tempo e os quilômetros que nos separam podem ser reduzidos, se desejamos com todas nossas forças.

No que diz respeito a esta questão, há alguns meses atrás uma amiga me disse algo que eu não tinha entendido até agora. Ela me comentava que a melancolia em relação a algo que temos saudade pode ser preciosa, mas que sentir o que queremos viver é a meta de qualquer aspirante à vida.

balão-de-corações

Ela também me disse para não ter medo do que poderia acontecer, porque o amor pode fazer quase tudo, e que se eu o fizesse, acabaria ansiando pelo passado. O que eu queria enxergar estava entre as linhas: que eu tinha que saborear o que eu tinha comigo, embora estivesse longe de mim, porque o presente é o único tempo que podemos manipular.

Não haverá distância enquanto você continuar me olhando

Agora que eu entendi as palavras da minha amiga, manipulo meu presente e aproveito o que eu tenho. Eu tento sempre manter atualizadas as relações que tenho à distância, porque ainda que dê muito mais trabalho, com certeza vale a pena. Só assim eu entendo, agora, que a distância é aquilo que Cortázar queria nos explicar com o só nós mesmos sabemos estar distantemente juntos.

Não existe distância quando dois corpos querem continuar se vendo, quando mesmo sem te ver, te sinto aqui comigo; quando um sorriso da última vez que te vi serve para me agarrar à memória, mas só até a próxima vez.

Não existe distância quando a cada vez que eu sinto frio, eu penso no teu abraço, e tenho a certeza de que você me abraça mesmo não estando aqui. A distância é mínima quando você crê que pode superá-la.

casal-abraçado-na-cama

Quando o amor vence cidades, aeroportos e rodoviárias

É verdade que os quilômetros podem condicionar e prejudicar muitos relacionamentos, e que nada é tão fácil quanto parece. É muito difícil estar longe e sentir que você queria estar perto, mas lembre-se de que o problema surge quando ocorre exatamente o oposto: quando se está perto e se sente que está longe. Vencer a distância significa proteger-se, reforçar-se, tornando-nos mais fortes juntos.

A confiança, a honestidade e a comunicação são fundamentais para manter um relacionamento à distância. Em outras palavras, a vontade nem sempre é suficiente, mas é essencial: é necessária uma grande dose de esforço, uma grande garrafa de desejos e, sobretudo, um sentimento real para que a distância não seja a desculpa de uma relação que tenha caído no esquecimento.

Recomendados para você