Nunca se esqueça de quem você é; o resto mundo não esquecerá

Nunca se esqueça de quem você é; o resto mundo não esquecerá

22, setembro 2016 em Emoções 0 Compartilhados

“Nunca se esqueça de quem você é; o resto do mundo não esquecerá. Use isso como uma armadura e você jamais será ferido por ela”. Quem disso isso foi Tyron Lannister para Jon Snow no quinto episódio da primeira temporada de Game of Thrones.

Esquecer quem somos, nossa história, nosso passado, nos torna vulneráveis. Toda essa história é experiência e é conhecimento e, portanto, é uma oportunidade de aprendizagem, tanto de mundo como de nós mesmos. Em quem somos nasce o que queremos chegar a ser, por mais que nos machuque ou nos oprima.

Por mais que queiramos esquecer de onde viemos, ocultar um passado que nos envergonha ou nos machuca, ou ignorar nossas limitações, existem coisas que nunca vão mudar. A primeira é que isso seguirá sendo assim, doa a quem doer, porque simplesmente não se pode mudar. A segunda é que, por mais que a gente não queira enxergar, os outros irão. Desse modo, quanto mais tentamos não olhar, mais aumentará o dano que isso pode nos causar.

Aceite suas fraquezas

Ao aceitar suas fraquezas você não tem apenas a possibilidade de se tornar mais forte, mas também tira a possibilidade de alguém usá-las contra você. Você tem que enfrentar os seus defeitos e seus pontos fracos e rir de si mesmo para que quando alguém tente fazê-lo, você se sinta representado e caricaturado. Por isso é bom que mergulhe em algo essencial: conhecer a si mesmo.

ilustracao-mulher-em-cor-rosa

Esse trabalho de autoconhecimento abrirá as portas para desenvolver todas as habilidades de que você precisa para transformar-se na pessoa que quer ser. E ainda mais, permitirá que você descubra o que é que você realmente quer para si mesmo.

Além disso, graças a esse trabalho de autoconhecimento, você poderá descobrir quais de seus comportamentos são herdados do seu meio familiar. Não se esqueça de que muitas das coisas que fazemos ou que acreditamos ser não são mais do que uma mera herança de um passado que nos persegue e que não nos deixa evoluir. É a maneira através da qual os filhos pagam pelos pecados dos seus pais.

Quando você conhecer a si mesmo poderá ter consciência de sua própria identidade, de seus próprios valores, de suas próprias aspirações. Dessa maneira, será capaz de lidar com suas fraquezas e limitações. Você também poderá deixar que aflorem suas forças e capacidades, muitas das quais podem ter ficado condenadas à sombra de suas fraquezas ou de seu passado.

Conhecendo a si mesmo você poderá aprender a reagir diante dos acontecimentos, não apenas desenvolvendo novas habilidades, mas também aprendendo a administrar sua forma de agir e lidar com os problemas.

Não se esqueça: ninguém poderá decidir por você se você conhecer a si mesmo

“Quando você aceitar suas fraquezas, ninguém poderá usá-las contra você”. Isso também foi dito por Tyrion a Jon na mesma cena. E ele estava certo. Se você conhece bem a si mesmo, deixa de ser manipulável. Suas fraquezas deixam de servir de arma para ser atacado e passam a ser uma defesa para enfrentar quem quer ir contra você. Isso reforçará a confiança em si mesmo e sua autoestima.

mulher-correndo-pelo-deserto

Se você se conhece bem, se sabe quais são os seus pontos fracos, será capaz de controlar a raiva que suas fraquezas lhe provocam, será capaz de perdoar a quem possa ser responsável e saberá aceitar sua responsabilidade diante do que fez. Mas, sobretudo, você poderá decidir o que vai acontecer a partir de agora.

Reconhecendo suas fraquezas e aceitando suas limitações você tem todas as cartas sobre a mesa. Talvez não sejam as melhores cartas, mas são as que você tem, e são aquelas com as quais você tem que jogar. Nessa partida, se você não joga as suas cartas, outra pessoa jogará por você, mas em benefício dele, não no seu. É mais inteligente pegá-las e não deixar que outra pessoa decida por você.

Recomendados para você