Filmes sobre o autismo que definitivamente vale a pena assistir

Os 8 melhores filmes sobre o autismo

junho 10, 2018 em Filmes 0 Compartilhados
Filmes sobre o autismo

Os transtornos do espectro autista (TEA) são um conjunto de transtornos do neurodesenvolvimento com sintomas crônicos que aparecem na infância. Afetam o comportamento, a comunicação e a interação com outras pessoas, provocando uma certa rejeição em alguns setores da população. Existem várias associações que lutam contra isso criando campanhas de conscientização, muitas vezes apoiadas por livros ou filmes sobre o autismo.

De forma geral, o TEA não tem solução, mas existem muitas formas de maximizar as habilidades da pessoa que sofre com esta condição. Quanto antes elas tiverem início, mais fácil será desenvolvê-las e aprender novos padrões, por isso é recomendado começar desde o momento no qual o autismo é detectado.

Os tratamentos existentes incluem terapias de comportamento, mas às vezes também medicação para paliar os sintomas. Alguns fármacos utilizados são inibidores seletivos da recaptação de serotonina, para tratar a ansiedade, a depressão e o transtorno obsessivo-compulsivo; anticonvulsivos; estimulantes para aqueles que manifestem comportamentos hiperativos ou, para casos mais graves, antipsicóticos. 

A família, junto com o afetado, são as principais vítimas da exclusão social. Situações tão normais como ir fazer compras ou passear podem ser tornar desagradáveis quando os demais julgam. Existem casos em que outras pessoas aconselham não deixar que a pessoa com autismo saia de casa, ou até mesmo brigar com ela “para que aprenda a se comportar”.

A ignorância é a causa deste tipo de recomendações, além da falta de sensibilidade. Por esta razão, os filmes sobre o autismo são grandes aliados da causa. O cinema tem a capacidade de atrair o público, provocar emoções e fazer compreender contextos e situações desconhecidas para cada um de nós.

“É uma falta de respeito reduzir o discurso sobre o autismo a nível de comportamento sem levar em consideração os desafios que a pessoa com autismo enfrenta para estar bem regulada emocionalmente”.
– Ros Blackburn –

Os melhores filmes sobre o autismo

1. Missão especial

Um adolescente Zac Efron dá vida a Stephen, um menino que, assim como seu irmão, tem autismo. A luta de sua mãe para fazê-los seguir em frente é o tema fundamental do filme. Apesar de toda a rejeição que a família sofre por parte de colégios e instituições, os meninos conseguem desenvolver muitas de suas habilidades sociais, chegando a se destacar em algumas delas.

Stephen é um corredor excepcional e seu irmão Douglas um guitarrista fantástico. Ambos, junto com a ajuda de sua mãe, acabam criando a associação “Miracle Run”, especializada na pesquisa para o Transtorno do Espectro Autista.

Cena do filme 'Missão especial'

2. Rain man

Rain Man é um dos filmes sobre o autismo mais conhecidos. Este longa, protagonizado por Tom Cruise e por Dustin Hoffman, lhe valeu um Oscar de melhor ator coadjuvante. O filme narra a história de Charles, um jovem vendedor de carros que, no funeral de seu pai, descobre que tem um irmão mais velho secreto. Este, interpretado por Hoffman, tem autismo e, além disso, herdou grande parte da herança.

Charles decide sequestrá-lo para exigir o resto do dinheiro, mas acaba sentindo um carinho por ele. Mesmo que a princípio se sinta irritado com seus comportamentos, pouco a pouco e através de uma animada viagem de carro pelos Estados Unidos, acaba conhecendo e gostando de seu irmão.

Cena de 'Rain man'

3. Farol das orcas

Baseado em uma história real, assim como outros filmes sobre o autismo, “Farol das Orcas” conta a história de Lola, uma mãe corajosa que viaja 14.000 quilômetros para ajudar seu filho Tristán. Este, que sofre de autismo, sente uma conexão especial com as orcas, o que leva a Lola visitar junto com ele as costas da Patagônia argentina.

Ali conhecem Beto, uma guarda ambiental que a princípio não está muito contente com sua visita. No final, acabará descobrindo que compartilha com Tristán uma sensibilidade muito parecida para se relacionar com estes animais. 

4. Experimentando a vida

Esta inclassificável dramédia trata da vida de Molly, uma mulher com autismo que fica sob tutela de seu neurótico irmão Buck. Os médicos lhe informam que uma operação experimental com células cerebrais saudáveis poderia curar Molly, mas a um alto preço. Este dá o consentimento e a operação de Molly é um sucesso.

Buck começa a levá-la a eventos sociais como o teatro ou partidas de beisebol, enquanto ela começa uma relação com outro ex-autista. O problema ressurge quando, depois de alguns meses, o cérebro de Molly começa a rejeitar as novas células transplantadas.

5. Loucos de amor

Neste caso, o filme fala da Síndrome de Asperger, uma variante do autismo. O protagonista se chama Donald e decide criar um grupo de pessoas com sua mesma condição para buscar apoio. Não demora em conhecer Isabelle, pela qual se apaixona perdidamente.

Ambos iniciam uma relação que não está isenta de complicações. Sua história também está baseada em fatos reais e é bastante curiosa: Jerry, o protagonista real, descobriu que tinha Asperger depois de ver o filme Rain Man.

Cena de 'Loucos de amor'

6. Meu nome é Khan

Rizvan Khan é um menino indiano que sofre de síndrome de Asperger. Tem muitas dificuldades para se relacionar com outros meninos de sua idade, mas um talento para a mecânica extraordinário. Este dom lhe permite levar sua pobre família adiante, graças à recuperação de vários objetos.

Com a morte de seu pai, se muda para os Estados Unidos para viver com seu irmão. A mulher dele, professora de psicologia, irá ajudá-lo a superar os obstáculos, que não serão poucos. Não só sofrerá de rejeição por sua condição, mas também por ser muçulmano. 

7. Um amigo inesperado

“Um amigo inesperado” é um longa-metragem britânico baseado em um livro chamado “A Friend like Henry”. Os filmes sobre o autismo apresentam quase sempre a figura de pais dedicados que não hesitam em sacrificar outros aspectos de sua vida pelo bem de seus filhos. Aqui, os inúmeros esforços de Nicola para ajudar seu filho Kyle lhe causam um estresse terrível, além de começar a gerar problemas em seu casamento. Seu único apoio são seus pais, em especial Pat, sua mãe.

Uma manhã encontram um cachorro e decidem ficar com ele para ver como reage com Kyle. Este o chama de Thomas, e entre o cachorro e o menino prontamente surge uma conexão muito especial. Infelizmente, a morte de Pat causa estragos em Thomas, cujo comportamento, que tinha melhorado notavelmente, começa a mudar.

Cena do filme 'Um amigo inesperado'

8. Tão forte e tão perto

Este drama nos apresenta Oskar Schnell, um menino de nove anos com autismo. A relação com seu pai é muito próxima, já que este sempre o anima e motiva para que interaja com os demais. Juntos fazem brincadeiras e pesquisas, tentando fazer com que Oskar aprenda certas habilidades. Infelizmente, o pai morre durante os atentados de 11 de setembro, deixando o menino sob os cuidados de uma mãe que mergulha em tristeza e depressão.

Um ano depois, ele encontra em um jarro de seu pai uma chave escondida. Esta descoberta, junto com outras pistas, lhe fará rastrear Nova York para encontrar a pessoa que sabe onde o objeto se encaixa. No caminho, conhecerá muitas pessoas que irão ajudá-lo a superar certos obstáculos vitais, como usar o metrô ou cruzar uma ponte. 

Estes filmes sobre o autismo, além de serem benéficos, são fundamentais para entender a situação que os afetados e suas famílias vivem. O ostracismo, o sofrimento e o abandono são temas recorrentes, mas também vemos a capacidade de superação e o otimismoAmbos os lados da moeda são necessários para enfrentar uma condição que, mesmo que não tenha cura, pode ser tratada com a ajuda de especialistas.

Recomendados para você