Os psicólogos são pessoas que traduzem pensamentos e emoções

Os psicólogos são pessoas que traduzem pensamentos e emoções

Maio 30, 2018 em Psicologia 0 Compartilhados
Os psicólogos são pessoas que traduzem pensamentos e emoções

Os psicólogos são responsáveis por estudar o comportamento das pessoas. Eles as ajudam a traduzir os seus pensamentos e emoções e entender os seus problemas. Eles conseguem compreender o significado do que o paciente está tentando transmitir.

Jacques Lacan, psicanalista francês, propôs que o inconsciente é estruturado como uma linguagem. O inconsciente seria aquele lugar onde boa parte dos nossos desejos, medos e emoções estão armazenados. Assim, de acordo com certas correntes filosóficas, os psicólogos seriam responsáveis por fornecer às pessoas que chegam ao seu consultório recursos suficientes para que possam se conscientizar desses aspectos inconscientes.

Não podemos mudar nada sem entendermos a situação”.
-Carl Jung-

Características que ajudam a traduzir pensamentos e emoções

Os psicólogos têm diferentes características que lhes permitem traduzir os pensamentos e emoções dos seus pacientes para uma linguagem que seja de fácil entendimento. Aqui mostraremos algumas dessas qualidades:

  • Empatia: é a capacidade de nos colocarmos no lugar do outro. Quando o psicólogo consegue se colocar no lugar do paciente, compreende de que forma e por que os problemas o afetam.
  • Comunicação: Paul Watzawick, um psicólogo austríaco, diz que a comunicação é a base do relacionamento que temos com os outros. Através dela, o psicólogo é capaz de traduzir o que o paciente pensa e sente.
  • Saber escutar: os psicólogos devem estar atentos ao que os pacientes dizem, para não perder informações importantes. Precisa ter autoconhecimento para separar os problemas dos pacientes em relação aos seus, para introduzir a menor contaminação possível na comunicação.

Apoio emocional na terapia

A linguagem não verbal

Os gestos, as expressões, o tom de voz e as posturas também explicam como nos sentimos. Dessa forma, podemos transmitir informações muito valiosas das quais não estamos conscientes e que, portanto, não introduzimos no nosso discurso.

Além disso, a expressão dos pensamentos e das emoções sofre com as limitações próprias da linguagem. Para decifrá-los, os psicólogos observam os seus pacientes. Por exemplo, a expressão facial que demonstram quando estão falando sobre um determinado problema, a maneira como se sentam ou as mudanças no olhar.

O tom de voz é outro delator. Por exemplo, o tom da voz muda quando se fala sobre determinados assuntos? O paciente faz pausas? Fica em silêncio ou a sua respiração se altera? O volume da voz aumenta ou diminui? Todos os aspectos que listamos são importantes, pois ajudam o psicólogo a traduzir as ideias, as representações da realidade e os sentimentos dos pacientes.

Quais técnicas os psicólogos mais usam?

Abaixo, listaremos as técnicas mais utilizadas pelos psicólogos em uma consulta:

  • Técnicas cognitivas: Aaron Beck, um psiquiatra americano, propôs que existe uma relação entre os pensamentos e os sentimentos de uma pessoa e que eles podem ser reestruturados. O psicólogo os identifica e ajuda a restruturá-los como uma maneira de traduzi-los para uma linguagem relevante para o paciente.
  • O desenho ou a pintura: eles tornam o inconsciente consciente. Dessa forma, o psicoterapeuta ajuda a traduzir as ideias e emoções do paciente. Quando é difícil traduzir as emoções em palavras, elas podem ser demonstradas através do desenho.
  • Através da fala: O terapeuta reconhece os pensamentos e as emoções das pessoas quando estão conversando com elas.

Homem fazendo terapia

  • Através do comportamento: o terapeuta leva em conta como o paciente age durante a terapia e como ele descreve seu comportamento fora dela. Por exemplo, ele se mostra agressivo, desinteressado, animado, muito emocionado?
  • Linguagem não verbal: em muitos casos, os psicólogos ajudam a traduzir pensamentos e emoções porque prestam muita atenção em como nos expressamos de maneira não verbal. Prestam atenção ao conteúdo, mas não se esquecem de levar em conta os gestos, a expressão facial e a postura corporal.
  • Trazendo o inconsciente à luz: a maioria dos psicólogos acredita que o inconsciente se manifesta de diferentes maneiras, como nos sonhos, na arte, nos erros ao falar ou nos esquecimentos. O psicólogo está atento a esse tipo de acontecimento, apontando-o para o paciente/cliente. É ele, em última análise, quem lhes dará sentido.
  • Psicodrama: é uma técnica criada por Jacob Levy Moreno na qual os pacientes representam/encenam o que acontece com eles. Mais tarde, o psicólogo ajuda o paciente a interpretar as representações, entendendo que elas foram capazes de manifestar alguns dos conteúdos do seu inconsciente.

Em muitos casos, os psicólogos atuam como uma espécie de espelho, sinalizando as expressões que foram capturadas no paciente/cliente para que ele as interprete. Por outro lado, podem auxiliar na organização do discurso, deixando que em todos os momentos a iniciativa seja realizada pelo paciente/cliente e atuando como um tipo de suporte, para que o processo não perca a continuidade. É dessa forma que os psicólogos ajudam a traduzir os nossos pensamentos e emoções, para que possamos intervir sobre eles de forma consciente.

Recomendados para você