Pablo Pineda, o primeiro graduado europeu com síndrome de Down

Pablo Pineda sofre de Síndrome de Down, mas essa característica não o impediu de ir para a universidade e de superar os obstáculos que muitas vezes estão associados a essa alteração genética. Ele é o primeiro graduado universitário com Síndrome de Down na Europa.
Pablo Pineda, o primeiro graduado europeu com síndrome de Down

Última atualização: 19 Fevereiro, 2021

Pablo Pineda Ferrer é de Málaga e afirma ser o primeiro graduado europeu com síndrome de Down. Essa doença deve seu nome ao sobrenome do médico britânico John Langdon H. Down. Este cientista foi o primeiro a descrever, em 1866, as características clínicas que um grupo específico de pessoas tinha em comum. No entanto, ele não foi capaz de determinar a sua causa.

Foram necessários mais alguns anos para que o mundo finalmente conhecesse a origem da síndrome de Down. Foi em julho de 1958 que o geneticista francês Jérôme Lejeune descobriu que essa síndrome consistia em uma alteração cromossômica do par 21. Dessa forma, a trissomia do 21 se tornou a primeira alteração cromossômica encontrada no homem.

O estigma da síndrome de Down vive há muito tempo na sociedade. No início, as crianças nascidas com essa alteração ficavam escondidas, separadas. Tudo aquilo que foge do normativo tende a ser confinado.

Felizmente, com o tempo, a sociedade normalizou a vida dessas pessoas, embora seja verdade que muitas vezes elas encontram inúmeras limitações. Para conhecer tudo isso com mais profundidade, nos aproximaremos de uma pessoa que vive isso na própria pele e que, longe de se render, superou inúmeros obstáculos: Pablo Pineda.

O que é a síndrome de Down?

A síndrome de Down, como já apontamos, é uma alteração genética provocada pela presença de um cromossomo extra. As células do corpo humano possuem 46 cromossomos distribuídos em 23 pares. Um desses pares determina o sexo do indivíduo; e os outros 22 são listados com base em seu tamanho decrescente.

Pessoas com síndrome de Down têm três cromossomos no par 21 em vez de dois, que são os normais. Por esse motivo, essa síndrome também é conhecida como trissomia 21. Hoje, é a principal causa de deficiência intelectual, além de ser a alteração genética humana mais comum.

A síndrome de Down ocorre espontaneamente, sem causa aparente e sem ter como preveni-la. Ocorre em todas as etnias, em todos os países, com incidência de aproximadamente uma em cada 700 concepções.

A idade materna é o único aspecto que, até o momento, se mostrou um possível fator de risco, principalmente quando a mãe tem mais de 35 anos. Excepcionalmente, 1% dos casos são provocados por herança genética dos pais.

O que é a síndrome de Down?

A história de Pablo Pineda

Pablo Pineda nasceu em 1974 e é o caçula de quatro irmãos. Seus estudos primários foram bem-sucedidos, apesar de encontrar muitas dificuldades ao longo do caminho.

Ele foi para uma escola pública, algo de que sempre se lembra com carinho, pois ele pensa que, interagindo com pessoas diversas, ocorre o aprendizado mútuo. Este jovem considera os centros de educação especial um produto de outra época, quando as crianças com síndrome de Down eram “algo a esconder”.

Independentemente de outras circunstâncias, o apoio e a ajuda da sua família tem sido o fator mais determinante para definir e determinar o seu futuro. É fundamental destacar a importância do fato de os pais evitarem a superproteção que exercem sobre os filhos. Em sua opinião, devemos permitir que as crianças aprendam com as experiências ruins e estimulá-las continuamente.

Pablo Pineda estudou Docência na universidade e atualmente cursa o bacharelado em psicopedagogia. Por capricho do destino, também trabalhou como ator de cinema, estrelando o filme Yo, tambien (Álvaro Pastor e Antonio Naharro, 2009). Graças a este papel, ganhou o prêmio de melhor ator no prestigioso Festival Internacional de Cinema de San Sebastián.

Pablo Pineda, esclarecendo a Síndrome de Down

Em suas inúmeras apresentações, Pineda fala repetidamente sobre a necessidade de promover a inclusão das pessoas com deficiência nas universidades, pois este é um requisito fundamental para a empregabilidade futura. Ele afirma que “apenas 6% das pessoas com necessidades especiais vão para a universidade, e isso supõe uma barreira diante da contratação por empresas, que precisam de gente com treinamento”.

O acesso ao ensino superior deve ser uma escolha pessoal e não ser determinado pelo nosso nascimento ou qualquer outra causa. Em suas palestras, Pineda enfatiza a consciência social e o acesso à formação para todas as pessoas que desejam estudar, com foco naquelas com diferentes habilidades.

Pablo Pineda esclarecendo a Síndrome de Down

Em 2013, publicou seu primeiro livro, O Desafio de AprenderNele, ele reflete sobre educação, ensino e aprendizagem. Relata também sobre sua própria experiência de deficiência no ambiente educacional. Em 2015 ele publicou um segundo livro, Crianças com Habilidades Especiais: Manual para os Pais. Nele, ele oferece, a partir da sua experiência, ajuda a pais e filhos com diferentes habilidades. Tudo isso partindo da premissa de que eles não são pessoas doentes para serem dignas de pena e superprotegidas.

Segundo Pineda, não existem pessoas com deficiência, mas sim pessoas com “capacidades diferentes”. Por isso, ele acredita que a sociedade deve evoluir e ser mais plural, incentivando a população para que as pessoas que sofrem dessa síndrome não sejam tratadas como crianças. Suas habilidades e independência devem ser promovidas desde a mais tenra idade.

Sua história é uma crônica de superação em que a cada dia ele se levanta querendo continuar lutando e aprendendo. Seu exemplo pode ajudar a quebrar o estigma da síndrome de Down e criar uma sociedade mais justa e igual, na qual todos possam ter as mesmas oportunidades. No fundo, todos temos muito a aprender com Pablo Pineda.

“O otimismo é a fé que orienta as conquistas. Nada pode ser alcançado sem esperança e autoconfiança”.
-Helen Keller-

Pode interessar a você...
A maravilhosa campanha do Dia Internacional da Síndrome de Down
A mente é maravilhosa
Leia em A mente é maravilhosa
A maravilhosa campanha do Dia Internacional da Síndrome de Down

Pessoas com Síndrome de Down. Pessoas com uma condição biológica diferente. Seres autênticos, genuínos, únicos, sem truques.



  • Cunningham, C. (1990). El síndrome de Down: una introducción para padres. Barcelona, Paidós.
  • Flórez, J., Troncoso, M. V., & Sotos, M. D. (1996). Investigación española sobre el síndrome de Down: visión panorámica (pp. 1-12). Barcelona, Masson.
  • Pueschel, S. M. (2002). Síndrome de Down: hacia un futuro mejor: guía para los padres. Barcelona, Elsevier España.