O perfil psicológico de uma pessoa infiel

O perfil psicológico de uma pessoa infiel

setembro 12, 2015 em Psicologia 280 Compartilhados
infiel

A infidelidade é um conceito que se mantêm o mesmo há anos. Algumas pessoas diferenciam infidelidade e deslealdade. Outros acreditam que não existe infidelidade. E você, o que pensa sobre isto?

Hoje vamos ver quais são as características de uma pessoa infiel, mas primeiro temos que esclarecer o que é ser infiel e por que as pessoas chegam a isso.

O que é ser infiel?

Muitas pessoas têm muito claro o que é ser infiel. A infidelidade significa a quebra de confiança entre o casal. Em uma infidelidade mentimos conscientemente, pois sabemos que o nosso comportamento não é correto.

Algumas pessoas diferenciam infidelidade e deslealdade. A diferença parece ser muito clara, mas não é fácil de entender. A infidelidade envolve estar com outras pessoas que não o seu parceiro. Se isso já foi discutido e permitido entre o casal, pode não ser considerado infidelidade. Não há mentiras, ambas as pessoas sabem e se respeitam.

pessoa infiel

Mas o que dizer da deslealdade? Deslealdade significa infidelidade sem o consentimento do seu parceiro, sem que ele saiba do fato. A maioria dos infiéis estão em um relacionamento monogâmico, enquanto seus corpos anseiam por estar com outras pessoas. Apesar disso, ao invés de serem claros com o seus parceiros e manifestarem os seus desejos, preferem esconder as evidências.

Tipos de infiéis desleais

As pessoas podem até perdoar uma infidelidade ou outra, dependendo do que elas consideram ser “infiel”

– Têm relações sexuais com outra pessoa.

– Trocam beijos e carícias.

– Paqueram outra pessoa.

– Trocam mensagens picantes.

O perfil dos infiéis

Ou por sentirem desejo por outras pessoas, por monotonia, ou por falta de paixão no próprio relacionamento, essas pessoas procuram por novas sensações. Elas decidem trapacear sem expressar essa necessidade aos seus parceiros. Mas há um perfil comum que se encaixa em todos os casos. Você quer saber qual é?

  1. Ciúme frequente

É uma contradição, mas isto ocorre. Os infiéis sentem que cometeram um erro e que o comportamento deles não foi correto. Eles mentem para os seus parceiros, e isso produz neles uma espécie de medo de que seu parceiro faça o mesmo.

pessoa infiel

O problema é quando este comportamento se torna um ciúme doentio. Algo que só existe na imaginação dos infiéis pela consciência culpada que os atormenta.

  1. Emoções instáveis

As emoções passam a ser instáveis, muito extremas. O infiel facilmente se torna agressivo, controlador, inventa coisas que não existem. Isso só mostra o conflito mental que o infiel tem em sua cabeça e acaba por expressar emocionalmente.

  1. Necessidade de dependência

O infiel, de repente, passa a depender de que sua parceira lhe diga o quanto ela precisa dele, o quanto ela o ama. Isto cria uma grande dificuldade na relação, causando estranheza. A parceira ou parceiro poderá começar a se sentir oprimido e desconfiado.

  1. Ideias contraditórias sobre o amor

A infidelidade tende a mudar o conceito do que era, até então, estabelecido como amor. A pessoa começa a ter ideias para reviver a paixão sexual com seu parceiro, talvez experimentar coisas novas. Algo inovador que, até então, não tinha acontecido antes.

O infiel começará, provavelmente, a mudar a maneira de ver as relações e começa a considerar a possibilidade de um relacionamento aberto ou de alguma outra forma. Preste atenção a estes sinais!

  1. Apego e busca de companhia

Se a relação é quebrada pela infidelidade, o infiel, fervorosamente, sai à procura de outro parceiro. Há pessoas que precisam ter uma companhia para poderem ser infiéis.

Essas pessoas não procuram relações liberais. As consequências, novamente, serão o ciúme, a traição e o mesmo círculo vicioso de antes. Este tipo de relação não é nada saudável.

  1. Necessidades emocionais

Muitos infiéis usam o sexo para satisfazer suas necessidades emocionais que não são atendidas. É por isso que se refugiam em uma situação onde acreditam que irão resolver essa necessidade, quando, na verdade, isso não acontece. Só aumentam a frustração e o desconforto.

O que você pensa sobre a infidelidade ou deslealdade? Você pode acrescentar algo mais a este artigo sobre infidelidade? Esperamos as suas respostas e as suas opiniões sobre o tema.

Recomendados para você