5 características de uma pessoa passivo-agressiva

Como costuma ser o comportamento de uma pessoa passiva-agressiva? Por que elas podem ser prejudiciais? Esses sinais o ajudarão a identificá-las.
5 características de uma pessoa passivo-agressiva

Última atualização: 21 Novembro, 2021

Existem comportamentos agressivos prototípicos, mas também outros que normalmente não são identificados como tal. A pessoa passivo-agressiva é caracterizada por ser ambígua ou sutil, deixando as demais desconfortáveis ou confusas. Acabamos deixando a situação passar, em muitos casos, porque pensamos que não vale a pena iniciar um conflito.

Neste artigo, você aprenderá a identificar cinco sinais de que está lidando com uma pessoa passivo-agressiva, que tende a usar esse tipo de comportamento. Também falaremos sobre algumas estratégias que podem ajudá-lo a enfrentar a situação.

1. A pessoa passivo-agressiva é ambivalente

Um primeiro sinal de que você está enfrentando uma pessoa passivo-agressiva é a maneira como ela se relaciona com você. Por exemplo, se você notou que alguns dias ele se comporta de maneira mais educada ou respeitosa e outros dias mostra hostilidade e rejeição, sem um motivo aparente, este pode ser um comportamento passivo-agressivo.

Também é possível que essa pessoa tenha expressões indiretas de hostilidade para com você, ou seja, insultos sutis e velados, formas de diminuí-lo apontando seus pontos fracos, como se quisesse fazer uma crítica positiva. Essa tendência também se manifesta quando ele ignora sistematicamente suas opiniões, como se, por virem de você, elas não tivessem valor.

Essa forma de comportamento passivo-agressivo pode nos deixar inseguros quanto às nossas habilidades sociais, porque pode nos fazer questionar constantemente se fizemos algo errado ou se o outro realmente tem motivos para estar com raiva de nós.

Casal conversando seriamente

2. Tem problemas de comunicação

Na mesma linha, a pessoa passivo-agressiva tende a ter problemas de comunicação nos diferentes ambientes em que vive.

Ela pode enviar mensagens confusas, fazer declarações e depois negá-las, anunciar que vai se comportar de uma maneira e depois agir de outra, acusar os outros de mentir, etc. De qualquer forma, a comunicação com essas pessoas acaba consumindo toda a nossa energia.

Essa dificuldade de comunicação significa que, muitas vezes, não podemos contar com as pessoas que se comportam dessa maneira. Elas podem obter o ganho secundário de receber menos responsabilidades do que outros. Isso, por sua vez, faz com que surjam outros traços associados à agressividade passiva.

3. Afirma se sentir menosprezada e desvalorizada

Há uma tendência de pessoas passivo-agressivas fazerem reclamações constantes sobre se sentirem desprezadas ou usadas pelos demais. Afirmam se sentir subestimadas, pouco valorizadas e pouco reconhecidas por seus talentos e habilidades.

Esses comportamentos de vitimização tornam-se uma forma de manipulação emocional para obter vantagem ou benefício em um relacionamento. Consequentemente, as pessoas expostas a essas recriminações tendem a se sentir culpadas e desejam compensar os sentimentos de incompreensão e rejeição que aparentemente geraram.

4. A pessoa passivo-agressiva evita as suas responsabilidades

Outro sinal característico é o hábito de não assumir responsabilidades e compromissos. Esse traço tem nuances. Por exemplo, ele pode se tornar visível com ineficiência e descuido, recebendo menos tarefas enviadas a ele no futuro. Também pode surgir no fato de culpar terceiros ou eventos externos por uma falha.

Somado a isso, como já apontamos antes, essas pessoas costumam ter uma fala e agir de forma bem diferente. De qualquer forma, uma pessoa passivo-agressiva tenderá a se desculpar repetidamente, procrastinar ou exibir sentimentos de sobrecarga e injustiça.

Mulher falando com o namorado

5. Tendência a estar de mau humor

Por último, o mau humor é outra característica que nos ajuda a identificar pessoas passivo-agressivas. Assim, isso pode se manifestar, de forma generalizada, naqueles em que predominam a tristeza e a raiva sem motivo aparente. Em ambos os casos, seu comportamento pode gerar respostas negativas no ambiente, dificultando o trabalho em equipe.

Da mesma forma, a exibição desses estados de espírito pode se alimentar de seus sentimentos de mal-entendido e de sua tendência de culpar os outros. Ou seja, podem surgir expressões de tristeza diante das injustiças das quais acreditam ser vítimas, enquanto a raiva é assumida como uma resposta esperada aos maus-tratos que, segundo eles, recebem.

Se neste momento você está tendo que lidar com uma pessoa passivo-agressiva, lembre-se de que, muitas vezes, tentar desmascará-la diretamente não funciona. Levando em consideração que o propósito das respostas passivo-agressivas geralmente é nos afetar, talvez o mais eficaz seja ignorar esses comportamentos.

Pode interessar a você...
Amigos passivo-agressivos, quando a confiança machuca
A mente é maravilhosa
Leia em A mente é maravilhosa
Amigos passivo-agressivos, quando a confiança machuca

Saiba mais sobre os amigos passivo-agressivos, pessoas que usam nossa confiança para ter comportamentos chantagistas, vitimistas e claramente preju...



  • Hopwood, C. & Wright, A. (2012) A Comparison of Passive–Aggressive and Negativistic Personality Disorders, Journal of Personality Assessment, 94:3, 296-303, DOI: 10.1080/00223891.2012.655819
  • Rodríguez Sanz, J., Álvarez-Ude Cotera, F., & Gimeno Vicent, E. (2016). La asertividad. FMC – Formación Médica Continuada En Atención Primaria, 23(6), 352–357. https://doi.org/https://doi.org/10.1016/j.fmc.2015.11.009