Podemos amar duas pessoas ao mesmo tempo?

Podemos amar duas pessoas ao mesmo tempo?

12, julho 2015 em Emoções 6 Compartilhados
amar duas pessoas

Você já viu esse filme? Trata-se de Vicky Cristina Barcelona, um longa dirigido por Woody Allen que conta as aventuras amorosas de duas amigas, que ao chegarem a Barcelona, conhecem um artista boêmio e romântico chamado Juan Antonio. A partir desse momento, veem-se imersas em um triângulo amoroso, do qual será muito difícil sair.

O tema central desse filme criou todo tipo de controvérsias e opiniões muito diferentes.. Realmente é possível amar duas pessoas ao mesmo tempo? Os clichês e as tradições dessa sociedade na qual vivemos afirmam justamente o contrário. É preciso buscar um companheiro/a com quem simpatizamos, possamos casar, ter filhos e estarmos juntos “até que a morte nos separe”, como bem diz o sacramento matrimonial.

Entretanto, em virtude de vivermos em um mundo cada vez mais livre de todos os tipos de tabus e estereótipos surgem, cada vez mais, casais que não têm absolutamente nenhum problema em admitir que possuem relações esporádicas com outras pessoas além de seu companheiro/a. E mais, muitas delas foram capazes de amar duas pessoas ao mesmo tempo, tendo sempre a aprovação da outra parte.

Isso significa que todos nós somos capazes de suportar essa situação? Nada mais longe da realidade. Como é normal, muitos de nós entendem que os casais são uma coisa entre duas pessoas e não aceitamos que terceiros possam amar ou serem amados por nosso namorado, marido, esposa, etc..

Atração e só

Imaginem por um instante que você já está há dez anos com seu companheiro e sentem que ambos se amam muito, mas talvez não tanto quanto no primeiro dia. O tempo continua passando e a relação cai numa rotina cada vez mais tediosa. Tudo isso se acentua mais quando, de repente, uma pessoas que nos “atrai” cruza o nosso caminho.

Ressalto as aspas porque não estou dizendo que nos apaixonamos, mas que simplesmente sentimos uma atração física realmente intensa.

Diante disso, diz-se que é algo completamente normal. No final, somos todas pessoas, que sentem e têm instintos sexuais à flor da pele e por isso não é de estranhar que nos sintamos atraídos por outras pessoas. Entretanto, não se deve confundir essa simples atração com paixão.

Eu realmente o amo?

Apesar dessa atração inicial entre tais pessoas, muitas começam a se conhecer mais ainda e se dão conta de que simpatizam e que, de verdade, foram feitos um para o outro (mesmo se estiverem comprometidos). Não vou julgar quem faça isso. De fato, os casais costumam terminar quase sempre porque aparecem terceiras pessoas que, sem querer, fazem com que o outro reformule a relação com o seu companheiro de sempre.

Isso é algo muito normal. O amor não é para a vida toda, dependendo da pessoa com a qual nos encontramos. Você só precisa viver o presente e, quando acreditamos que a relação não tem futuro (algo que deverá ser muito bem analisado), é preciso ter dignidade suficiente para enfrentar a situação e dizer para nosso companheiro/a que não queremos mais estar com ele/ela.

Pela nossa própria felicidade, e também pela pessoa que tamos amamos durante tempos. Dessa forma, poderemos ser felizes (ou não) em nossa nova caminhada amorosa.

E vocês? Acham que é possível nos apaixonarmos por duas pessoas ao mesmo tempo?

Recomendados para você