Por que sonhamos com um ex-parceiro? - A Mente é Maravilhosa

Por que sonhamos com um ex-parceiro?

29, abril 2017 em Psicologia 1228 Compartilhados
Por que sonhamos com um ex-parceiro

Você sonha constantemente com o seu ex-parceiro? Você acredita que ainda o ama, que sente algo por essa pessoa? Pode ser que sim, mas não se preocupe, porque existem muitas outras razões para isso.

Calderon de la Barca disse há séculos que “a vida é um sonho, e os sonhos são apenas sonhos”. A vida e o sonho estão entrelaçados e são tão inseparáveis ​​que um não pode existir sem o outro. Assim, nesta confusão entre sonho e realidade, o seu ex-parceiro pode desempenhar um papel importante.

Sonhar com um seu ex-parceiro pode não ser tão dramático como você imagina

Às vezes pensamos que sonhar com um ex-parceiro significa que ainda não superamos a separação. No entanto, esta não é a única explicação. Na verdade, existem muitas razões para sonharmos com um ex-parceiro, não sofra por isso.

Geralmente os sonhos representam aspectos da nossa vida que permanecem no nosso subconsciente e que não somos capazes de resolver durante o dia. No entanto, isso não significa que o problema seja um relacionamento não superado com um ou uma ex.

Isso quer dizer que, apesar dessa pessoa aparecer no seu sonho, não significa que você ainda sente algo por ela, que os sentimentos continuam os mesmos do passado.

Na verdade, por mais que os sonhos sejam representações do nosso subconsciente, não podemos fazer uma interpretação literal ou direta deles. Eles são simbólicos, não são um reflexo fiel da nossa realidade interior.

“Em teoria, sonhar é viver, mas viver sonhando é não existir”.
 – Jean Paul Sartre –

Interpretar os sonhos com os ex-parceiros

O psicólogo Marc Rodríguez acredita que o fato de beijar um ex-parceiro em um sonho não implica amor ou sentimentos por essa pessoa.

No entanto, pode ser uma representação da necessidade de amar ou ser amado. Por quê? Porque essa pessoa é uma referência pelo que já significou nas nossas vidas. E, portanto, é evocada durante o sono como um fato vivido, pois se não houvesse um passado, não poderia ser uma referência.

Neste sentido, pense que não haveria preocupação com esses sonhos se deles participassem pessoas que nunca foram importantes para nós. No entanto, pode ser um aviso de que algo está errado. Por exemplo, pode ser um indicador de que temos um relacionamento com outra pessoa e esta relação não atende às nossas expectativas.

No caso da solteirice, por exemplo, o sonho com um relacionamento passado também poderia representar insatisfação. São sonhos que, embora muitas vezes possam ser associados a sentimentos positivos como o amor, contêm uma dose de melancolia.

É possível que o nosso subconsciente esteja nos mostrando com cada uma dessas representações oníricas que sofremos de carência afetiva. Neste sentido, o psicólogo Marc Rodríguez recomenda que cada pessoa cultive a autoestima, e se cerque de pessoas que a amam e a respeitam.

Feche as suas contas pendentes

Um detalhe que parece óbvio: se estes tipos de sonhos forem repetitivos, nos obrigam a agir. Pode ser que eles ocorram por carência afetiva ou por problemas atuais, ou ainda porque temos questões não resolvidas com o ex-parceiro.

Talvez o relacionamento tenha terminado mal e a solução encontrada não tenha sido a mais adequada. Na verdade, esses sonhos podem se manifestar como pesadelos leves. Nestes casos, pode significar que ainda há problemas para resolver para poder fechar as feridas e enterrar velhos fantasmas.

Outra variável que normalmente contribui para que existam estes tipos de sonhos é a insegurança. Quando iniciamos novos relacionamentos é normal que lembremos do passado e cheguemos até mesmo a fazer comparações com outros relacionamentos anteriores. Portanto, as recordações podem surgir na forma de sonhos.

Nestes casos, os sonhos podem ser tristes, o que demonstra insegurança, transmitida pelo subconsciente durante as suas horas de sono. Na verdade, poderia até ser interpretado como “uma chamada de atenção” que damos em nós mesmos de forma inconsciente, para evitarmos os erros do passado.

“Vale mais sonhar a própria vida do que vivê-la, mesmo que vivê-la também seja sonhar”.
 – Marcel Proust –

Como você pode observar, sonhar com um ex-parceiro não indica necessariamente que continuamos apaixonados por ele, porque nosso subconsciente usa rostos familiares para expressar os sentimentos internos. Então, isso não significa que existem cinzas onde antes havia fogo, são simplesmente reflexos do passado que podem ensiná-lo a refletir sobre o seu presente para fazer tudo melhor.

Por outro lado, não é algo negativo, mesmo que ocorra uma ou várias vezes, se formos capazes de compreender a situação que o sonho tenta nos mostrar. Em qualquer situação, nunca se esqueça de que os sonhos são representações simbólicas e têm mais a ver com a sua situação do que com as pessoas que aparecem nele.

Recomendados para você