Os programas de autoajuda para cessação do tabagismo são eficazes?

A autoajuda pode ser uma opção valiosa para pessoas que desejam parar de fumar. Você quer saber quais são os protocolos mais eficazes?
Os programas de autoajuda para cessação do tabagismo são eficazes?

Última atualização: 30 Setembro, 2021

Hoje, o tabagismo é a primeira causa de morte que podemos erradicar completamente. Os danos que esse hábito nocivo causa à saúde são amplamente conhecidos. No entanto, apesar de existirem procedimentos comprovados para eliminar este hábito, a porcentagem de fumantes que se beneficiam deles é pequena. Por esse motivo, os programas de autoajuda para cessação do tabagismo são considerados uma alternativa interessante.

Esses tipos de procedimentos autoadministrados estão disponíveis para tratar vários aspectos da saúde e do desenvolvimento pessoal. Porém, devido à falta de rigor de muitos deles, a autoajuda passou a ser considerada ineficaz.

A realidade é que, quando ela se baseia em programas clínicos validados empiricamente, pode alcançar resultados muito positivos. Este é o caso dos que se dedicam ao tabagismo.

O que são os programas de autoajuda para parar de fumar?

A autoajuda para parar de fumar consiste basicamente em protocolos autoadministrados baseados em programas clínicos comprovados. Ou seja, são a adaptação de tratamentos e técnicas que vêm sendo utilizados com sucesso nas terapias intensivas convencionais. No entanto, neste caso, eles podem ser aplicados pelo próprio paciente em si mesmo.

Abandonar o cigarro

Quais são as vantagens?

Os programas de autoajuda para cessação do tabagismo surgiram da necessidade de atingir um segmento mais amplo da população fumante. Os recursos clínicos não são capazes de abranger todas as pessoas que mantêm esse hábito. Por isso, a autoajuda permite chegar mais facilmente a um maior número de pessoas e a um custo muito menor.

Além disso, muitas pessoas que desejam parar de fumar preferem evitar o contato pessoal com um terapeuta. Dessa forma, esse tipo de programa permite que cada indivíduo siga seu próprio ritmo, sem ter que se deslocar ou se encontrar cara a cara com o profissional.

Quais são as desvantagens?

Essa alternativa também tem várias desvantagens. Antes de mais nada, é necessário que a pessoa tenha uma grande motivação para atingir o objetivo. Isso ocorre porque você basicamente se tornará seu próprio terapeuta, enfrentando o processo sozinho.

Por outro lado, por se tratarem de protocolos gerais, nem todos os indivíduos se sentirão igualmente identificados com eles. Não há grau de personalização ou tratamento intensivo, algo que pode reduzir a motivação de muitas pessoas para continuar.

Tipos de programas de autoajuda para cessação do tabagismo

Existem diferentes alternativas incluídas no âmbito da autoajuda para parar de fumar. O elemento comum consiste em materiais escritos que orientam a pessoa por meio de uma série de técnicas e exercícios para ajudá-la a quebrar esse hábito.

Esses manuais geralmente contêm o “passo a passo” que o indivíduo deve seguir para atingir o objetivo. No entanto, existem algumas variações:

  • Alguns programas consistem apenas na autoaplicação do manual, sem manter nenhum contato com o terapeuta. Por outro lado, existem alternativas em que o profissional entra em contato com o paciente por telefone. Isso pode acontecer apenas no início ou durante o processo de aplicação.
  • Em alguns casos, além do manual passo a passo, é incluída uma bibliografia dedicada a informar o paciente sobre o tabagismo e aumentar sua motivação para parar. Da mesma forma, são fornecidos materiais para prevenir recaídas.
  • Existem várias tentativas de personalizar de alguma forma a terapia autoadministrada para torná-la mais eficaz para o paciente individual. Assim, podemos encontrar diversos programas dirigidos a pessoas de diferentes gêneros, culturas ou que estão em diferentes momentos do processo de mudança.
Parar de fumar

Os programas de autoajuda para cessação do tabagismo são eficazes?

Apesar da má fama que a autoajuda tem em algumas áreas, em relação ao tabagismo, ela tem se mostrado muito eficaz. Generalizar os protocolos para que possam ser autoadministrados economiza dinheiro, tempo e custos de pessoal. Assim, muito mais pessoas podem se beneficiar desses programas.

São alternativas simples, acessíveis e comprovadas. Porém, para serem realmente eficazes, é necessário que o paciente esteja motivado e que o programa seja individualizado de alguma forma. Aqueles protocolos nos quais contatos telefônicos específicos são mantidos com o terapeuta alcançam maiores taxas de sucesso. Em geral, são uma alternativa terapêutica muito útil.

Pode interessar a você...
Preparação psicológica para parar de fumar
A mente é maravilhosa
Leia em A mente é maravilhosa
Preparação psicológica para parar de fumar

Se algupem quer parar de fumar, além de aplicar técnicas adequadas para superar o vício físico, também é importante fazer uma preparação psicológic...



  • Míguez, M. D. C. (2004). Los procedimientos de autoayuda para dejar de fumar. MONOGRAFÍA TABACO16(suplemento 2), 339.
  • Becoña, E., & Míguez, M. C. (2006). Dejar de fumar desde casa:” el programa 2001 para dejar de fumar”. Psicooncología3(2/3), 319.