Quando procurar um psicólogo

· fevereiro 19, 2015

O preconceito ainda é um empecilho para a busca de auxílio especializado. Apesar de vivermos em uma sociedade mais aberta, ainda há quem pense que alguém que procura um psicólogo está louco ou tem algum problema mental. Ao contrário da crença popular, ninguém precisa ser louco para fazer terapia, nem ir ao psicólogo sempre que tivermos um problema para resolver. A ajuda psicológica deve ser buscada quando precisamos de orientação para superar momentos difíceis e seguir em frente. A psicologia pode realmente ajudar as pessoas a viverem melhor, pois seu objetivo maior é o autoconhecimento.

Ideias e sentimentos negativos

Os sentimentos negativos estão presentes na vida de todos os seres humanos. Solidão, tristeza, ideias fatalistas em relação ao futuro, medos, baixa autoestima, etc, afetam nosso cotidiano. Quando não acreditamos em nós mesmos, duvidamos do nosso valor, não consideramos que haja algo de bom em nós mesmos, comprometemos todas as áreas da nossa vida.

Abuso de substâncias

Um psicólogo pode ajudá-lo em situações como o uso excessivo de drogas, álcool, tabaco ou qualquer substância que afete nosso corpo,além de problemas com a comida ou sexo. Nesses casos, a consulta com o psicólogo pode complementar o tratamento de outros médicos e especialistas.

Eventos e perdas traumáticas

A perda de um ente querido pode causar sérios conflitos emocionais. Quando percebemos que não conseguimos superar essa perda, um psicólogo pode nos ajudar a encontrar o equilíbrio emocional e seguir em frente. Existem psicólogos especializados em tratamentos relacionados a perdas e ao luto, mas mesmo um psicólogo clínico pode ser de grande ajuda.

Mudanças de atitude

Todos nós vivemos em constante mudança. Isso faz parte da nossa evolução como pessoas. No entanto, algumas alterações como isolamento injustificado, comportamentos problemáticos, mudanças de humor constantes, podem indicar a necessidade de ajuda profissional.

O psicólogo e a consulta psicológica como ferramentas

Devemos ver o psicólogo como uma ferramenta para um tratamento que nos ajudará a encontrar o equilíbrio de que precisamos. Em alguns casos, esse é o primeiro passo para a identificação de problemas mais graves, que devem ser tratados por outros especialistas.

Todos nós temos nossas angústias e problemas. Olhar para eles pode ser um passo importante para nosso crescimento pessoal. Procurar um psicólogo deve ser uma forma de melhorar a nossa vida e não uma razão para nos sentirmos estigmatizados ou uma maneira de deixar nossos problemas para os outros resolverem. Trata-se de um trabalho conjunto entre o psicólogo e o paciente.