Quando você menos espera, coisas boas acontecem

Muitas vezes acreditamos que mudaremos magicamente nossa sorte ou sairemos de um mau momento. Isto é incorreto. Entretanto, ao implementar estas pequenas mudanças, você pode atrair coisas boas para sua vida. Tudo vai mudar para melhor se você fizer o seguinte.
Quando você menos espera, coisas boas acontecem

Última atualização: 06 junho, 2022

De repente, e sem que você saiba muito bem como, todo o universo parece girar seus dedos artesãos para lhe trazer coisas boas, o que você esperava, o que você sem dúvida merece.

Alguns chamam de sorte, outros de desígnios do destino, alguns falam da lei da atração, mas na realidade… Quem pode negar que seu esforço, dedicação e força de vontade teceram sua própria corda para que, no final, você encontrasse o que esperava?

As coisas boas vêm para aqueles que sabem esperar e para aqueles que finalmente desfrutam daquela sorte que se encarregaram de forjar dia após dia. É o destino, é a oportunidade e a força interior de si mesmo combinadas para nos trazer as coisas maravilhosas que dão vida aos nossos corações.

Se você é uma pessoa que tende a ver com muito ceticismo que “as coisas boas acontecem inesperadamente se se sabe esperar”, vale a pena refletir conosco sobre esses aspectos simples. Magia, sorte, providência e as coisas bonitas da vida estão ao nosso redor. Basta saber como encontrá-las, saber percorrer o caminho com a mente aberta e o coração disposto.

A sorte e a chegada de coisas boas se devem a um aspecto: acreditar em si mesmo

mulher andando no cais

Simples assim: as coisas boas e a âncora da sorte só chegam ao porto de quem é capaz de acreditar em si mesmo para fazer com que certas situações aconteçam.

Para que o que tanto ansiamos finalmente entre em nossas vidas, não é preciso apenas um desejo. Devemos pensar nisso: o pensamento infunde emoção e força de vontade, onde a confiança em si mesmo e nas próprias possibilidades atuam como autênticas chaves de mudança.

Como você pode imaginar, há muito pouca mágica nesses conceitos. Não é uma ideia forçada de manuais de autoajuda para vender um slogan vazio.

A crença em si mesmo move montanhas e é nossa autêntica força vital. Você a tem? Convidamos você a colocar em prática essas dicas simples para permitir que coisas boas entrem em sua vida com a sutileza de quem finalmente vê o amanhecer em sua vida.

Saia da sua rotina, promova pequenas mudanças diárias

Nós sabemos. Sabemos que você passa muitas horas fora de casa cumprindo um horário de trabalho, e que os dias exigem mais obrigações do que prazeres. Você se preocupa com seus entes queridos e sabe que todo esforço é necessário.

  • Podemos continuar a cumprir os nossos horários, mas abordamos essa obrigação de outra forma.
  • Permita-se algo todos os dias, por menor que seja: tome um café em um lugar novo, compre um pequeno presente para seus entes queridos quando sair do trabalho, vá para casa por outro caminho.
  • Qualquer mudança na rotina é um estímulo em nosso cérebro. Um estímulo é um reforço positivo, e o reforço positivo traz excitação. Isso já é uma mudança, é outra forma de encarar o dia a dia.

Acenda sua ilusão diariamente e não deixe ninguém apagar ela, coisas boas virão

coisas boas

Quem para de sonhar morre um pouco a cada vez, então feche os olhos e abra a mente. Permita-se sonhar com o que deseja, liberte-se um pouco a cada dia, sinta-se livre mesmo que seja em seus pensamentos.

  • Cada ilusão aciona um motor dentro de nós, até que, aos poucos, “criamos asas”. Toda ilusão se transformará em propósito e o propósito em vontade.
  • Agora, nunca se esqueça que ao seu redor, haverá algum especialista em consumir sonhos e vontades. São pessoas que nos enchem de nuvens com as suas palavras habituais de “aquela coisa não é para você”, “as tuas obrigações são outras”, “isso é um disparate e uma forma de perder tempo”… Não permita isso, não os escute.

Quem pode mudar seus pensamentos pode mudar seu destino

Às vezes, coisas boas podem vir de um ato puramente casual; tudo é possível. No entanto, sempre haverá maiores chances de que coisas boas aconteçam se fizermos a nossa parte, se incentivarmos que isso aconteça sendo autênticos arquitetos desses sonhos.

Se você conseguir mudar o foco de seus pensamentos, principalmente os limitantes e negativos, você dará lugar àquele destino que tanto deseja. E se o destino te levar a uma encruzilhada… Respire, você é quem deve decidir em qual direção sua vida deve seguir

Estamos cientes de que não é fácil mudar o foco de nossos pensamentos:

  • Os pensamentos são moldados por nossas experiências anteriores, por memórias passadas, por aprendizados decorrentes de fracassos que não queremos repetir.
  • Muitos de nossos pensamentos são limitados pela indecisão, às vezes por crenças limitantes que nos foram incutidas ou transmitidas por outros.
  • Achamos que as mudanças não são boas, que só trazem coisas perigosas e que é melhor “continuar onde estamos”.
Mulher feliz olhando para baixo

Todos esses são exemplos de pensamentos limitantes que exigem reestruturação cognitiva. E como fazemos? Como variamos essas abordagens que habitam nossas mentes?

Pense que você merece. Pense que chegou a hora de se dar prioridade, de ser o protagonista da sua vida, não um simples ator secundário. Sonhe, se anime todos os dias e faça pequenas mudanças. Ou grandes mudanças. As coisas boas acontecem para quem sabe esperar. Não duvide.

Pode interessar a você...
Gerenciar ou deter os pensamentos: um desafio
A mente é maravilhosa
Leia em A mente é maravilhosa
Gerenciar ou deter os pensamentos: um desafio

Não é possível deter os pensamentos de uma maneira simples. No entanto, podemos assumir algum controle sobre eles quando deixamos de ser seus juíze...



  • Cuadra, H., & Florenzano, R. (2003). El bienestar subjetivo: hacia una psicología positiva. Revista de Psicología12(1), ág-83.
  • Vera Poseck, B. (2006). Psicología positiva: una nueva forma de entender la psicología. Papeles del psicólogo27(1).
  • Vera Poseck, B., Carbelo Baquero, B., & Vecina Jiménez, M. L. (2006). La experiencia traumática desde la psicología positiva: resiliencia y crecimiento postraumático. Papeles del psicólogo27(1).