Quem tem um cão na sua vida tem um tesouro

Quem tem um cão na sua vida tem um tesouro

19, junho 2016 em Emoções 28648 Compartilhados
Quem tem um cão na sua vida tem um tesouro

Quem tem um cão na sua vida tem uma fortuna. Esta é uma afirmação que não surpreende muitas pessoas, especialmente aqueles que tiveram a companhia de um anjo de quatro patas e se mergulharam na magia que estes seres maravilhosos possuem.

Recebemos um carinho intenso e único deles. Eles se transformam na nossa família, em crianças eternas de tremenda sabedoria e imensa inteligência emocional, pois acabam sendo os melhores conhecedores de nossos costumes, sentimentos e pensamentos. Os melhores conhecedores e os maiores merecedores dos nossos sorrisos.

Com apenas um olhar eles decifram o nosso estado emocional, nos acompanham, nos divertem e nos fazem sentir especiais, únicos e imprescindíveis. Assim, com suas leis próprias de propriedade (tem direito a tudo) e seus lindos olhos suplicantes, conseguem de nós até o que juramos que jamais permitiríamos (por exemplo, dormir nas nossas camas).

casal-dormindo-com-cao

As regras do cão para com seu humano

Existem certas regras que, quando você convive com um cão, são inquestionáveis. Nossos animais nos educam, domesticam ou adestram, como você preferir dizer. Eles definem os princípios da convivência e o “conflito” pelos próprios direitos acaba se transformando em uma briga divertida.

Assim, não podemos evitar sorrir quando os identificamos com suas surpreendentes normas de ditadores da casa. Vejamos:

Regra nº 1: Você deve me deixar experimentar cada coisa que comer.

Regra nº 2: Não me chame e me tranque no banheiro sob nenhuma hipótese.

Regra nº 3: Você não fará mais as suas necessidades no banheiro sozinho.

Regra nº 4: Não me diga para me calar quando eu latir; tenho os meus motivos. Alguma coisa está acontecendo ali fora!!

Regra nº 5: Dormirei em qualquer lugar da casa, preferencialmente onde eu mais incomodar.

Regra nº 6: Você não pode entrar em casa com o cheiro de outros cães e achar que isso não terá suas conseqüências.

Regra nº 7: Me deixe sair cada vez que eu pedir, inclusive se acabei de entrar. É preciso me assegurar de que cheirei tudo corretamente.

Regra nº 8: Você tem permissão para dormir na cama, mas você não precisa me mexer, o melhor é você ficar num canto e não me incomodar.

Regra nº 9: Se cair no chão é MEU!!! Vou encarar você se entrar na minha frente e não me deixar pegá-lo.

Regra nº 10: Não pense em deixar um recinto sem mim.

menina-com-seu-cao

A riqueza emocional de compartilhar a vida com um animal

Seja cão, gato ou coelho, compartilhar as nossas vidas com um animal é uma benção pois nos ensina a respeitar, amar e estruturar a vida de outra forma. Existem muitas pessoas que pensam que ter um animal limita, pois, por exemplo, você não pode ir a qualquer lugar com eles de férias ou você tem que considerar muitas outras das suas necessidades.

Mas quem tem um cão ou qualquer outro animal sente como se este fosse parte da família e os sentimentos compensam todos esses “pequenos inconvenientes”. É verdade que se não compartilhássemos a vida com eles, as nossas carteiras estariam mais cheias, mas nossos corações estariam mais vazios.

O que acrescentam emocional e fisicamente implica uma riqueza enorme que não pode ser compensada nem por todo o dinheiro do mundo. Portanto, saber o que é ter um animal, compreender como são queridos e completar as nossas famílias com a sua presença é uma oportunidade que todos deveríamos ter nas nossas vidas.

menino-com-seu-cao

Agora, sempre com consciência e respeito, sabendo como sabem os amantes dos animais que cuidar e amar um deles é uma responsabilidade que não se pode deixar de cumprir e que nos oferece a possibilidade de adquirir um grande conhecimento em diversas áreas da vida.

Porque acima de tudo, a nossa maior riqueza quando desfrutamos da sua companhia é a emocional, a qual é incomparável e nos faz imensamente felizes. Essa é a nossa maior fortuna.
Compartilhar

menina-com-seu-cao

Recomendados para você