Quem tem magia não precisa de truques

Quem tem magia não precisa de truques

julho 15, 2016 em Emoções 0 Compartilhados
Quem tem magia não precisa de truques

John Lennon tinha magia em tudo que fazia, Salvador Dalí não precisava de um truque sequer para pintar o que lhe agradava, e Charles Chaplin não precisava nem falar para conquistar meio mundo.

Não quero dizer que somos todos como esses talentos que a história nos deu, mas me refiro ao fato de que a melhor maneira de fazer com que os outros nos conheçam de verdade é saber quem somos e mostrar-nos assim: sem filtros, sem máscaras, sem superficialidade, porque quem tem magia não precisa de truques.

Seja natural, nem imperfeito nem perfeito

Outro dia estava lendo uma publicação nas redes sociais de Michelle Jenner sobre a suposta perfeição que é exigida de nós e que, muitas vezes, inconscientemente também nos exigimos. Nos depilamos, demoramos horas para nos vestir, nos maquiamos, e nos olhamos cem vezes no espelho: procurando o que no fundo não somos.

mulher-com-flores

Depois saímos para a rua e pensamos que o que os outros veem em nós é o importante, e assim nos esforçamos para “estar à altura”. Contudo, não somos imperfeitos nem perfeitos: nossa essência é o que nos une aos outros, a causa das cumplicidades e das diferenças entre uns e outros.

Por esta razão a naturalidade e a honestidade são os comportamentos que mais nos permitirão desfrutar o que vivemos e que nos ajudarão a ter relacionamentos mais duradouros e profundos: afinal, os defeitos são logo desmascarados, de modo que é melhor amá-los logo de cara.

Ela é louca, mas é mágica

Com certeza você já ouviu esta frase e o que você não sabia é quem disse isto foi outro gênio, Bukowski. Não existe mentira no seu fogo, adicionava. O que queria transmitir é o que acabamos de explicar: as pessoas que se entregam aos outros sem pensar no jeito como o fazem são verdadeiras e nos agradam.

A “louca” de Bukowski é aquela que se entrega de forma fiel e sem distorções de nenhum tipo. É aquela que entende que os resultados mais reais da sua vida surgirão na simplicidade de quem sabe o que sente e como quer sentir.

Neste sentido, por que gostamos tanto da espontaneidade das crianças? Porque eles são capazes de colocar o coração e a alma em tudo o que fazem, normalmente constroem suas amizades sem preconceitos, são inocentes e se surpreendem muito mais que os adultos. Além disso, não têm medo do ridículo e, principalmente, são sinceros.

Há quem chegue a transmitir sua magia mesmo sem saber

Quando Vanessa Martín mencionou isto em um show seu, me lembrei daqueles amigos que dão tudo para que cresçamos como pessoas e nunca fiquemos paralisados. Neste momento me vieram à mente todas aquelas situações em que os outros nos salvam sem serem conscientes da importância do que estão fazendo por nós.

magica3

A simplicidade e a magia de quem dá o que tem sem procurar nada em troca é o que realmente vale a pena ter ao lado, mais do que as falsas aparências que são sinônimo de fracasso: todos já descobrimos alguma vez alguma coisa de alguém importante que nos surpreendeu terrivelmente.

Por todos esses motivos, é enriquecedor rodear-se daqueles que sabem que podem ser magia e o são, dos que não precisam de truques para se mostrar de cara lavada aos outros. Por isso, não é a toa que dizem que o melhor dos relacionamentos desinteressados e recíprocos é desconhecer quem tem a sorte de conhecer a quem, e isso só pode acontecer se houver sinceridade.

“Eu via você

fazer as coisas simples

que você faz

para que o mundo

caísse em si;

e não sabia

a quem

agradecer.”

-Karmelo Iribarren-

Recomendados para você