Realista ou pessimista: descubra que tipo de pessoa você é

Realista ou pessimista: descubra que tipo de pessoa você é

Janeiro 22, 2018 em Psicologia 313 Compartilhados
Realista ou pessimista?

Alguma vez já lhe disseram que você era pessimista? A resposta para essa pergunta é sim, mas você não concorda e tem seus argumentos contrários? Então esse artigo pode ser para você! Muitas vezes confundimos realismo com pessimismo, mas essas duas características da personalidade são, na verdade, muito diferentes, ainda que deem lugar a tantos mal-entendidos. Então, que tipo de pessoa você é: realista ou pessimista?

Antes de mais nada, é importante que saiba que a tendência a ver a parte negativa das situações é normal no ser humano. Isso tem uma razão evolutiva e adaptativa: proteger-nos daquilo que pode potencialmente nos fazer mal. Dito de outro modo, para nosso sistema psicológico de proteção é mais interessante saber o que pode nos fazer mal e o que pode nos prejudicar do que identificar aspectos positivos que podem nos beneficiar. Quando uma pessoa vê apenas a parte negativa de tudo, no entanto, se converte em um pessimista. A função adaptativa de detectar o negativo se torna um problema, uma âncora que afunda o estado de ânimo.

Agora, não podemos deixar de falar que existe um meio termo entre ser pessimista e ser otimista – ver tudo cor de rosa. Esse meio termo é justamente o realismo. Para ajudar a entender as diferentes entre realismo e pessimismo explicaremos os dois conceitos a seguir. Veja se consegue descobrir qual tipo de pessoa você é!

Se você quiser saber que tipo de pessoa é, deve observar-se e aprofundar-se no conhecimento de si mesmo.
Compartilhar

Você é mais realista ou pessimista?

Mulher indecisa

Como é uma pessoa pessimista?

Quando uma pessoa é pessimista, ela possui um viés cognitivo-atencional que o psicólogo Aaron Beck chamou de abstração seletiva. Ou seja, uma vez que existe esse viés da percepção as pessoas pessimistas só se atentam para e retêm um tipo de informação: a negativa. Assim, no caso da pessoa pessimista, o que acontece é que só vai prestar atenção e se lembrar das informações ruins. Muitas vezes isso ocorre sem se dar conta. A informação é filtrada e só ficam os detalhes da parte negativa.

Se você, no entanto, se identifica com isso e com o pessimismo, e acredita que comete com frequência esse tipo de erro cognitivo: não se desespere, esse problema tem solução! Existem estratégias psicológicas cientificamente comprovadas para modificar esses automatismos psicológicos voltados para o pensamento negativo. Um exemplo é  a reestruturação cognitiva, ou a fusão cognitiva, que ajuda as pessoas a se distanciarem de certos tipos de pensamentos e de percebê-los.

“O pessimista se queixa do vento. O otimista espera que ele mude. O realista ajuda as velas.”
-William George Ward-

Como descobrir se sou pessimista?

Para ter certeza de que tipo de pessoa você é, deve ter em mente que as pessoas pessimistas, perante uma dificuldade, antecipam o pior resultado possível. Esse, muitas vezes, nem é o mais provável. Ou seja, depositam todas as suas expectativas na pior opção dentre todas do que há por vir.

Nesse sentido, ser pessimista se deve, em parte, a ter um tipo de personalidade baseada na ansiedade. Falamos de pessoa com um alto nível de ansiedade como um traço de si, e por isso acabam vendo a vida de modo negativo. Quando uma pessoa é pessimista, tende a inconscientemente impor limites a si mesma. Se o pior está por vir, é importante se resguardar perante a incerteza. É aquele pensamento: “se eu esperar o pior, estarei mais preparado”.

Mas além disso, há outro aspecto chave que deve ser observado para descobrir se alguém é pessimista. O pessimista tende automaticamente a ver os aspectos negativos até mesmo nos eventos e situações positivos da vida. Dito de outro modo, essas pessoas sempre dizem que “poderia ter sido melhor” ou que “na verdade não foi tão bom assim” mesmo nos momentos em que obtiveram sucesso depois de se esforçar muito para alcançar um projeto ou meta. Se você é pessimista, então é uma pessoa que tem bastante dificuldade em aproveitar suas conquistas porque acaba perdendo o foco se concentrando apenas nos aspectos que poderiam ser melhorados.

“O verdadeiro realismo consiste em revelar as coisas surpreendentes que a rotina mantém encobertas e, assim, nos impede de vê-las.”
-Jean Cocteau-

Pessoa pessimista

E então… como é uma pessoa realista?

Em primeiro lugar, a característica que melhor distingue as pessoas realistas é que não costumam fazer juízos de valor antecipadamente. Ou seja, esperam para ver como as coisas vão se desenrolar de fato para sentir o que forem sentir. Esperam que ocorra seja lá o que for, e uma vez que já existem dados reais sobre a situação, emitem um juízo de valor. Por exemplo: “É, isso foi realmente ruim…” ou “Deu tudo certo, que máximo!”. Desse modo, as pessoas realistas mantêm uma posição neutra nos momentos prévios ao real desenvolvimento dos acontecimentos. São, assim, capazes de manter suas expectativas equilibradas ao que se pode de fato esperar da realidade em que se vive.

As pessoas realistas, no entanto, não deixam de se preparar mentalmente para aquilo que poderia dar mal – levando em conta as reais possibilidades disso acontecer. Mas elas também se preparam para aproveitar o que pode dar certo. Ou seja, são capazes de se preparar para qualquer tipo de resultado que seja. Sabem aproveitar suas conquistas e estão preparadas para seus fracassos. Estes últimos não os impedem tampouco de seguir tentando alcançar seus objetivos, nem se tornam distrações em seu caminho.

Como me tornar mais realista?

Se você entendeu tudo até esse ponto, já se deu conta de que as pessoas realistas se caracterizam por não serem catastrofistas. Elas conseguem pesar de modo mais adequado os aspectos positivos e negativos das situações e dos problemas. Essa capacidade de avaliar as situações é uma das características mais distintivas das pessoas realistas.

E o que fazer se agora você descobriu que é do tipo de pessoa pessimista? Quero lhe dizer que você pode mudar. Isso pode ser feito com a ajudar de um psicólogo. Ele irá guiá-lo na mudança desses aspectos de sua personalidade que o impedem de enxergar os fatos da sua vida a partir de um meio termo. Sem catastrofismos nem abstrações seletivas da informação que chega até você. Buscar uma mudança pessoal em direção a ser uma pessoa mais realista pode ser uma boa meta para esse ano que começa. Que tal?

Recomendados para você