Semáforo da raiva: uma técnica de autorregulação emocional

agosto 22, 2019
O semáforo da raiva é uma ferramenta que utiliza o funcionamento do semáforo tradicional para ensinar a criança a gerenciar suas emoções através das cores.

O semáforo da raiva é uma ferramenta para crianças, normalmente entre 4 e 10 anos de idade, utilizada para ajudá-las a gerenciar suas emoções; as crianças dessa idade já identificam as emoções básicas, mas têm dificuldade para regulá-las adequadamente.

O semáforo da raiva consiste em aplicar o funcionamento do semáforo tradicional para ensinar a criança a gerenciar suas emoções, principalmente as negativas.

Vale destacar que as crianças entendem perfeitamente como funciona o semáforo que encontramos habitualmente nas ruas, daí a utilização da analogia do semáforo e suas cores.

O vermelho indica que não podemos passar e devemos parar, o amarelo indica que precisamos esperar e o verde significa que já podemos seguir.

Se utilizarmos as cores do semáforo e o que elas representam no contexto de um ataque de raiva ou birra, as crianças podem aprender a administrar suas emoções como se fosse um jogo.

Neste sentido, pode surgir a seguinte questão: como posso fazer com que a criança aprenda a relacionar o semáforo com suas respostas às emoções?

Para aplicar o semáforo da raiva, é necessário que as crianças associem as cores do semáforo às emoções e ao seu comportamento. Neste artigo explicamos qual é a função de cada cor e sua resposta.

“A autoconsciência implica compreender em profundidade as emoções, os pontos fortes, as fraquezas, as necessidades e os impulsos de si mesmo”.
-Daniel Goleman-

Menino pensativo

Autorregulação emocional

Por que é tão importante que as crianças regulem suas emoções? Laura Chica, psicóloga e coach, enfatiza a necessidade de ensinar às crianças o controle emocional e de incentivar o autoconhecimento de suas próprias emoções e de como reagir a elas.

Da mesma forma, é necessário que aprendam que podem variar suas reações de acordo com seu estado de humor, de modo que possam escolher a reação apropriada para cada situação.

Ángela Cuervo, psicóloga infantil, destaca em sua tese de doutorado sobre tristeza, depressão e estratégias de autorregulação em crianças a importância da autorregulação emocional nas crianças.

Portanto, destacamos o uso dessa técnica para ensiná-las a controlar suas emoções através das cores do semáforo.

Uma equipe do departamento de psicologia e neurociência da Universidade Duke, nos Estados Unidos, salienta a importância do autocontrole e da autorregulação emocional no desenvolvimento evolutivo das pessoas, uma vez que, de acordo com as estatísticas apresentadas no estudo, a falta dessa capacidade pode levar a problemas de saúde no futuro.

Por isso, torna-se fundamental ensinar as crianças a regularem suas próprias emoções e suas respostas a elas.

As cores do semáforo da raiva

Cor vermelha

PARE, acalme-se. Quando não podemos controlar uma emoção, especificamente a irritação e a raiva, devemos parar assim como paramos em um semáforo quando vemos a luz vermelha.

Se somos formos pela raiva, é momento de parar, de meditar sobre o que está acontecendo conosco.

Cor amarela

PENSE, reflita sobre o problema e o que está sentindo: “como me sinto agora?”, “estou com raiva?”, “me sinto triste?”.

Em seguida, convide a criança a refletir sobre as possíveis alternativas de resposta e suas consequências diante dessa situação. Qual é a resposta mais apropriada para mim, qual é a solução que me traz mais benefícios?

Técnica do semáforo da raiva

Cor verde

AJA, resolva o problema. Uma vez analisadas as alternativas de resposta, escolha a opção que for melhor para você e execute-a para resolver a situação na qual você se encontra.

Para aumentar a resposta positiva da criança, é relevante reforçar cada comportamento positivo que ela realiza; seguindo a teoria de Skinner de reforço na aprendizagem, o reforço positivo faz com que a criança sinta que seu esforço é valorizado e percebido, e a encoraja a continuar mantendo esses padrões de comportamento.

Em resumo, como indicamos neste artigo, é fundamental para a educação das crianças levar em conta a autorregulação das emoções, sua maneira de lidar com emoções como a raiva, o medo, a frustração.

Dada a importância de adquirir essa habilidade, destacamos o semáforo da raiva, uma ferramenta simples, útil e prática para incentivar nossos filhos a aprenderem a gerenciar suas próprias emoções.

  • Planells, O. (2012) ¿Cómo educar las emociones? La inteligencia emocional en la infancia y la
    adolescencia. Barcelona: Cuadernos Faros
  • Chóliz, M. (2005). Psicología de la emoción: el proceso emocional. Universidad de Valencia