Ser 80% feliz: os riscos de se conformar

Conformar-se é algo simples e confortável; mas, a longo prazo, isso conduz à insatisfação e pode até mesmo levar a problemas de saúde. Vamos falar sobre como caminhar rumo à felicidade plena.
Ser 80% feliz: os riscos de se conformar

Última atualização: 03 maio, 2022

Certamente, em algum momento, você já ouviu a seguinte pergunta: em uma escala de 1 a 10, o quanto você é feliz? Geralmente, a resposta é pouco ajustada e sofre grande influência do estado de humor do momento. Nesse mesmo sentido, hoje queremos fazer outra pergunta: se entendermos a escala de felicidade como algo gradual, em que grau você se estabeleceria?

É importante lembrar que a felicidade plena não surge como resultado de vivenciar uma realidade perfeita, de nunca sofrer decepções ou contratempos, de ter alcançado todos os nossos objetivos. Se fosse assim, a felicidade seria simplesmente uma utopia. No entanto, é essencial que estejamos dispostos a investir recursos nos projetos que nos dão entusiasmo.

A comodidade do conformismo

mulher-seria-pensando
Conformar-se é algo cômodo, mas que impede o crescimento pessoal.

À primeira vista, poderíamos pensar que ser 80% feliz é uma conquista e tanto, um verdadeiro privilégio. Afinal, vivemos em uma sociedade atormentada por estresse, depressão, doenças físicas, conflitos interpessoais e dificuldades profissionais. Assim, desfrutar desse grau de realização deveria nos fazer sentir satisfeitos e sortudos. O problema surge quando a comodidade nos torna conservadores demais.

Tenho ansiedade, mas ela não me limita tanto, então não faço nada a respeito. Meu parceiro não me preenche, não me faz sentir pleno, mas pelo menos ele não é abusivo, pelo menos não estou sozinho, então me conformo. Meu trabalho não traz sentido à minha vida, não me motiva, mas também não é algo que odeio, então por que mudar?

Essa mentalidade é extremamente comum, está totalmente difundida. Estamos acostumados a nos conformar, a não esperar mais da vida, a pensar até mesmo que uma situação melhor não é possível. No entanto, a dificuldade é que esses 80% de felicidade diminuem com o tempo.

A ansiedade sem tratamento leva a um distúrbio grave e começa até mesmo a afetar o corpo físico. A relação amorosa se deteriora cada vez mais, a distância emocional se torna cada dia maior. E esse emprego, mantido durante anos, já consome as suas ilusões e transforma o seu dia a dia em uma rotina monótona e sem sentido.

De repente, de ser 80% feliz, passa-se a 60%, 40% e, então, não alcançamos mais a porcentagem para aprovação. O que aconteceu? Este é o resultado de se conformar.

homem-preocupado-maos-cabeca
As crises são oportunidades para a mudança.

Agradeça pela gota que fez o copo transbordar

Se há algo temível para os seres humanos são as grandes crises, aqueles momentos de mudança em que tudo o que foi estabelecido desmorona, em que não temos escolha a não ser encarar a realidade de frente e tomar decisões. Aquele dia em que um ataque de pânico faz você sentir que vai morrer, aquela discussão em que você abre os olhos para o quanto a sua vida conjugal é insustentável ou aquela demissão que te faz repensar o seu futuro profissional.

Estes são momentos que pagaríamos para não viver, mas, na verdade, eles são a semente da mudança de que precisamos. De fato, para muitos terapeutas, este é o melhor momento para trabalhar com os seus clientes, porque as vendas caem dos olhos, conformar-se não é mais uma opção, e gerar mudanças é a única saída.

Ser 80% feliz é uma situação confortável, boa o suficiente para que possamos continuar olhando para o outro lado. No entanto, você não acha que merece 100%? É precisamente essa grande crise, essa gota d’água que fez o copo transbordar, que traz a coragem para trabalhar para isso.

Encontre a felicidade na autorrealização

Para alcançar a felicidade plena, não é preciso que tudo se acomode a seu favor (algo que, aliás, não está em suas mãos), mas é sim preciso coerência. Ou seja, saber o que você quer e alinhar as suas ações com esses objetivos.

Você quer viver mais tranquilo e reduzir o estresse? Então não se sobrecarregue com obrigações, trabalhe o perfeccionismo e aprenda a delegar. Você quer um parceiro de vida que te complemente? Então não se contente com relacionamentos medíocres por medo. Você gostaria de acordar todos os dias com um propósito? Então se capacite em algo que te apaixona, não tenha medo de mudar de rumo, dê um passo a cada dia em direção a esse objetivo.

O caminho para a autorrealização requer perseverança, bem como saber se colocar limites para não ceder à mediocridade e ter fé para lembrar que uma vida melhor é possível. Você provavelmente não verá resultados tão rápido quanto gostaria. Também haverá momentos em que desejará voltar a ser 80% feliz; mas é a coerência, é se manter fiel a si mesmo, que fará com que você sinta a tranquilidade, a motivação e a plenitude que você não encontrava anteriormente.

This might interest you...
Coerência cardíaca: harmonia física e emocional
A mente é maravilhosa
Leia em A mente é maravilhosa
Coerência cardíaca: harmonia física e emocional

A coerência cardíaca é um termo que descreve um estado de grande eficiência física e psicológica. Saiba mais sobre ela neste artigo.



  • Prochaska, J. O., DiClemente, C., & Norcross, J. C. (1994). Cómo cambia la gente: Aplicaciones en los comportamientos adictivos. RET: revista de toxicomanías, (1), 3-14.
  • Valencia, S. M. (2020). Crisis familiares: una oportunidad para transitar de la catástrofe y el caos, al despliegue de capacidades para el cambio. Diversitas: Perspectivas en Psicología16(1), 169-180.