Seu corpo e a autocura

Seu corpo e a autocura

novembro 13, 2015 em Curiosidades 30 Compartilhados

Não há nada de milagroso ou esotérico e nem tem nada a ver com crenças populares infundadas. Na verdade, a ciência já comprovou que o corpo possui mecanismos para curar a si mesmo, sem o auxílio de medicamentos.

Isso não é uma descoberta recente. Hipócrates, considerado o pai da medicina, utilizou diversos tratamentos terapêuticos que partem do princípio de que o corpo possui mecanismos necessários para a autocura. De acordo com esses princípios, o médico deve apenas facilitar esse processo e não intervir diretamente neles.

Atualmente, a medicina conhecida como “alternativa ou complementar” utiliza esses princípios nos seus tratamentos.

No entanto, a questão não é tão simples quanto contrair uma doença e esperar sentado que ela seja curada.

O conceito de doença

A ideia de que o corpo pode curar a si mesmo está intimamente ligada ao conceito de enfermidade. Nem todas as abordagens médicas partilham dos mesmos princípios.

A medicina tradicional alopata, por exemplo, acredita que a doença é uma alteração das funções normais do corpo. Nas palavras da Organização Mundial da Saúde: “a doença é uma alteração ou desvio do estado fisiológico de uma ou mais partes do corpo, por causas geralmente conhecidas, manifestada através de sintomas característicos, e cuja evolução é mais ou menos previsível”.

Deste ponto de vista, o desempenho médico deve ter por objetivo restabelecer o bom funcionamento do corpo. Para isso utilizam os mais variados medicamentos, inclusive a quimioterapia.

O enfoque da medicina alternativa é completamente diferente. A doença aparece quando há um desequilíbrio entre o organismo e o meio em que vive, incluindo a alimentação e estilo de vida.

Portanto, o objetivo da cura não é fazer a doença desaparecer, e sim restabelecer o equilíbrio perdido. A medicina alternativa parte do princípio de que as emoções desempenham um papel fundamental no processo de cura. Qualquer tratamento deve ter como alvo a mente e o corpo. Se a mente está saudável, o corpo se cura rapidamente.

A homeostase

Todos os organismos vivos são dotados de um mecanismo que lhes permite restaurar o equilíbrio: a homeostase. Em poucas palavras, é a capacidade de adaptação do organismo. Permite que o corpo ative a autorregulação, sem se deixar afetar pelos acontecimentos externos.

Todos os órgãos devem ser capazes de contribuir para o processo homeostático para manter uma boa saúde. Biologicamente, somos equipados para que tudo funcione corretamente.

Quando adoecemos, um médico tradicional buscará esse equilíbrio pela ação de um agente externo. Um médico que utiliza a medicina alternativa tratará o órgão doente, para que recupere sua capacidade e contribua para o equilíbrio corporal.

Seu corpo e a autocura

A autocura

A saúde e a doença dependem do nosso estado emocional, e isto pode ser explicado facilmente.

Todos os órgãos do corpo possuem terminações nervosas e estão ligados ao sistema nervoso central; são influenciados em diferentes graus pelo nosso cérebro.

Se você sentir raiva, por exemplo, diversos efeitos ocorrerão em seu corpo, como o aumento da frequência cardíaca e a tensão muscular. Quando a raiva se torna constante, essas mudanças fisiológicas começam a afetar todos os órgãos envolvidos com esse sentimento. Então provavelmente, em algum momento, você desenvolverá uma doença.

O mesmo se aplica a todas as outras emoções e sentimentos. Não há nenhuma maneira de experimentar as emoções e sentimentos apenas subjetivamente; todos eles mudam a fisiologia do seu corpo.

O corpo fica doente pela ação dos sentimentos e emoções autodestrutivas. Entretanto, você pode curar a si mesmo se trabalhar esses sentimentos negativos. Procure se conhecer melhor e encontre as respostas para o seu desconforto emocional.

Esse autoconhecimento é muito importante no caso de doenças crônicas. A resposta pode estar na nossa mente e não nos medicamentos que tomamos.

Recomendados para você