Sinais que indicam depressão em homens

· março 29, 2019

Quais são os sinais que indicam a depressão em homens? Mesmo que ninguém diga isso em voz alta, e embora os sentimentos não tenham gênero, para muitos a tristeza crônica é uma questão feminina. Um bom número de pessoas acredita que esse sentimento equivale à fraqueza para enfrentar a vida e, erroneamente, essa ideia foi identificada com o sexo feminino.

Além do debate de gênero que isso implica, o problema está no que isso acarreta para os homens. Ainda há um estigma em relação a aqueles que estão deprimidos. O habitual, então, é que eles procurem mecanismos para negar ou esconder a sua tristeza. Esta pode ser uma das razões pelas quais o sexo masculino tem menor expectativa de vida, maior taxa de suicídios e tende a adoecer com mais frequência.

“Senhor, as tristezas não foram feitas para as bestas e sim para os homens; mas se os homens as sentirem demais, eles se tornarão bestas”.
– Miguel de Cervantes –

A depressão em homens adquire características particulares, principalmente devido às condições ambientais. Não é tão fácil admitir esse transtorno de humor nem para eles mesmos. A seguir, explicaremos 5 sinais que indicam a presença de depressão nos homens.

Depressão em homens: autoimagem negativa

Uma sensação de baixa autoeficácia, juntamente com sentimentos de culpa e inutilidade, são indicadores de depressão em homens. Além disso, a presença de uma alta exigência também é muito comum. Tudo isso tem como consequência uma forte autocrítica e a sensação de ser incapaz de enfrentar qualquer tipo de situação, mesmo as mais cotidianas. Por isso, acabam se sentindo frustrados e inúteis.

Por outro lado, os homens tendem a se considerar mais autônomos do que as mulheres, têm uma necessidade permanente de independência, autodeterminação e liberdade (Hankin, 2010, Liu & Alloy, 2010). Quando estão deprimidos, esses padrões e demandas ficam abalados, porque embora esperem ser e agir de acordo com esses esquemas mentais, eles se sentem incapazes e acabam não os cumprindo. Dessa forma, acabam desenvolvendo uma autocrítica muito forte e um sentimento de culpa.

Indícios da depressão em homens

Sensação de vazio e comportamento incomum

A sensação de vazio, de que algo está faltando, também costuma estar presente em homens deprimidos. Isso geralmente é acompanhado por um profundo sentimento de tristeza que eles escondem dos outros.

Por outro lado, ocorrem mudanças no nível comportamental. De alguma forma, a depressão nos homens favorece a presença de comportamentos diferentes daqueles que geralmente se manifestam, devido à instabilidade emocional. Isso faz com que os homens percebam a sua situação como incontrolável, reforçando os sentimentos de incapacidade e a percepção de um baixo controle emocional.

No entanto, vale ressaltar que há uma série de sintomas que indicam depressão independentemente do gênero, como a anedonia, baixa autoestima e tristeza.

Aumento da dedicação ao trabalho, atividade social ou sexual

Outra das principais características da depressão nos homens é a predominância de comportamentos escapistas. Entre eles podemos destacar mais dedicação ao trabalho, um aumento no número de trocas sociais ou relacionamentos com os outros, ainda que superficialmente, e, às vezes, uma mudança frequente de parceiras.

A questão é que os homens tentam estar ocupados o tempo todo. Dessa forma, eles têm menos tempo para entrar em contato com o seu interior e lidar com os seus pensamentos e desconforto. Para Bennett et al. (2005), esta tendência de evitação tem dois objetivos:

  • Cognitivo: trata-se de se manter ocupado para evitar uma série de preocupações, especialmente relacionadas ao futuro.
  • Emocional: nesse caso, realizar outras atividades ajuda a minimizar a sensação de vazio devido à depressão.

Comportamentos de autolesão e tendências suicidas.

Em geral, os homens deprimidos apresentam uma maior frequência de comportamentos autodestrutivos e risco de suicídio quando a depressão é mais grave.

Os comportamentos autolesivos mais frequentes são o abuso de drogas e relações sexuais de alto risco. Este tipo de comportamento é geralmente uma expressão de raiva para com eles mesmos. O problema é que, às vezes, eles podem se tornar tão extremos que podem acabar se suicidando.

Uma linguagem negativa

É difícil ver um homem chorando porque se sente triste ou expressando a sua tristeza. Os seus sintomas são mais indiretos do que os das mulheres. Um deles é falar de forma pessimista sobre o mundo, sobre o que faz e sobre si mesmo.

O uso de uma linguagem muito negativa em relação ao humor é outro possível indicador de depressão em homens.

É muito provável que ele não diga diretamente como se sente, mas se mostrará cético sobre tudo ou quase tudo. Expressará que as coisas estão indo de mal a pior e sugerirá que espera somente coisas ruins para o futuro.

Homem deprimido

Depressão em homens: desespero, desesperança e visão pessimista do futuro

Outro sinal de depressão nos homens é a perda de interesse pelas atividades ou eventos que anteriormente chamavam a sua atenção. Pouco a pouco, ele se sentirá mais desmotivado para realizar qualquer atividade diferente das suas obrigações; ele as vê como um fardo. Podem dormir mais do que o normal, passar muitas horas assistindo televisão ou fazendo qualquer coisa que os impeça de pensar ou sentir.

O normal é que fique chateado quando é convidado a mudar a sua rotina. Às vezes, há também um descuido com a sua aparência e a sua apresentação pessoal. Deixa a barba crescer apenas por “preguiça” ou não presta atenção ao seu traje ou aparência.

A presença de um pensamento pessimista em relação ao futuro também é muito característico da depressão em homens. Isso pode ser identificado através de uma preocupação constante com a falta de oportunidades de desenvolvimento como pessoa, bem como a presença de expectativas relacionadas ao não cumprimento dos seus objetivos e metas. A razão de tudo isso é que o homem deprimido acha que não tem recursos pessoais para enfrentá-las.

No entanto, para vários autores, o pensamento pessimista é o resultado da combinação de preocupação constante e intolerância à incerteza.

Finalmente, é importante mencionar que a parte mais difícil da depressão em homens é fazer com que eles a reconheçam. A sua resistência psicológica para aceitá-la é muito forte. Às vezes, é melhor ajudá-los a entender que eles têm um problema, sem rotulá-lo com o nome de “depressão”. Isso irá ajudá-los a fazer o que devem fazer: buscar ajuda profissional.