Sinais que indicam que estamos diante de uma pessoa que deseja morrer

Sinais que indicam que estamos diante de uma pessoa que deseja morrer

Última atualização: 15 dezembro, 2021

O desejo de morrer é representado pela inconformidade e insatisfação que a pessoa sente em relação ao seu modo de vida atual. Dessa forma, ela pode se expressar por meio de frases como: “não vale a pena viver”, “o que eu quero é morrer”, “se viver é assim, eu preferiria estar morto”.

O Instituto Nacional de Estatística da Espanha (INE) acaba de publicar os dados mais alarmantes até então. Nos últimos sete anos, a maior causa de morte no país foram os suicídios. Esses dados são preocupantes porque essa é a taxa mais alta dos últimos sete anos, e porque a tendência é de alta.

Os suicídios na Espanha têm tendência de alta.

Em 2011, 3.180 pessoas cometeram suicídio, 22 a mais do que em 2010. Nove pessoas por dia decidem acabar com a própria vida. O fato é que em países onde a taxa de desemprego está disparando, os suicídios também disparam, especialmente os masculinos. Diante desses dados assustadores, nos perguntamos:

O que torna certas pessoas mais resistentes e mais capazes de lidar com as diferentes dificuldades que a vida apresenta? O que predispõe uma pessoa a não ser capaz de ver outra saída para uma situação complicada que não seja por fim à própria vida?

As razões pelas quais alguém deseja morrer

Homem triste desejando morrer.

A verdade é que as pessoas tentam suicídio por diversos tipos de razões. Algumas desejam morrer e outras nem tanto. Mas podemos falar sobre um fator comum: a maioria das pessoas que comete ou tenta o suicídio está deprimida. Mais de 90% dos suicídios estão relacionados a um distúrbio emocional ou outra doença mental.

Mas, nem todas as pessoas suicidas estão deprimidas, e nem todas as pessoas deprimidas acabam tirando a própria vida. Existem outros fatores que podem influenciar na decisão de não continuar vivendo, como um sentimento de culpa que não permite que a pessoa se aceite ou se perdoe. Além disso, parece que nos últimos tempos a crise econômica, falta de emprego e perda de status podem fazer com que as pessoas considerem se desejam ou não continuar a viver.

Qualquer que seja a causa das tentativas de suicídio, elas podem ser interpretadas como um pedido de ajuda, uma forma de punir as pessoas de quem elas estão com raiva ou uma maneira de procurar controlar uma situação que elas acreditam estar escapando de seu controle.

Nem todas os suicidas estão deprimidos, e nem todas as pessoas deprimidas acabam tirando a própria vida.

O que o suicida não sabe é que na verdade ele não deseja morrer, mas sim escapar da situação pela qual está passando; ele acaba acreditando que a morte é a única saída possível.

Homem deprimido com as mãos no rosto.

O suicídio é frequentemente um ato impulsivo, provocado pelo aumento da ansiedade e do desespero que a pessoa pode sentir em um determinado momento, ou após uma situação estressante. Estudos conduzidos nos últimos 20 anos sugerem que uma ansiedade insuportável é um dos maiores riscos a curto prazo para pessoas deprimidas tentarem suicídio.

Quais podem ser os sinais de alerta para indicar que estamos lidando com uma pessoa que deseja cometer suicídio?

A pessoa que deseja cometer suicídio é aquela que perdeu a esperança de alcançar um objetivo, se sente culpada ou não consegue perdoar a si mesma ou aos outros. É por isso que, se você sentiu já desejo de morrer, queremos que saiba que todos nós as vezes somos “dominados” por emoções ou situações complicadas.

Alguns dos indícios que podem dar o sinal de alerta são:

  1. Falar muito sobre suicídio ou morte em geral.
  2. Falar em “ir embora”, “fazer uma longa viagem” ou “partir”.
  3. Dizer que certas coisas “não serão mais necessárias” e presentear os bens a outras pessoas.
  4. Expressar sentimentos de desesperança ou culpa.
  5. Não querer sair ou conviver com a família e amigos.
  6. Deixar de participar de atividades ou hobbies favoritos.
  7. Mudanças nos hábitos alimentares ou de sono, manifestação de comportamentos autodestrutivos (como consumo de álcool, uso de drogas ou automutilação).

A maioria das pessoas acaba superando esse momento, sendo capazes de ver os problemas de diferentes pontos de vista e, assim, encontrar uma maneira de seguir em frente, com esperança e vontade. E pode ser que duas palavras possam ajudar a minimizar esse desejo até mesmo eliminá-lo dos seus pensamentos; essas palavras são ESPERANÇA e PERDÃO.

Homem esperançoso de braços abertos.

ESPERANÇA de que nenhuma situação, por mais complicada e difícil que seja, é eterna. Há momentos que podem ser muito difíceis, mas com um pouco de esperança e determinação podemos mudar o ciclo negativo dos acontecimentos. Mude a sua visão negativa para começar um comportamento que te aproxime dos seus objetivos.

PERDÃO, quando te machucaram ou ofenderam e você não soube como lidar com a situação. É normal que isso provoque conflitos internos, que se traduzem em depressão ou ansiedade.

Você realmente quer causar tanto dano às pessoas que ama? Para perdoar basta se abrir e se aproximar dessas pessoas, de quem você ama, esse é um pequeno esforço que exercitará a sua generosidade.

Para que elas não te machuquem novamente, você se encolhe em uma carapaça, armazenando sentimentos negativos de ódio e ressentimento. A ideia do suicídio é tentadora ao pensar no sentimento de culpa que as pessoas que você deseja ferir nutrirão ao longo de suas vidas.

Mas você não é capaz de imaginar a dor terrível que isso deixará na sua família e pessoas amadas, que se perguntarão eternamente por que, ou se elas poderiam ter feito algo para ajudar. Isso os assombrará por toda a pelo resto de suas vidas.

Como oferecer apoio a uma pessoa que deseja morrer

Se um amigo ou ente querido está pensando em tirar a própria vida, ele precisa da ajuda de um profissional de saúde mental, mesmo que o suicídio não seja um perigo imediato. Para apoiá-lo, você pode fazer o seguinte:

  • Incentive a pessoa a ligar para o Centro de Valorização da Vida. Em geral, todos os países possuem este tipo de serviço. Descubra quais são os números de telefone de acordo com a sua localização.
  • Incentive-o a procurar tratamento. Uma pessoa suicida ou gravemente deprimida pode não ter energia ou motivação para procurar ajuda. Se ele ou ela não quiser se consultar com um especialista em saúde mental, sugira grupos de apoio, centros de crise, comunidades religiosas, um professor ou outra pessoa de confiança. Você pode oferecer apoio e moderação, mas lembre-se de que não é sua responsabilidade substituir um profissional de saúde mental.
  • Se ofereça para ajudar a pessoa a buscar ajuda e apoio. Por exemplo, você pode pesquisar opções de tratamento, fazer ligações e buscar informações sobre os benefícios do plano de saúde, ou até mesmo se oferecer para acompanhar a pessoa a uma consulta médica.
Pode interessar a você...
De acordo com a ciência, a depressão é diferente em homens e mulheres
A mente é maravilhosa
Leia em A mente é maravilhosa
De acordo com a ciência, a depressão é diferente em homens e mulheres

A depressão é diferente em homens e mulheres. De acordo com vários estudos, existem particularidades importantes que devemos considerar.