Construa o seu sucesso sem se apropriar das realizações alheias

Construa o seu sucesso sem se apropriar das realizações alheias

Março 14, 2017 em Psicologia 0 Compartilhados
Construa o seu sucesso sem se apropriar das realizações alheias

Muitas vezes encontramos pessoas que não constroem nada, mas se apropriam das realizações dos outros. Elas utilizam o sucesso de outras pessoas “levando vantagem” pelo aplauso alheio. Elas acreditam que ninguém descobrirá o seu segredo e se alimentam do reconhecimento que os outros lhe oferecem cegamente.

O problema é que por mais que mintamos ou enganemos, a nossa consciência corre mais rápido e acaba nos mostrando a verdade. Há muitos casos conhecidos e outros que passam despercebidos, mas eles estão sempre na ordem do dia, como no caso de plágio de teses de doutorado, do conteúdo da Internet (fotos, entrevistas, textos …), ou de outras criações, como na música e na literatura.

“Plágio é utilizar o trabalho, as ideias ou as palavras do outro como se fossem suas, sem creditar explicitamente a origem das informações”.
– Real Academia Espanhola-

O plágio esconde a necessidade de reconhecimento

Há também pessoas que criam mentiras sobre a sua identidade social como uma forma de exaltar o quanto são importantes. Inventam a vida perfeita que desejam para si mesmas e agem como se isso fosse verdade, ou supervalorizam as suas realizações para que pareçam melhores do que realmente são. Para alguns, vale tudo neste jogo que procura satisfazer a sua fome de reconhecimento.

Se analisarmos essas pessoas além desse engano ou autoengano, provavelmente encontraremos uma grande necessidade de valorização e aceitação. Uma necessidade de reconhecimento tão intensa que precisa ser inventada, porque a realidade não a satisfaz. Dessa forma, os fins justificam os meios, mesmo que isso signifique apropriar-se de uma conquista alheia para ser reconhecida.

mentira

No entanto, a pessoa se alimenta de algo que não é autêntico. O “público” não aplaude a pessoa, não aplaude a sua criação; aplaude a criação de outra pessoa e essa é uma verdade dolorosa com a qual terá que conviver. Uma verdade que a sua consciência grita todos os dias durante aqueles momentos em que a ilusão desaparece e as mentiras não podem encobrir a verdade.

Construir as suas próprias realizações é encontrar a sua verdadeira essência

Mas, por que não criar as suas próprias realizações? Para que plagiar outras pessoas? O melhor presente é receber o aplauso sincero e honesto dos outros por aquilo que criamos, estarmos conscientes do nosso próprio mérito e recebermos o nosso próprio aplauso pelo que somos e fazemos.

Como disse Chillida: “Não nos esqueçamos de que a palavra original vem de origem”. A verdade é que todas as criações da história, toda forma de arte, foi criada por alguém e, portanto, tudo o que uma pessoa cria é original e autêntico. Claro que existem influências que nos inspiram e nos ajudam, mas há uma diferença muito grande entre ser inspirado pelos trabalhos de alguém e copiar descaradamente.

Enganar a si mesmo e, em consequência disso, enganar os outros, significa nos afastarmos da nossa essência original. É querer ser quem não é; é não se esforçar para criar algo próprio. É se conformar com algo fácil, mas que também deixa uma marca como um poderoso argumento para a nossa consciência nos punir.

jovem-desenhando

Mentir é o contrário de ser autêntico

Essas falsas alegrias não duram muito tempo e têm seus dias contados. Toda mentira é perigosa: ela esconde muito pouco e é normal que a verdade venha à tona, expondo o impostor que muitas vezes tem que voltar a mentir para não ser descoberto.

Seja autêntico: construa o seu sucesso e crie as suas próprias realizações. Isto mostrará quem você é, com suas luzes e suas sombras. O produto que você criar será seu, nascerá do seu ser mais profundo, mostrará a sua verdade e o libertará. Você se transformará em alguém livre: livre das mentiras e do peso de sustentar a realização de algo que não é seu. Além disso, terá uma razão poderosa para se orgulhar de si mesmo.

mulher-escrevendo-praia

E como disse o grande Freddy Mercury com toda a simplicidade do mundo …

Eu sou apenas eu mesmo. Eu acredito que ser natural e autêntico é ter sucesso. 
Compartilhar

Mas, acima de tudo, ser autêntico é estar feliz consigo mesmo. Não há maior realização do que encontrar a nossa verdadeira essência!

Recomendados para você