Suporte emocional: o maravilhoso amortecedor para a dor

maio 11, 2019
O apoio emocional é uma forma de contenção. Com ele, podemos escolher uma perspectiva diferente e, mesmo quando não a tivermos, nos sentiremos melhor.

Às vezes, precisamos nos sentir abrigados, protegidos, com a sensação de que nada pode acontecer conosco. Talvez um abraço, um sorriso, um pensamento ou algumas palavras bastassem… No fundo, o que precisamos é de algo que atue como um suporte emocional; isto é, um mecanismo de segurança que nos proteja quando as circunstâncias nos ameaçam ou não são como desejamos.

Talvez esse apoio surja do nosso interior, mas também é possível que venha de alguém por quem temos um grande apreço. Às vezes, o fato de ter alguém já é suficiente para liberar a nossa angústia ou, em alguns casos, o fardo que suportamos em nossas costas.

Vejamos quais tipos de apoio emocional existem e como eles nos beneficiam.

  “Na vida precisamos de alguém para nos apoiar; sentir que temos um suporte nos ajuda a seguir o nosso caminho com mais tranquilidade e harmonia”.

O que é suporte emocional?

O suporte emocional nos ajuda a nos sentirmos melhor, quando estamos com medo ou quando nos sentimos sobrecarregados. É como um suporte de que precisamos para sair de situações difíceis. São aquelas pessoas que nos orientam, nos acompanham e nos amam. Aqueles que não hesitam em ‘nos dar a mão’ quando o cinza ameaça pintar nossas vidas.

Agora, não é um método de fuga ou difusão de responsabilidade, mas sim uma maneira de enfrentar os problemas com amor. Isto é, através deste apoio, podemos ressurgir, aprender com a situação e nos encontrarmos.

Quando somos pequenos, os nossos pais, parentes ou cuidadores nos fornecem esse apoio emocional. E à medida que crescemos, aprendemos a encontrá-lo em outras pessoas ou mesmo em algumas atividades ou na natureza.

Apoio emocional

Por que o suporte emocional é tão importante?

O suporte emocional é essencial porque, se nos faltar, podemos deixar de encontrar sentido na vida, estabelecer relações tóxicas ou nos sentirmos vazios.

Por exemplo, se uma criança não tem o cuidado emocional de que necessita, desenvolverá problemas em várias áreas, tanto a curto como a longo prazo e a nível físico e emocional. Portanto, o apoio emocional é um fator importante durante a primeira infância. Ele nos ajuda a desenvolver e a crescer de forma saudável, especialmente a nível emocional.

De fato, de acordo com o artigo “O apego como o principal fator de proteção da primeira infância”, tanto o cuidado com as crianças quanto o apoio emocional que lhes são prestados contribuem para o desenvolvimento de uma personalidade mais segura, responsável e comprometida.

Inclusive, o apoio social pode ser crucial para o desenvolvimento físico. Isso é mostrado por Pacora, Capcha, Esquivel, Ayala, Ingar, & Huiza em seu artigo “A privação social e emocional da mãe está associada a alterações anatômicas e funcionais no feto e recém-nascido”.

De acordo com este estudo, a falta de apoio emocional ou social tem um impacto negativo tanto na saúde materna quanto na perinatal. Portanto, o apoio emocional com o qual a nossa mãe contou poderá afetar a nossa qualidade de vida.

Como encontrá-lo?

Embora o primeiro suporte afetivo seja fornecido pelos nossos pais e aqueles que cuidam de nós, não significa que seja o único. De fato, existem outras maneiras de contar com apoio emocional. Algumas delas são as seguintes:

  • Relacione-se com os outros: se tivermos relacionamentos saudáveis, poderemos contar com as outras pessoas quando precisarmos e, assim, criaremos vínculos de apoio emocional.
  • Conecte-se consigo mesmo: conhecer a si mesmo é a ponte para uma boa gestão emocional.
  • Pratique exercícios físicos: quando fazemos exercícios físicos, liberamos endorfinas, um grupo de hormônios que nos ajudam a nos sentirmos mais felizes.
  • Procure ajuda profissional: os psicólogos e psiquiatras são muito úteis no amortecimento da dor. Como são especialistas no mundo emocional, comportamental e cognitivo, podem nos orientar no gerenciamento emocional.

Outros tipos de atividades também podem atuar como um suporte emocional. Por exemplo, os livros e a arte podem ser veículos que nos ajudam a transformar as nossas angústias.

Arteterapia

Benefícios do maravilhoso amortecedor para a dor

Às vezes nos sentimos exaustos, a nossa força fraqueja e não conseguimos ver nenhum vislumbre de luz ao nosso redor. É nessa hora que mais precisamos de ajuda. Dessa forma, podemos:

  • Aumentar a nossa confiança.
  • Diminuir os riscos de dor.
  • Melhorar os vínculos conosco, com os outros e com a natureza.
  • Favorecer os processos de organização de experiências.
  • Soltar as tensões.
  • Maior motivação.
  • Desfrutar de uma maior sensação de segurança.

Embora inicialmente o suporte emocional não seja responsabilidade nossa, à medida que crescemos, podemos buscá-lo. É incrível ter tantas maneiras de encontrá-lo e conhecer todas as vantagens de tê-lo.

Quando existe apoio emocional em nossas vidas, podemos contar com um lugar ou uma pessoa para encontrar alívio, para desabafar tudo o que carregamos. É uma oportunidade para aceitar o que nos acontece, mudar a nossa perspectiva e começar a nossa transformação.

Álvarez, M.A.C (2011). El apego como principal factor protector de la primera infancia. Margen: revista de trabajo social y ciencias sociales, 61, 9-5.

Pacora, P., Capcha, E., Esquivel, L., Ayala, M., Ingar, W. & Huiza, L. (2005). La privación social y afectiva de la madre se asocia a alteraciones anatómicas y funcionales en el feto y recién nacido. Anales de la Facultad de Medicina, 66 (4) , 282-289.