A técnica da ancoragem – A mente é maravilhosa

A técnica da ancoragem

maio 28, 2015 em Psicologia 5 Compartilhados
ancoragem

A ancoragem é uma das técnicas da PNL, utilizada para criar ou modificar respostas associadas à um estímulo. Inconscientemente estamos expostos à ancoragem, por exemplo, quando ouvimos uma música e nos emocionamos, porque ela nos faz lembrar de alguém ou de uma situação importante. Quando ouvimos essa melodia, nossas emoções retornam no tempo e voltamos a sentir a mesma coisa do passado.

Sentir um perfume ou aroma pode nos fazer lembrar algo distante e nos fazer voltar ao mesmo estado emocional dessa época. Se uma situação negativa tinha um cheiro particular, quando sentirmos esse mesmo perfume em outro tempo e lugar, ficamos chateados, porque já temos uma ancoragem negativa relativa a esse perfume. Podemos criar ancoragens positivas para estados emocionais positivos. Para isso, siga essas sugestões.

Qual é o estado emocional que desejamos ter?

Para realizar a ancoragem, é preciso identificar o estado emocional que desejamos ter. O desejo mais comum é voltar para o estado de tranquilidade, bem estar, paz ou um estado de alegria e euforia. Queremos mudar do negativo para o positivo. O importante é se concentrar no que realmente queremos e não no que não queremos. Se pensarmos “não quero ver um gato amarelo”, certamente nosso cérebro cria a imagem de um gato amarelo. Por exemplo, seria um erro dizer “não quero ficar nervoso”, porque o cérebro não identifica a negação e aceita a palavra nervoso. Mude a negação para “quero ficar tranquilo”.

Criando uma ancoragem

Vamos criar uma ancoragem para relaxar e dormir bem à noite. O importante é identificar o estado emocional que devemos estar para realizar a ancoragem. O próximo passo é pensar em qualquer situação passada em que estávamos tranquilos e relaxados e imaginar com todos os detalhes possíveis. Imagine por exemplo, que foi à praia num domingo de manhã, se deitou na toalha com biquíni e chapéu bege; estava relaxadíssima, ouvindo o som das ondas e sentindo o calor do sol na sua pele. O dia deve ser imaginado com todos os detalhes: as cores do céu, os cheiros, as roupas, os acessórios e os sentimentos.

Pratique e repita muitas vezes a ancoragem e ela se tornará automática. Enquanto imagina esse dia relaxante, coloque a mão no peito, para que sua mente associe o movimento à situação que você está imaginando. Quanto mais detalhes imaginar e quanto mais repetições, melhor funcionará. Toda vez que colocar a mão no peito se sentirá tranquila e relaxada. O gesto de colocar a mão no peito é só um exemplo. Você pode escolher um gesto da sua preferência, como apertar um dedo, pegar no pulso, estalar os dedos, apertar a orelha, etc.

Os atores estão muito acostumados a mudar de um estado emocional para outro em questão de minutos. Dominam suas emoções muito bem, mas utilizam a técnica da ancoragem inadvertidamente. Por exemplo, quando trocam de roupa para atuar, mudam suas emoções porque associam essas roupas ao ensaio que participaram e a mente lembra que, com essa roupa, as emoções são diferentes.

Se você já teve uma boa experiência com alguma roupa em particular, quando tiver que enfrentar uma situação desagradável, use-a e se sentirá mais seguro. A técnica da ancoragem não faz milagres, mas contribui para o seu bem estar, uma vez que a mente é o motor que movimenta o corpo.

Recomendados para você