O trabalho noturno está prejudicando a minha vida

O trabalho noturno está prejudicando a minha vida

março 17, 2017 em Psicologia 0 Compartilhados
O trabalho noturno está prejudicando a minha vida

O grande poeta romano Ovídio disse certa vez que “a noite é mais triste que o dia“. Parece que ele tinha razão. Para muitas pessoas que exercem um trabalho noturno esta frase está correta porque muitas vezes o seu emprego está prejudicando a sua vida.

Um estudo realizado na Universidade de Surrey em colaboração com outras instituições chegou à conclusão de que o trabalho noturno afeta diretamente a qualidade de vida daqueles que trabalham nesse período. Dessa forma, é muito curioso que essas horas do dia que tantas vezes associamos ao amor e ao romantismo possam ser realmente tão prejudiciais. Entretanto, não é a mesma coisa trabalhar e estar com o seu parceiro, certo?

“A noite é linda, está nua, não tem limites ou regras”.
– Joseph Hierro –

Os problemas do trabalho noturno

Atualmente existem vários estudos que comprovam que o trabalho noturno não é saudável. Foram realizadas diversas pesquisas: primeiramente com empregados chineses e franceses aposentados que trabalharam no setor automobilístico por turnos e, por último, com as enfermeiras na Coreia do Sul.

mulher-cansada-trabalho-noturno

O principal problema parece surgir da falta de sono ou da mudança dos horários de sono. Nós vivemos em uma sociedade focada no dia e na claridade. Então, as pessoas que trabalham durante a noite têm que adaptar a sua vida a esse horário. Caso contrário, elas acumulam fadiga e sono que raramente são capazes de recuperar.

Em todos os dados das investigações, encontramos fatores que afetam diretamente a saúde das pessoas. Além disso, cada uma delas apresentou diferentes sinais dos efeitos negativos. Por exemplo:

  • Entre as enfermeiras da Coreia do Sul, aquelas que trabalhavam mais à noite apresentaram uma tendência alarmante para a obesidade.
  • Os empregados chineses aposentados desenvolveram problemas de diabetes e pressão arterial elevada.
  • Os trabalhadores franceses analisados mostraram uma deterioração cognitiva estatisticamente significativa. De fato, os resultados indicaram que o desgaste era equivalente a ter envelhecido entre 5 e 10 anos a mais do que o normal.

O trabalho noturno afeta o descanso

Como já dissemos, o problema afeta diretamente o descanso. Quando trabalhamos nos turnos da noite e não nos adaptamos totalmente ao horário, os nossos ritmos biológicos ficam completamente desestruturados.

Os mecanismos internos encarregados de gerenciar o sono e a vigília ficam desregulados. Assim, o corpo de uma pessoa que trabalha durante a noite sofre dissonâncias graves. Por exemplo, se alimenta quando o corpo não está preparado e tenta dormir durante o dia, mesmo que não se sinta cansado.

homem-cansado-trabalho

No final, todo esse desencontro leva a uma falta de sono preocupante. O trabalhador geralmente não consegue dormir o suficiente e esse é basicamente o grande problema. As pessoas ficam muito cansadas.

Além disso, há outros fatores que também afetam os trabalhadores noturnos. Por exemplo, a alimentação: eles comem fora de hora e também têm mais dificuldade para encontrar produtos saudáveis para consumir. Muitos recorrem ao fast food, que deteriora a nossas habilidades cognitivas e físicas mais rapidamente.

O que fazer quando temos que cobrir o turno da noite?

Não existe uma solução simples para os funcionários da noite. O ideal é adaptar totalmente a vida ao horário de trabalho. Mas os fins de semana são um problema, porque em dias de folga é mais complicado. O nosso corpo já está acostumado com esse ritmo e fica difícil seguir os horários dos demais, enlouquecendo desta forma o nosso corpo pela falta de horários constantes.

Além disso, muitas pessoas variam os turnos. Uma semana trabalham à noite e outra semana durante o dia. Isto é extremamente prejudicial para o organismo. O corpo nunca está definitivamente adaptado a qualquer dos horários. De acordo com os especialistas, um dos poucos grupos adaptados ao trabalho noturno são os trabalhadores das plataformas de petróleo. Sem fins de semana livres e dormindo em quartos sem janelas, não sofrem o problema das pessoas que vivem em cidades e vilas.

“Se você encontrar um tema que soe bem esta noite, toque-o todas as noites”!
– Count Basie –

É evidente que atualmente o emprego é necessário para a nossa sobrevivência. Se for preciso trabalhar em turnos, nos adaptamos, mas também parece óbvio que isto nos prejudica física e cognitivamente. Além disso, ainda não descobrimos uma solução simples para esse problema, mas pelo menos demos o primeiro passo: sabemos que ele pode nos afetar negativamente. O próximo passo seria fazer o possível para manter horários constantes e respeitar um mínimo de horas de descanso a cada 24 horas.

Recomendados para você