As vantagens de fazer uma refeição na escola

dezembro 13, 2018

Deixar que nossos filhos façam uma refeição na escola é uma possível solução para lidar com atitudes problemáticas em relação à alimentação. Além disso, se for possível, a alimentação no refeitório da escola traz muitas outras vantagens além de preservar a relação que temos com nossos filhos.

Os hábitos de alimentação das crianças continuam sendo um tema de preocupação para pais e mães de todo o mundo. É fundamental que as crianças se alimentem bem, mas também é muito comum que a hora de fazer uma refeição se transforme em um campo de batalha. Isso gera ansiedade e sentimentos de rejeição em relação à comida, podendo também afetar outros aspectos da relação entre pais e filhos.

A refeição escolar é um serviço oferecido por alguns colégios que está integrado ao funcionamento dos mesmos, já que eles também entendem que há etapas, como a infância, em que a nutrição e a alimentação são de vital importância. Nesse artigo analisaremos as vantagens que essa possibilidade nos oferece, tanto no quesito pessoal quanto no familiar.

“Um estômago vazio é um mau conselheiro”.
-Albert Einstein-

Vantagens da refeição na escola

A refeição feita na escola pretende ser uma forma adicional de educação quanto à saúde, já que favorece o desenvolvimento de hábitos de higiene e fomenta uma boa alimentação.

Outras vantagens que podem ser destacadas é que as crianças aprendem o uso correto dos talheres e guardanapo, assim como adotam uma postura corporal adequada para comer. Além disso, também aprenderão a respeitar seus companheiros e todos os funcionários do refeitório.

Comer no refeitório da escola ajuda as crianças a desenvolverem habilidades de cooperação e companheirismo, porque o volume da voz deve ser moderado para que todos possam se ouvir.

Crianças almoçando na escola

As habilidades sociais também se desenvolvem nesses espaços. Nossos filhos passarão um tempo com os colegas fora da sala de aula, em um ambiente mais relaxado e agradável. Poderão se sentar com novos amigos e criar relações com pessoas diferentes, além de estreitar laços com aqueles que já conhecem.

Além disso, deixar a criança fazer uma de suas refeições na escola nos ajuda a equilibrar nosso trabalho e as horas livres que passamos com nossos filhos. Desse modo, graças a novos hábitos que adquirem ao comer no colégio, poderemos passar mais tempo de qualidade com eles, sem que as cenas e brigas na hora da refeição roubem esse tempo. De fato, é muito provável que uma vez que a criança tenha adquirido certos hábitos na escola, ela os generalize para o ambiente do lar, sempre e quando mantivermos as mesmas diretrizes.

Quando devemos incentivar nossos filhos a comerem na escola?

A seguir, veremos alguns casos em que é recomendável levar nossos filhos com antecedência, ou pegá-los mais tarde, para que eles façam uma refeição na escola.

Não comem bem

A imitação é um componente fundamental da aprendizagem em crianças. Dessa forma, é muito provável que ao virem seus amigos comendo, outras crianças se animem a fazer o mesmo. Quando um filho está com seus pais, ele recebe toda a atenção do mundo se não experimenta ou não come um determinado alimento, e isso acaba sendo um reforçador desse comportamento. Agora, no refeitório da escola certamente ele não receberá tanta atenção, e nem se sentirá tão pressionado. Isso fará com que eles criem o comportamento de comer por iniciativa própria.

Têm poucas relações sociais

O refeitório escolar é um espaço para compartilhar momentos com os outros e se relacionar. Geralmente, todos se sentam com todos em mesas compartilhadas. Além disso, a hora da refeição é um momento tranquilo e relaxado, ideal para estabelecer relações e passar um bom momento com outras pessoas.

Seu tempo para cozinhar é escasso

Um dos motivos mais comuns para levar a criança para fazer uma refeição na escola costuma ser o pouco tempo que o adulto responsável tem para cozinhar. De fato, muitas vezes recorremos até mesmo a uma comida congelada industrializada por causa desse tipo de situação. No entanto, geralmente não é esse tipo de comida a servida no refeitório da escola, e sim uma comida saudável e equilibrada que será uma melhor opção.

“Ninguém se chateia na mesa durante a primeira hora da refeição”.
-Anthelme Brillant-Savarín-

Crianças comendo na escola

Se eles têm alguma alergia

As crianças que possuem alguma alergia costumam receber tratamento especial. O refeitório trata das necessidades das crianças com cuidado, e não permite que suas alergias sejam motivo de separação nem de discriminação por parte de seus colegas. Dessa forma, a criança terá a oportunidade de fazer uma refeição com outros, e não se sentir alguém estranho, além de aceitar sua alergia com naturalidade.

Para desenvolver rotinas e horários

O refeitório escolar tem uma rotina e um certo passo a passo que se repete todos os dias, e que todas as crianças sabem e devem respeitar. Por outro lado, os horários estabelecem um tempo limitado que favorece o desenvolvimento da concentração da criança na hora de comer e, sobretudo, ensinam a não ficar eternamente na mesa numa refeição.

Se nós mesmos não somos tão bons de garfo assim

Muitas vezes queremos que nosso filhos comam de tudo e de forma saudável, mas nós mesmos não gostamos nem comemos verduras, legumes e outros alimentos que fazem parte de uma alimentação realmente saudável e equilibrada.

Ainda que o ideal fosse comer bem durante todas as refeições e inclusive nos finais de semana, dificilmente fazemos isso, e a realidade é que os nossos maus exemplos têm uma grande influência na alimentação de nossos filhos.

“Às vezes, a única maneira de conservar a saúde é comer alguma coisa que você não quer, beber alguma coisa que você não gosta e fazer algo que você preferia não fazer”.
-Mark Twain-

Fazer refeições na escola

Os hábitos saudáveis como experimentar e comer todos os tipos de alimento, assim como ter uma rotina, além das habilidades sociais que as crianças podem aprender no refeitório escolar, podem ser de grande utilidade se as aproveitarmos nos momentos que passamos em família.

Como podemos ver, o uso do refeitório escolar pode oferecer grandes vantagens para nós e para os nossos filhos. Aproveitemos essas possibilidades, trazendo-as depois para casa também, e assim contribuiremos para melhorar as refeições em família, um momento tão precioso!