Filhos com deficiência e seu efeito na família - A Mente é Maravilhosa

Os filhos com deficiência e seu efeito na família

junho 17, 2018 em Psicologia 0 Compartilhados
Filhos com deficiência e seu efeito na família

Um novo membro na família sempre é um motivo de alegria. Todos se mobilizam para dar as boas-vindas ao bebê e os parabéns aos felizes pais. No entanto, a realidade é que esta situação nem sempre é tão idílica e maravilhosa quanto nós gostaríamos.

Às vezes ocorrem problemas ou acontecimentos inesperados que é preciso enfrentar e que podem causar mal-estar entre os familiares. Um deles é o nascimento de filhos com deficiência. Entender como essa notícia afeta o núcleo familiar é fundamental para poder organizar melhor todos os obstáculos associados… Continue lendo este artigo para saber mais!

“A deficiência não o define, o que o define é como você enfrenta os desafios que a deficiência lhe apresenta”.
– Jim Abbot –

Os filhos com deficiência e seu impacto na dinâmica familiar

Em primeiro lugar, os filhos com deficiência influenciam os diferentes membros e as relações que acontecem no âmbito familiar. Você deve considerar que esta condição vai estar associada a dificuldades em diversas etapas do ciclo de vida dessa pessoa, o que pode ser traduzido em tensões entre os familiares.

Se eles não se entendem e controlam essas tensões, é normal que surjam vários conflitos. Por um lado, o companheiro sentimental pode começar a se distanciar e deixar de se comunicar de forma efetiva, o que vai criar um círculo vicioso de mal-estar que será muito complicado de parar.

Pessoa com deficiência

Por outro lado, podem aparecer conflitos com o filho que tem a deficiência, já que ele pode ser superprotegido e isso restringe a sua autonomia, não reconhecendo que ele conta com capacidades que não estão afetadas, ou que só estão de maneira parcial, e que pode desfrutar de um grau de independência maior. Podem surgir problemas entre os irmãos, porque podem ser impostas mais responsabilidades ou responsabilidades que não correspondam a aqueles que não têm deficiências. Também pode surgir um sentimento de negação ou vergonha pela situação com a qual eles têm que conviver.

No entanto, esta situação também pode influenciar toda a família de forma positiva. Na verdade, pode fortalecer os laços familiares, alimentando a coesão e a proximidade entre os diferentes membros. Dito de outra forma: pode potencializar a resiliência de todos eles.

“Colocam-nos em situações para construir o nosso caráter, não para nos destruir”.
– Nick Vujicic –

Os filhos com deficiência e o impacto no âmbito social e profissional

Apesar da sociedade estar avançando, continuam existindo muitas ideias equivocadas em relação às pessoas com deficiência, de forma que a rejeição continua estando presente na atualidade. Isto pode levar às famílias com filhos com deficiência a ir se isolando cada vez mais, reduzindo tanto o número de relações sociais e sua qualidade quanto as atividades de lazer.

Esta deterioração do âmbito social também pode aparecer no entorno profissional. Se os familiares pensam que não vai ser possível conciliar essa situação com o seu trabalho, é possível que eles acabem abandonando o emprego. Mesmo que façam isso pensando no cuidado da família, pode se transformar em outra forma de tensão, já que além de afetar o bem-estar do cuidador, essa decisão também tem um impacto financeiro.

“O mundo se preocupa mais com os deficientes do que os próprios deficientes”.
– Warwick Davis –

Mãe abraçando filho com deficiência

Os filhos com deficiência e o impacto na saúde dos membros da família

Tudo que comentamos até agora não afeta da mesma maneira os diferentes membros da família. Como é fácil de imaginar, esta situação familiar, social, profissional e financeira pode influenciar a saúde de todos os familiares, mas especialmente aquele ou aqueles que se responsabilizam pelo cuidado da pessoa com deficiência.

Nesta pessoa ou pessoas, o excesso de responsabilidade no cuidado do outro pode levar ao aparecimento de um grande mal-estar emocional. É normal que surjam sentimentos de tristeza, raiva, ansiedade ou culpa pela situação que se está vivendo e pelas emoções negativas vividas.

Isso não só afeta a nível psicológico, mas também pode fazer com que se sintam mais cansados e esgotados que o normal, de modo que percebam que sua saúde física está deteriorada. Como já dissemos antes, ter filhos com deficiência pode causar dificuldades adicionais na vida, mas elas só podem se transformar em situações benéficas para nós se aprendermos a controlá-las de forma adequada…. Trabalhemos para o bem-estar de todos!

As imagens são cortesia de Nathan Anderson e John Appel.

Recomendados para você