O que caracteriza o vício em criptomoedas?

Investir em criptomoedas pode se tornar um vício. Na verdade, já existem pessoas que encontraram um substituto para o jogo neste mercado em crescimento.
O que caracteriza o vício em criptomoedas?

Última atualização: 20 Novembro, 2021

A ludopatia pode ser entendida como um tipo de transtorno psicológico caracterizado pelo vício em jogos de azar, que pode afetar diferentes dimensões da vida de quem o sofre. A perda da capacidade de autocontrole diante do impulso de jogar e permanecer no jogo pode influenciar as relações com a família e o parceiro, a vida profissional, a estabilidade econômica, e gerar quadros de depressão e ansiedade. Agora, o que exatamente seria o vício em criptomoedas? Ele tem estas mesmas consequências?

De acordo com várias pesquisas, o vício em criptomoedas, embora seja um fenômeno recente, tem aumentado significativamente nos últimos anos.

Neste artigo, vamos descobrir em que consiste esta nova face do jogo, por que o confinamento a tornou viral e quais são os fatores de risco associados a ela.

Quais são as características do vício em criptomoedas?

Embora os critérios diagnósticos para essa forma de jogo ainda não tenham sido construídos, ela pode ser definida como uma dependência de investimentos arriscados com criptomoedas. Sabe-se que o mercado de criptomoedas se caracteriza por ser volátil e instável. Portanto, pode ser um risco para quem apresenta comportamentos de dependência e pouco autocontrole ao lidar com esse tipo de moeda.

Embora a compra e a venda de criptomoedas possam parecer uma forma de investimento, e não um tipo de jogo, para muitas pessoas esta se tornou uma atividade que substitui os jogos de azar e gera os mesmos padrões de dependência.

Criptomoeda no celular

Algumas indicações que podemos levar em consideração para identificar se nós ou alguém que conhecemos é viciado em transações de criptomoeda são as seguintes:

  • Aumento progressivo dos investimentos feitos com criptomoedas.
  • Perda de concentração e incapacidade de se concentrar em atividades que não sejam investimentos.
  • Solicitação de empréstimos ou apoio financeiro para cobertura de eventuais perdas.
  • Sensação de distanciamento da família e amigos.
  • Necessidade de mentir para evitar acusações e confrontos sobre comportamentos de investimento de risco.

Além disso, esse vício pode levar a problemas financeiros, perda do emprego ou abandono escolar e problemas de autoconceito.

Por fim, o fato de as criptomoedas poderem ser compradas em qualquer parte do mundo aumenta a atratividade dessa atividade. Soma-se a isso a crise econômica, o aumento do desemprego e as poucas oportunidades de trabalho para os jovens, gerando a busca por alternativas de renda, criando um ambiente propício para o apego ao vício.

A linha tênue entre ser um investidor e um jogador

O vício em criptomoedas parece prevalecer entre os homens jovens, que podem ver nesses investimentos a oportunidade de enriquecer com facilidade e rapidez. Por outro lado, uma imagem positiva parece ter sido construída em relação a essas transações. Isso faz com que aqueles que são viciados em comprar e vender essas moedas não se percebam como jogadores.

Existe até uma tendência, popularizada por meio de influenciadores nas redes sociais, que mostra um estilo de vida de ostentação, aventureiro e arriscado associado às transações com criptomoedas. Isso pode ter um impacto no comportamento de muitos jovens que procuram imitar esses modelos de aspiração.

Criptomoedas no computador

Algo em que as formas convencionais de jogo e o vício em investir em criptomoedas coincidem está na negação ou minimização do problema e na tendência de escondê-lo de pessoas próximas. Nesta forma particular de jogo, aqueles que sofrem com isso tendem a negar o fato de que podem estar colocando suas economias ou as da sua família em risco ou que podem incorrer em dívidas que não serão capazes de pagar mais tarde, pois disfarçam seu comportamento patológico dentro da lógica do investimento.

Pessoas viciadas em criptomoedas se convencem de que, eventualmente, seus investimentos se refletirão em lucros, e de que as perdas são uma parte natural do mercado de criptomoedas.

Atualmente, existem alguns centros especializados no tratamento do vício em criptomoedas. No entanto, o mais importante é prestar atenção aos sinais de alerta, pois qualquer um de nós pode cair nesta armadilha.

Pode interessar a você...
O que são os vícios comportamentais?
A mente é maravilhosa
Leia em A mente é maravilhosa
O que são os vícios comportamentais?

Embora não envolvam substâncias, os vícios comportamentais são consideravelmente perigosos e prejudiciais, já que afetam todos os âmbitos da vida.