Viva novas experiências - A mente é Maravilhosa

Viva novas experiências

13, março 2016 em Psicologia 883 Compartilhados
Mulher que vive novas experiências

Quantos anos você acredita que vai viver? 60, 80, 90 anos? Não importa qual é a sua idade e nem quanto tempo você ainda vai viver, mas sim as experiências que você viveu. Tenho certeza de que você quer experimentar coisas novas; isso é muito normal, porque novas experiências geram mais satisfação do que qualquer bem material que você possa comprar.

Então, desta vez, queremos sugerir algumas experiências desafiantes. Elas são muito diferentes entre si e talvez não tenham nada a ver com o que você faz normalmente. Aceite o desafio!

Corra uma maratona

Certamente, em um primeiro momento pode parecer difícil, principalmente se você não costuma correr. No entanto, esta é uma das experiências mais gratificantes que você pode ter na vida, mesmo que você corra lentamente ou caminhe parte da maratona. No final estará cheio de energia e ansioso para fazer mais.

Não se deixe intimidar pelos corredores profissionais, a ideia não é ganhar, mas mostrar a si mesmo que você pode enfrentar qualquer desafio. Talvez você descubra uma nova paixão que, além de tudo, lhe ajudará a se manter saudável.

exercicios-e-novas-experiencias

Viaje para um local exótico

Mali, Cuba, Machu Picchu? Visite qualquer lugar que você ache exótico; é uma das experiências mais gratificantes que você pode ter. Aproveite a oportunidade para fugir da rotina enquanto desfruta de um lugar especial. Basta escolher um lugar que lhe inspire e aproveitar alguns dias para conhecê-lo e viver plenamente.

Não é preciso gastar uma fortuna para viver esta experiência. Aproveite as ofertas ou escolha um local que está ao alcance do seu bolso. A ideia é “curtir” alguns dias sem pressão. Esqueça a rotina e aproveite para conhecer outras culturas. É tão bom não fazer nada por alguns dias!

More sozinho

Dependendo da sua idade e situação, talvez você já more sozinho, mas se você ainda mora com os seus pais ou mora com o seu companheiro, viver sozinho pode ser uma boa experiência.

Se você é solteiro, não perca ao oportunidade de morar sozinho por alguns anos. Se está casado ou mora com a sua família, faça uma pausa e fique sozinho por uma semana. Essa experiência lhe ajudará a valorizar o que tem e a concentrar-se em você mesmo.

Adote um animal de estimação

Adotar um animal de estimação é muito bom para a saúde física e emocional. Alguns veem o seu cão ou gato como um membro da família, e isso é muito fácil de entender. Eles também nos adotam como um membro da sua família e nos seguem por toda parte.

Adotar um cão ou um gato abandonado pode ser uma das experiências mais gratificantes que podemos ter. Se você mora sozinho, ele lhe fará companhia; se vive com seus pais, ele será o mais novo membro dessa família. Não se esqueça de ser um dono responsável e perceberá que o tempo que passa com o seu novo amigo é muito especial.

Enfrente um medo

Será que você tem medo de altura ou de lugares fechados? Você já parou para pensar que se limita toda vez que se recusa a enfrentar um medo? Reflita sobre todas as experiências que deixou de viver por causa dos seus medos e imagine tudo o que poderia ganhar se não fosse medroso.

viver-novas-experiencias

Eu acredito que viver a vida plenamente exige coragem. Nada lhe dará mais energia e vontade de continuar do que perceber que consegue vencer os desafios. Se tem medo de voar, compre a primeira passagem de avião que encontrar.

Atreva-se a experimentar, reconheça seus medos, enfrente e perceba que nada de mau vai acontecer. Superar os medos traz novos objetivos. Quando superar o medo de voar de avião, vai desejar fazer uma viagem mais longa ou voar em um balão.

Não limite suas novas experiências

Talvez você acredite que não tem condições de viver essas experiências que lhe mostramos. Na realidade, são situações simples; basta um pouco de boa vontade. Vale a pena, os resultados serão surpreendentes e inesquecíveis: novas crenças, novos amigos, novos conhecimentos sobre si mesmo. Vamos tentar?