Você é uma pessoa multipotencial? 12 segredos para descobrir

Você é uma pessoa multipotencial? Existem vários segredos para descobrir, sendo o mais comum ser como um Indiana Jones do conhecimento. Ou seja, ter uma paixão por explorar e descobrir o máximo de conhecimento e aprendizado possível.
Você é uma pessoa multipotencial? 12 segredos para descobrir

Última atualização: 16 janeiro, 2022

Costuma-se dizer que as pessoa multipotenciais vêm ao mundo com uma maldição e uma bênção ao mesmo tempo. Esses são perfis com múltiplos talentos extraordinários e habilidades suficientes para se dedicarem a infinitas áreas profissionais. No entanto, quando se é bom em muitas disciplinas, é difícil escolher uma em particular.

A dificuldade em tomar decisões é um obstáculo para quem é apaixonado por quase tudo, como Leonardo Da Vinci. Essas são mentes curiosas, ávidas por conhecimento, pessoas com muitas vocações que processam a realidade de forma inovadora, profunda e flexível. Música, arte, ciência, política, economia e até poesia… Tudo atrai o interesse delas.

Foi RH Frederickson quem primeiro cunhou o termo multipotencialidade em 1972. Ele a definiu como um perfil que pode desenvolver várias competências de alto nível, graças a uma disposição intelectual ou a um ambiente adequado.

Portanto, não estamos lidando apenas com pessoas com uma inteligência excepcional. Homens e mulheres com grande curiosidade e capacidade de processar as mais variadas informações também podem se sentir identificados. De fato, estima-se que entre 10 e 15% da população apresente essas características muito particulares. Nós as analisaremos a seguir.

“Só existe um bem: o conhecimento. Só existe um mal: a ignorância”.

-Sócrates-

Menino caminhando entre montanhas simbolizando a pessoa multipotencial.

Características da pessoa multipotencial

Em uma pesquisa realizada na Universidade do Estado de Iowa em 1997, foi esclarecido um aspecto do qual já falamos. Por muito tempo estipulou-se que a multipotencialidade estava presente apenas em pessoas com um Quociente de Inteligência elevado, e naquele ano enfatizou-se a necessidade da reformulação dessa abordagem.

Atualmente sabemos que as pessoas multipotenciais são fruto da própria personalidade, temperamento, estímulos recebidos na infância e facilidade no processamento das informações. Além disso uma coisa deve ser observada: esses não são temperamentos fáceis de lidar, pois quem tem uma curiosidade inata sobre tudo fica entediado rapidamente quando um ambiente ou assunto não é estimulante o suficiente.

Se existe um aspecto que define este perfil é a necessidade de ter “uma vida com muitas vidas”. Essas pessoas gostariam de ter todo o tempo do mundo para se dedicar a mil coisas ao mesmo tempo… A singularidade delas as torna únicas, é fato.

1. Elas têm interesses divergentes

As pessoas multipotenciais não entendem por que o mundo às vezes tem uma perspectiva diferente para as pessoas que trabalham na ciência e as que estudam letras. Se há algo que as define é a transversalidade e a divergência de saberes. Elas amam matemática e poesia. A arquitetura e a economia. Eles podem gostar de confeitaria e serem curiosas inatas a respeito da arqueologia…

2. Elas ficam facilmente entediadas com as coisas

A multipotencialidade tem uma característica incomum. Pode-se saber um pouco sobre infinitos assuntos, mas não ser um verdadeiro estudioso em nada.

Isso é explicado por um motivo muito simples. Normalmente, essas pessoas ficam rapidamente entediadas com um assunto e pulam para outro. Assim que elas se aprofundam o suficiente em uma área do conhecimento, o interesse diminui e elas precisam passar para outra disciplina ou área.

3. Elas têm grandes ideias, mas não sabem como colocá-las em prática

A mente de uma pessoa multipotencial é como o submarino do capitão Nemo. Ela navega nas profundezas de múltiplos mundos e cenários incríveis, tem visões e ideias maravilhosas, embora elas sejam tão incríveis e inovadoras que essas pessoas não sabem como realizá-las. Além disso, muitas vezes essas ideias são inúteis.

A multipotencialidade é definida por uma mente inquieta, apaixonada e ávida por conhecimento que está sempre criando ideias e castelos no ar, que raramente se concretizam.

4. Elas são peças quadradas em um quebra-cabeças arredondado (por isso sentem que não se encaixam)

É assim que, geralmente, esta personalidade “renascentista” que se sente atraída por mil saberes e também tem múltiplos talentos, se sente estranha em qualquer ambiente. A sensação de não se encaixar em um grupo é uma constante na vida delas. Isso explica por que essas mentes excepcionais costumam estar acompanhadas por uma percepção imanente de solidão.

5. Elas ficam entusiasmadas com novidades e com o imprevisto

Enquanto 80% das pessoas se sentem desconfortáveis com imprevistos, as pessoas multipotenciais processam o inesperado como algo empolgante.

Não podemos nos esquecer de que essas são figuras que tendem rapidamente ao tédio. O habitual e rotineiro as deixa frustradas. Portanto, tudo o que é novo ou acontece por acaso atrai o interesse delas.

6. Elas mudam de cursos e empregos com frequência

Os jovens multipotenciais são frequentemente definidos por “pular” de uma carreira profissional para outra, às vezes optando por estudar disciplinas duplas. É muito comum que eles fiquem entediados com o que estudam e decidam optar por outra formação em algum momento.

A mesma coisa acontece no local de trabalho. As pessoas multipotenciais geralmente não duram muito tempo em um emprego; é normal que elas peçam demissão no final do ano para procurar outra colocação.

7. Elas consolidam habilidades e aprendizados rapidamente

Com efeito, a mente multipotencial é como uma esponja. Ela absorve rapidamente informações novas e interessantes. Porém, como toda esponja ela tem um limite, pois esses são perfis que se entediam rapidamente, embora esse fato não diminua uma qualidade inegável: a consolidação rápida e eficaz dos conhecimentos e competências.

8. Elas têm dificuldade para tomar decisões

O mesmo acontece com a multipotencialidade e com as altas competências: uma dificuldade em tomar decisões. No entanto, essa limitação não decorre de uma ineficácia no momento de criar soluções, mas justamente do oposto: normalmente essas pessoas tendem a analisar tantos dados e debater tantas opções e resoluções possíveis que elas acabam bloqueadas.

9. Eles precisam ter por perto pessoas que as inspirem e estimulem

Não é qualquer amizade que vale a pena. Elas não são estimuladas por qualquer pessoa, e também não se apaixonam facilmente. Um indivíduo multipotencial precisa de pessoas inspiradoras e originais com um carisma único ao lado delas para se sentirem verdadeiramente cativadas.

10. Elas têm uma mentalidade idealista

Uma característica única desse perfil é mentalidade idealista que ele possui. E quem vive com um idealismo marcante acaba tropeçando em uma decepção após a outra, pois a nossa sociedade às vezes é homogênea e inflexível demais para quem precisa de inovação e inspiração constantes.

As pessoas multipotenciais sonham em ser como um Indiana Jones no mundo do conhecimento: descobrir, explorar, se surpreender com experiências inovadoras… No entanto, o que elas encontram no dia a dia é um mundo rotineiro e padronizado.

Pessoa multipotencial no trabalho.

11. Elas não são fáceis de entender

Pessoas ávidas por conhecimento e com inúmeros talentos não são fáceis de entender. Também não é fácil acompanhá-las. Isso geralmente faz com que o ambiente as olhe de forma estranha. Por exemplo, a família do jovem multipotencial não entende por que ele não aproveita seu talento e orienta a própria vida profissional em uma direção específica, sem se dispersar tanto.

12. Elas têm muita empatia e um grande interesse por outras culturas

Esta é outra característica especial e distintiva das pessoas multipotenciais: esses são perfis empáticos que também sentem uma grande afinidade por se conectar e descobrir outras culturas. São mentes dinâmicas, sensíveis, curiosas e ávidas por conhecimento para as quais todas as formas de conexão são sinônimos de estímulo e felicidade.

This might interest you...
6 características de pessoas ambivertidas
A mente é maravilhosa
Leia em A mente é maravilhosa
6 características de pessoas ambivertidas

Pessoas ambivertidas reúnem as virtudes de introvertidos e extrovertidos. Descubra se você faz parte desta categoria.



  • Achter, J. A., Lubinski, D., & Benbow, C. P. (1996). Multipotentiality Among Intellectually Gifted: It Was Never There and Already It’s Vanishing. Journal of Counseling Psychology, 43, 65-76.
  • Arnold, K. D. (1995). Lives of Promise: What Becomes of High School Valedictorians. San Francisco: Jossey-Bass.
  • Enoma, Belinda. “Multipotentiality Problems and Why You Are Not Being Hired” I Start and Finish. Retrieved 27 July 2016.
  • Fredrickson, R. H. (1 February 1979). “Career development and the gifted”. In Colangelo, N.; Zaffrann, R. T. (eds.). New Voices in Counseling the Gifted. Kendall‐Hunt Dubuque, Iowa. pp. 264–276