Você pode fazer qualquer coisa, mas não pode fazer tudo

· dezembro 8, 2016

O mundo está cheio de possibilidades. Você pode ter muitos dons e talentos, pode ter sonhos e projetos, e também muitas obrigações a cumprir, mas não há tempo para tudo. Tentar ignorar esta realidade só leva ao desespero e ao desânimo.

Você pode pensar que isso não é justo. Então, quanto mais cedo você assumir que isto é algo que não podemos mudar, começar a tomar decisões e estabelecer prioridades, maiores serão as suas chances de sucesso. Quando tentamos fazer tudo de uma vez, não conseguimos fazer nada. Não conseguimos avançar com tantos objetivos em mente. É preciso focar em uma determinada meta e traçar planos para alcançar o sucesso.

“Você pode fazer qualquer coisa, mas você não pode fazer tudo.”
-David Allen-

A citação acima é um lembrete para não esquecermos que o importante é fazer algo, em vez de tentar fazer tudo. Você pode fazer o que quiser, mas o seu tempo para se dedicar ao que deseja fazer é limitado. Esta é a razão pela qual a priorização de objetivos é tão importante.

Por isso, é essencial perceber o que é mais importante para você no momento e o que realmente espera alcançar. Esta pode ser uma decisão difícil, mas é a linha que separa a eficiência do esgotamento.

Não há limite para as coisas que você pode fazer

Para David Allen, autor do famoso método de gestão de pessoal GTD (Getting Things Done – A arte de fazer acontecer), um dos grandes problemas atuais é o gerenciamento do nosso tempo de forma prática. O mesmo se aplica a todos os aspectos das nossas vidas; é comum termos a sensação de que não temos tempo para fazer todas as atividades que gostaríamos.

trabalho-estresse

De fato, vivemos em um ambiente competitivo onde tudo é atualizado continuamente devido à internet e às novas tecnologias. Somos tentados a reestruturar o nosso trabalho sobre uma base mensal, semanal, e mesmo a cada hora. Allen adverte que, sem um controle, esta abordagem frenética é uma receita para a insatisfação e o desespero.

Priorizar as coisas baseados nos objetivos que queremos alcançar é a base para avançar e não se perder ao longo do caminho. No entanto, é muito comum que o fantasma de todas as outras coisas que desejamos vague pela nossa mente ocasionalmente. A chave para sobreviver a todos esses fantasmas é manter o foco.

Ter capacidade e interesse por algo não significa que você pode fazer tudo de uma vez

No fundo, entender isto nos traz tranquilidade. Muitas vezes nos sentimos culpados por não fazermos mais do que fazemos, por não desenvolvermos uma determinada habilidade que pode nos fazer sentir melhor ou nos tornar mais competitivos, por não estudarmos algo que gostamos e temos talento.

Esse sentimento de culpa pode nos levar até mesmo ao vitimismo. Isto pode nos colocar em um círculo de excesso de trabalho que realmente vai consumir muito do nosso tempo, e acabamos deixando de lado outras áreas da nossa vida, como a família ou os cuidados pessoais.

“A potencialização surge naturalmente nas pessoas quando elas deixam de lado as queixas e o vitimismo e focam nos resultados e nos planos estabelecidos”
-David Allen-

Como conseguir qualquer coisa … mas não tudo de uma vez

Já mencionamos que a primeira coisa a fazer é priorizar. Só então você pode seguir em frente. Se você quer viajar para quatro destinos diferentes, você tem que começar por um, você não pode ir a todos de uma vez. Se você tem recursos para conhecer todos os lugares, organize-se e viaje com segurança; mas, se você só tem condições de conhecer um deles, terá que escolher o que interessa mais e deixar os outros para mais tarde.

Com as coisas que queremos fazer acontece a mesma coisa. Mas, na verdade, escolher as nossas metas não é tão fácil como selecionar um destino de férias. Colocamos neste artigo algumas dicas que podem ajudá-lo.

1 – Abordagem individual

Todos nós somos irracionalmente otimistas. Isto pode nos transformar em pessoas fracassadas. Somos muito ingênuos quando estabelecemos metas e expectativas. Embora não tenhamos evidências de que podemos alcançar um determinado objetivo ou não, continuamos insistindo no mesmo padrão comportamental para abordá-los; enfocamos todos os nossos objetivos e metas de forma global.

Se você quer algo, priorize individualmente. Escolha somente um objetivo, reflita, planeje e trabalhe para alcançá-lo.

trabalho-organizacao

2 – Elimine o supérfluo

Elimine da sua vida todas as coisas que são desnecessárias. Comece excluindo os itens de que não precisa mais, depois as atividades que não contribuem em nada e consomem o seu tempo.

Liberar espaço físico e tempo pode ser difícil no início, mas aos poucos você vai perceber que isso facilita a sua vida, não só porque você terá mais tempo e espaço, mas porque é mais fácil gerenciar um tempo e um espaço sem complicações.

3 – Procure ajuda e delegue

Temos muitas atividades para fazer, que muitas vezes nos limitam e com as quais gastamos muito tempo e energia. No entanto, muitas destas tarefas podem ser delegadas a outra pessoa, tanto questões pessoais e familiares quanto questões profissionais.

Desde as tarefas da casa até o gerenciamento de tarefas no trabalho, da realização de parte do trabalho por uma empresa externa, existem muitas coisas que você pode delegar aos outros. Pagar alguém para resolver parte dos seus deveres o ajudará a encontrar tempo para se concentrar no que você realmente quer fazer.

4 – Seja fiel a si mesmo

Não se sobrecarregue com mais trabalho do que você pode fazer e aprenda a dizer “não” a tudo o que você realmente não pode fazer ou que irá forçá-lo a deixar os seus objetivos em segundo plano. E não se sinta culpado por isso.

O fato de que você não pode satisfazer a todos não significa que você tem que se deixar por último. Já que você não pode satisfazer a todos, pelo menos atenda às suas próprias necessidades.

5 – Acredite em si mesmo

Tudo o que queremos fazer apresenta dificuldades. Surgem problemas e obstáculos, muitos dos quais podemos prever, mas muitos surgem no meio do caminho inesperadamente.

mulher-por-do-sol

Apesar das dificuldades, é preciso acreditar em si mesmo, ser positivo e não perder a fé nas suas habilidades. Você pode fazer qualquer coisa se acreditar que pode fazer qualquer coisa. É o primeiro passo de qualquer caminho, seja ele longo ou curto.