02 mulheres de sucesso que nos inspiram

· abril 9, 2016

Em todas as épocas da história, podemos encontrar mulheres que se destacaram das demais. Sempre nos lembramos dessas mulheres porque faziam coisas que pareciam impossíveis para o seu gênero. Elas nos emocionam e causam admiração até  os dias atuais.

Hoje, vamos falar de duas mulheres muito diferentes entre si. Uma delas era uma menina mal-humorada que cresceu incapaz de ouvir, falar e ver. Aos sete anos tinha um temperamento forte e poucos acreditavam que poderia fazer algo na vida.

A outra foi uma mulher que lutou contra a dor durante toda a sua vida. Ela concentrou toda a sua dor na arte e apesar de não ter conseguido ser feliz, nos deixou uma grande coleção de obras que estudamos e admiramos até hoje.

Helen Keller

Quantas vezes você deixou de fazer algum coisa porque acreditou que não era capaz? Todos nós já perdemos muitas oportunidades porque acreditamos que não estamos aptos ou não temos coragem de tomar uma decisão na hora certa. Por isso, acreditamos que Helen Keller é uma das mulheres de sucesso que vai inspirar você. Ela nasceu em 1880 e quando tinha 19 meses contraiu uma doença que a deixou sem a capacidade de ver e ouvir.

“Por que nos contentarmos em viver rastejando, quando sentimos o desejo de voar?”

-Helen Keller-

Hellen-Keller-1024x763

Como não desenvolveu a audição, não aprendeu a falar. Sua família esgotou todos os recursos possíveis na sua época e quando ela completou sete anos, contratou uma instrutora que também era cega. Essa instrutora lhe ensinou a ler em braile, a comunicar-se através de cartões, escrevendo e lendo os lábios.

“A segurança é sobretudo uma superstição. A vida é uma aventura ousada ou não é nada”.

-Helen Keller-

Ela aprendeu a falar depois de adulta e se transformou em uma batalhadora e oradora em favor dos surdos-mudos e das pessoas com deficiência visual. Helen morreu com 87 anos e deixou um total de 14 livros e mais de 475 artigos e ensaios escritos. A lição que Helen Keller nos deixou é que não importam as limitações físicas, mas sim as limitações mentais que nós mesmos nos impomos.

Frida Kahlo

Outra das mulheres de sucesso que nos inspira e é muito conhecida no mundo todo é Frida Kahlo. Esta mexicana demonstrou que mesmo a dor mais profunda, que o mantém prostrado em uma cama, não pode deter o talento e as ideias. Ela nasceu em 1907 e desde a infância a sua vida foi definida pela dor física e pelas doenças.

“Eu costumava achar que era a pessoa mais estranha do mundo, mas aí eu pensei: existe muita gente assim no mundo, tem que ter alguém como eu, que se sente estranha e imperfeita, da mesma maneira como eu me sinto. E eu imaginava esta pessoa, imaginava que ela também estivesse por aí pensando em mim. Bom, espero que se você for essa pessoa e estiver lendo isto, saiba que sim, é verdade, estou aqui e sou tão estranha quanto você.”

-Frida Kahlo-

Frida-Kahlo

Em 1925 ela sofreu um grave acidente que quebrou a sua coluna em três partes e a deixou praticamente presa a uma cama. Aqui, ela começou a sua imersão total na arte, o que lhe ajudou a escapar das tragédias emocionais que vieram com as infidelidades do seu marido Diego Rivera e a incapacidade de levar uma gravidez até o final.

“Eu  pinto autorretratos porque fico muito tempo sozinha. Pinto a mim mesma, porque sou a pessoa que eu conheço melhor.”

-Frida Kahlo-

Através da pintura ela conseguiu expurgar toda a dor que a afligia. A maioria do seu trabalho consiste em autorretratos porque focava o que mais conhecia: ela mesma. Frida morreu aos 47 anos, deixando cerca de 400 obras de arte que o mundo estuda e admira até hoje.

As mulheres bem sucedidas são o resultado da sua luta

Muita vezes crescemos com a ideia de que nós mulheres temos uma vida mais fácil, um caminho mais tranquilo e de que somos protegidas, mas a realidade é outra: são as lutas, os obstáculos e as experiências que forjam o nosso caráter. Da próxima vez que você sentir que a sua vida está complicada e que não vai conseguir enfrentar os problemas, pense em Frida e em Helen.