23 jogos divertidos para brincar com os amigos

Se você está procurando jogos divertidos para brincar com os seus amigos, a seguir sugerimos uma lista interessante. Com eles você pode se divertir e até surpreender os convidados caso seja o anfitrião.
23 jogos divertidos para brincar com os amigos

Última atualização: 31 Dezembro, 2021

É normal querer animar um pouco a festas e encontros com os amigos. Você pode estar se perguntando quais jogos divertidos você pode usar para deixar esses eventos mais dinâmicos.

As brincadeiras são algo que, embora se transformem ao longo da vida, não estão presentes apenas na infância. Elas proporcionam risos, criam vínculos e estimulam a mente, por isso por que abandoná-las ao crescer? Se você procura atividades divertidas para si  mesmo e para o seu grupo de amigos, a seguir apresentamos 20 exemplos que vão tornar as suas noites inesquecíveis. Preste atenção!

Jogos divertidos para brincar com os amigos

Do dominó clássico aos dilemas mais filosóficos, nesta lista você encontrará jogos divertidos para todos os tipos de grupos. Eles são destinados a adultos, mas muitos também são válidos para adolescentes e crianças.

1. Jogos divertidos de cartas

Se você apenas sabe jogar truco ou paciência, não tenha medo. Com um baralho você pode passar tardes inteiras, pois as possibilidades são praticamente infinitas. Baralhos clássicos como o francês ou espanhol e, claro, jogos mais contemporâneos como UNO! te farão viver momentos de riso e diversão com a sua família e amigos.

2. Jogos de tabuleiro

O mundo dos jogos de tabuleiro é amplo e variado em termos de temas, duração do jogo e dificuldade. Se você pretende sair da zona de conforto de jogos como O Jogo da Vida ou Monopoly, o melhor é ir a uma loja especializada e pedir recomendações de quem entende do assunto.

Jogos de tabuleiro com amigos.

3. Jogos de escape

Hoje em dia você pode jogar uma sala de escape tanto dentro como fora de casa, de forma que esses também são jogos divertidos para grupos de amigos. Os desafios a serem resolvidos em equipe são uma boa maneira de se relacionar e manter a mente ativa.

4. Karaokê

Você nem precisa de um microfone: existe uma versão em karaokê de quase todas as músicas na internet. Também existem videogames como o Singstar, que transferem o karaokê para a sua sala de estar, caso você não queira sair.

5. Videogames

Os videogames, sejam eles online ou em formato de jogo social, são outra forma realmente versátil de passar o tempo com os seus amigos. Existem versões online de vários jogos de tabuleiro para aqueles que não querem se arriscar a aglomerar ainda.

6. Mímica de filmes

Um clássico. Uma pessoa do grupo representa o título de um filme – com certas regras, como não falar ou não desenhar letras no ar – e o resto tem que adivinhar. O primeiro que adivinhar é o próximo a representar.

7. Quem sou eu?

Esse é um bom jogo para crianças, mas os adultos também gostam dele. Ele consiste em escrever um personagem em um pedaço de papel e representá-lo sem palavras para o resto das pessoas adivinharem. Você pode definir e remover regras a respeito – como usar frases famosas ou objetos, por exemplo – para torná-lo mais divertido.

8. Caça ao tesouro

Esse pode ser um momento muito bonito, principalmente quando se trata de uma festa com um motivo especial. Ele consiste em esconder ao redor da casa – ou do local da festa – alguns objetos com um significado especial, para que os convidados os recuperem coloquem cada elemento em ordem para adivinhar a mensagem.

9. Duelo de olhares

Outro clássico que nunca morre. A execução é simples, basta ficar cara a cara e segurar o riso. Essa brincadeira pode proporcionar grandes momentos em grupos de amigos.

10. Telefone sem fio

Também é adequado para crianças. Ele consiste em uma primeira pessoa dizer uma frase no ouvido para outra, e essa outra repeti-la no ouvido da próxima e assim por diante até o final. A última pessoa repete a frase em voz alta, que a essa altura geralmente não se parece com a primeira.

11. Jogos de RPG

Assim como os videogames e os jogos de tabuleiro, o RPG evoluiu muito nos últimos anos. Trata-se de um incrível exercício de imaginação, com histórias focadas na mecânica do jogo e uma infinidade de números e dados, com narrativas originais.

12. Usos inesperados

Este jogo consiste em reunir uma série de objetos e depois dar um ao azar para cada um dos participantes. Com o objeto atribuído, a pessoa deve dar um certo número de usos para o objeto. Como você pode esperar, quanto maior o número de usos, mais bizarras as respostas se tornarão.

13. O que você prefere?

É um exercício que a priori é simples, mas se bem planejado pode ser o ponto de partida para conversas interessantes. Trata-se de apresentar uma dicotomia na forma de uma pergunta e a pessoa deve escolher uma das possibilidades. Por exemplo, “o que você prefere, um mundo sem fome ou sem poluição”?

14. As 20 perguntas

Semelhante a quem eu sou, nesta brincadeira precisamos atribuir um personagem – humano, animal, conhecido ou não, as regras podem ser ajustadas – a um participante que deve adivinhar de quem se trata. Para isso ele fará perguntas que os demais responderão com sim ou não, até um máximo de 20.

15. A pedra

É um jogo muito divertido para confraternizações e válido para todas as idades. Consiste em atribuir um objeto a uma pessoa, e ninguém saberá quem o possui. A pessoa que tem o objeto deve livrar-se dele fazendo perguntas às outras pessoas. Se alguma delas incluir uma das palavras proibidas na resposta, o objeto se tornará propriedade dela.

16. Pedra, papel, tesoura

Embora pareça um jogo muito banal e antigo, garantimos que ele pode ser muito competitivo. E, se apenas 3 opções forem insuficientes, você sempre pode adicionar o lagarto, spock.

Mãos de pessoas jogando pedra, papel, tesoura.

17. Bate-mão

Esse é um jogo de reflexo para todas as idades. Uma pessoa deve colocar as mãos nas palmas da outra e a outra tentará dar um tapa. Até que a primeira não consiga evitar o tapa elas não trocam de lugar. Cuidado para não se machucarem.

18. 3 palavras

Outro jogo divertido que pode levar a ótimos resultados, e também pode ser jogado online. Ele consiste em construir uma história entre todos os membros do grupo, e cada um contribui com apenas 3 palavras. Elas vão sendo registradas e, no final, toda a história é lida.

19. Campo Minado

Perfeito para áreas abertas, esse é um dos jogos mais divertidos para criar vínculos. Vários objetos são espalhados pelo chão e os participantes formam pares, de modo que um deles cobre os olhos e o outro tem que guiá-lo pelos obstáculos e levá-lo até um determinado ponto sem tropeçar.

20. Desenho nas costas

De todos os jogos divertidos para brincar em uma festa, este é o mais engraçado. Os participantes formam pares e um dos membros tenta reproduzir em um pedaço de papel o que o outro marca nas costas dele com o dedo. Os resultados irão te surpreender.

21. Adedonha com Stop!

Esse jogo consiste em fazer uma lista de palavras que começam com a mesma letra, a partir de uma série de categorias específicas como, por exemplo: nomes próprios, de cidades ou países, animais, cores, entre outros. A pessoa que completar a lista mais rápido ganha e no final deve anunciá-la dizendo Stop!

22. Adivinhe a música

Um jogo divertido que tem a música como protagonista. Cada pessoa pode escolher uma e tocar apenas os primeiros segundos, e quem conseguir identificar corretamente a música desde os primeiros acordes será o vencedor.

23. Jogos online

Por último, podemos recomendar diversos jogos online que podem ser divertidos, quer você esteja com os seus amigos presencialmente ou, pelo contrário, todos estejam a quilômetros de distância. Jogos como Among us, Parcheesi, ou perguntados são uma excelente opção para compartilhar e se divertir.

Pode interessar a você...
Tipos de brincadeiras importantes para o desenvolvimento infantil
A mente é maravilhosa
Leia em A mente é maravilhosa
Tipos de brincadeiras importantes para o desenvolvimento infantil

A brincadeira é extremamente importante para as crianças, pois além de divertir elas são essenciais para o desenvolvimento infantil.