5 fatos interessantes sobre sua linguagem corporal

5 fatos interessantes sobre sua linguagem corporal

Março 27, 2017 em Psicologia 413 Compartilhados
Linguagem corporal

Você sabia que a linguagem corporal pode dizer mais do que as palavras? Não só a boca emite as mensagens e informações que queremos expressar, mas também nossos gestos, nossa postura, e até nossos movimentos.

Saber mais sobre a linguagem corporal ajuda a desmascarar alguém que está mentindo, a conseguir aquilo que queremos ou a evitar que os gestos denunciem nossos pensamentos frente aos demais.

Segundo um estudo realizado recentemente, 55% das mensagens que enviamos no ato da comunicação provêm do corpo. Isto quer dizer que somente 45% das mensagens transmitidas são feitas por meio de palavras, sem levar em consideração a entonação que utilizamos ao falar. A linguagem não verbal é extremamente importante e a utilizamos o tempo todo, mesmo que não percebamos.

Essas constatações foram feitas por psicólogos que foram reconhecendo as reações de seus pacientes durante as consultas, e por entrevistadores de recursos humanos de uma empresa ao recrutarem funcionários.

5 importantes descobertas sobre a linguagem corporal

A seguir listamos as conclusões que surgiram a partir de muitas pesquisas ao longo dos anos. Assim, você poderá saber o que significa cada gesto ou movimento que seu interlocutor realiza.

1. Ao encolher os ombros, a pessoa quer dizer não sabe nada sobre algo

As crianças também utilizam este gesto para demonstrar que algo realmente não importa. É um sinal bastante universal, levantar os dois ombros na altura das orelha quando nos perguntam algo que não sabemos. A resposta pode estar acompanhado de outros três movimentos: mãos com palmas para cima, sobrancelhas levantadas e lábio inferior caído.

2. Mostrar as palmas das mãos demonstra honestidade

Este é um sinal muito antigo e a razão é muito simples: demonstra que não há nenhum objeto escondido nas mãos, e isso quer dizer que não há intenção de prejudicar ou ferir o outro. Por exemplo, quando alguém tem que dar um depoimento em um julgamento, coloca a mão direita na Bíblia (ou em outro livro religioso) e levanta a mão esquerda mostrando a palma da mão ao juiz, advogados e ao público presente. Esse gesto também está associado à lealdade, submissão e honestidade.

Também pode significar “não tenho nada a ver com isso”. Para expressar isso a pessoa levanta ambas as mãos na altura dos ombros ou cabeça. “Não fui eu” é a frase que pode acompanhar essa ação.

3. Apontar o dedo pode demonstrar acusação ou  dominação

Lembra de quando você era criança e fazia alguma malcriação? Provavelmente sua mãe levantava o dedo indicador demonstrando seu descontentamento, apontando o seu erro diante da situação. Ao crescer, muitas vezes nos pegamos repetindo esse gesto em discussões de casal.

Linguagem corporal

Apontar com o dedo indicador fechando o restante da mão pode indicar dominação. É um gesto que nos coloca em uma patamar inferior ao da pessoa que o está fazendo, nos sentimos diminuídos e subjugados. No inconsciente, esse gesto evoca sentimentos negativos e agressividade, até mesmo para quem o pratica. Isso acontece porque quase sempre o gesto de acusação antecede um ataque verbal.

4. Olhos enrugados são sinônimo de sorriso verdadeiro

“Sorriam para a câmera” diz alguém ao tirar uma foto. Você notou que logo após alguém falar isso, os gestos das pessoas começam a parecer “falsos”? Claro, porque repentinamente fomos “obrigados” a demonstrar felicidade para a câmera. Isto não quer dizer que estávamos mal, mas a pose não é autêntica. As fotos espontâneas são sempre as melhores, principalmente quando ninguém percebe que está sendo fotografado.

Quando alguém ri de verdade, os olhos ficam enrugados. Se a pessoa finge, só os lábios irão se mover.

5. O contato visual sempre demonstra interesse (mas este nem sempre é positivo)

Costuma-se acreditar que quando olhamos alguém nos olhos é porque há um interesse especial na pessoa, e em parte isso é verdade. Claro, porque tudo depende da circunstância. Se, por exemplo, ao caminhar pela rua um estranho fixa o olhar em você, isso pode provocar medo e se converter em sensação de ameaça, mas se alguém o olha fixamente e isso o deixa nervoso, pode ser que haja um sentimento especial em relação à pessoa em questão.

Em contrapartida, alguns estudos revelam que se alguém olha diretamente para você, durante um tempo prolongado, é porque possivelmente esse alguém está mentindo. Outro sinal da mentira é não piscar e ficar muito quieto. Com esse gesto a pessoa está recriminando a si mesma por não dizer a verdade.

Preste atenção nesses sinais da linguagem corporal!

Recomendados para você