Alfonsina Storni: conheça algumas de suas melhores frases

5 frases famosas de Alfonsina Storni

julho 15, 2018 em Curiosidades 0 Compartilhados
Alfonsina Storni

Alfonsina Storni foi uma poetisa e escritora argentina que se enquadra no movimento do modernismo. Sua vida, tão dura quanto apaixonante, permeia seus poemas com uma sensibilidade especial. Hoje vamos coletar algumas de suas frases mais famosas, lembrando Alfonsina Storni como autora de referência para o movimento feminista.

A rebeldia de Alfonsina diante da opressão das mulheres em seu tempo se fez notar tanto em suas obras quanto em seu ativismo. Storni participou de campanhas a favor da educação sexual nas escolas e defendeu o direito de voto das mulheres na Argentina. Sem dúvida, tudo isso deixou uma marca. As seguintes frases de Alfonsina Storni não só nos darão uma ideia de como foi sua vida, mas também nos aproximam de sua visão particular do mundo.

Principais frases de Alfonsina Storni

1. Homem pequeno

“Pequeno homem que gaiola me dás. Eu digo pequeno porque não me entendes, nem me entenderás. Também não te entendo, mas enquanto isso, me abra a gaiola pois eu quero escapar. Pequeno homem, eu te amei por meia hora, não me pergunte mais. “
Compartilhar

Esta primeira das famosas frases de Alfonsina Storni nos chama a atenção por causa do adjetivo usado para se referir a um homem. Ela, em suas próprias palavras, aponta que esse qualificativo é sinônimo de falta de compreensão, embora esta seja recíproca. No entanto, ela menciona outra coisa, uma gaiola.

Pássaro em gaiola com a porta aberta

Alfonsina, nesta frase, critica aquela gaiola de estar em um relacionamento com um homem. Uma gaiola em que havia posse, controle e cuja chave falava de propriedade. A autora destaca sua necessidade de escapar, fazendo uso dessa liberdade conquistada.

2. Morrer ou não morrer

“Você tem um desejo: morrer. E uma esperança: não morrer “.
Compartilhar

Esta segunda das famosas frases de Alfonsina Storni mostra a inconsistência que existe dentro de uma pessoa quando esta deseja morrer, mas ao mesmo tempo viver. Alfonsina considerava que a morte era uma escolha que lhe permitia o livre arbítrio de que gostava.

A dor que Alfonsina sentiu depois de receber o diagnóstico de câncer de mama lhe deixou feridas muito mais profundas do que as físicas. Ela se isolou dos outros, sua depressão piorou e ela começou a escrever sutilmente sobre o suicídio. Uma opção que, infelizmente, acabou escolhendo.

3. Meios para voar

“Que mundos tenho dentro da alma que há tempos venho pedindo meios para voar?”
Compartilhar

Nessa frase, a autora deixa clara a sensação de liberdade que cresce dentro dela e que, ao mesmo tempo, lhe dá um ponto de vista diferente da sociedade em que vivia. Nesse sentido, os meios são o que são, é por isso que ela exige meios para voar.

O ativismo de Alfonsina esteve impulsionado em todos os momentos por sua força interior e pela necessidade de se livrar de algumas regras que ela considerava impostas pela sociedade. Seja escrevendo ou com outros tipos de atuações, falamos sobre uma “heroína literária” que sempre lutou pelo que acreditava.

Mulher com asas

4. Vá devagar

“As primaveras, ao irem embora, deixam os chuviscos de outono preparados… Pequena, vá devagar, muito cuidado, que não queimem suas chamas”.
Compartilhar

Alfonsina tinha uma força e um caráter que a levaram inclusive a descartar o tratamento médico para seu câncer depois do diagnóstico que recebeu. As razões foram um erro de diagnóstico. Ela ouviu que o que tinha era um tumor benigno, quando na realidade a situação era muito mais grave.

O autora era ciente de que seus impulsos poderiam ter sérias consequências. Um ensinamento que podemos aplicar a nós mesmos. Quantas vezes agimos sem pensar, rápido demais, e depois nos arrependemos?

5. Homens que não choram

“Os homens da minha raça não choraram. Eles eram de aço”.
Compartilhar

A última das famosas frases de Alfonsina Storni faz uma menção especial à sociedade da época. Embora hoje ainda governe a regra de que os homens devem mostrar força escondendo suas emoções e afastando sua sensibilidade, a verdade é que estamos mais perto de substituí-la pela crescente consciência que está sendo despertada a este respeito.

Alfonsina usa o termo “aço” com certa ironia para enfatizar o absurdo da situação. Essa pressão de que o homem deve sempre ser forte, especialmente diante de uma emoção tão humana e útil quanto a tristeza.

Homem com galhos de árvore no rosto

Com qual dessas frases famosas de Alfonsina Storni você ficaria? Esta autora nos convida a refletir sobre uma ampla variedade de temas, muitos relacionados à liberdade e outros, nos quais sua forma de pensar fica completamente exposta. Você conhecia essa autora? Já leu alguns de seus poemas?

Recomendados para você